O Espelho de Cassandra – Bernard Werber

05/07/2015

O-espelho-de-cassandraO que você faria se pudesse prever o futuro, mas ninguém acreditasse?
Cassandra Katzenberg, de 17 anos, nunca teve uma vida normal. Sem lembranças de sua existência até os 13 anos, quando seus pais faleceram em um atentado no Egito, a jovem é considerada excêntrica, até mesmo louca, por todos à sua volta. Principalmente após começar a ter visões do futuro, tal qual sua homônima da mitologia grega, prevendo grandes tragédias para a humanidade com uma assustadora riqueza de detalhes.
Determinada a recomeçar sua vida em outro lugar, a jovem Cassandra Katzenberg foge da escola onde estudava, levando consigo um misterioso relógio que calcula sua probabilidade de morrer dentro de cinco segundos. Na fuga, encontra uma aldeia onde pessoas banidas da sociedade vivem em um verdadeiro Estado livre e independente. É ali que suas premonições finalmente serão ouvidas, e encontrará aliados com os quais poderá contar na tentativa de salvar o mundo das tragédias iminentes que somente ela tem conhecimento.

image

Minha história com Bernard Weber não teve o melhor dos começos... Quando lançou Nós, Os Deuses eu me empolguei e peguei o livro para ler e confesso, abandonei ele bem rápido até para os meus padrões. O incrível foi que eu não prestei atenção ao nome do autor até o dia em que recebi o livro aqui em casa e notei a trilogia O Ciclo dos Deuses na contra-capa... Digo incrível pois eu não teria solicitado O Espelho de Cassandra se tivesse percebido isso antes e assim, não teria lido esse que me deixou pensando em tantas coisas e que com certeza fez com que eu mudasse minha primeira impressão com a escrita do autor.

“Eu sei que estou certa. E os outros, errados.” (pág. 22)

Se você quiser saber sobre o enredo do livro, a sinopse acima é bastante interessante. Ela – junto com a frase da capa – foi capaz de me fazer ficar interessada o bastante no livro. Uma menina, de 17 anos que pode prever o futuro mas em quem ninguém acredita? E mais... Essa menina, de repente vira uma sem teto que tenta evitar que suas visões virem realidade, além de querer entender melhor seu passado e o motivo de ela ser como é...

“’Paranoica’? Sim, talvez eu seja. Só que paranoico é quem enxerga perigos imaginários. Mas quem enxerga perigos reais é o que? ‘Lúcido’? Nesse caso, ele teria de esclarecer: ‘Cuidado, jovem lúcida’.” (pág. 69)

Acontece que o livro nem de longe é assim tão simples. De certo modo o grande enredo da sinopse se tornou um segundo plano quando me deparei com questões bem mais complexas como as consequências de nossas ações a longo prazo. O livro levanta questões refere a poluição, superpopulação, o esgotamento de recursos naturais... E mais, em como as pessoas nem sempre são o que parecem ser – em vários sentidos, na busca do ser humano pela gratificação agora sem se importar com o depois ou com o outro – ou até mesmo sem se importar com mais nada.

“– São essas cretinices dos políticos. Eles fazem os maiores absurdos, sem pensar, para serem populares e ganhar as eleições a curto prazo. Depois, quando se dão conta de que acarretam novos problemas a longo prazo, às vezes piores que os anteriores, preferem não fazer nada e deixar as coisas se agravarem...” (pág. 33)

Mas claro que nem tudo foram flores durante a leitura... Em alguns momentos eu gostaria de ver os assuntos levantados ganhando uma força maior do que só a reflexão do personagem através de seus próprios pensamentos. E alguns pontos de ciência podem incomodar quem busca algo mais próximo do real – como a explicação para a Cassandra ser assim ou então a visão do autor sobre o autismo – mas como é ficção e nela tudo é válido, então para mim, isso não foi um problema.

“Viver a dois é resolver juntos problemas que não se teria vivendo sozinho.” (pág. 280)

Confesso que a Cassandra não foi para mim a melhor das personagens e que me irritou durante vários momentos. Com tanta coisa legal para ser questionada durante a leitura, com tanto assunto importante foi um pouco decepcionante me pegar pensando que ela era apenas mais uma adolescente que acha que tem razão em tudo e esse tipo todo de blá blá blá. Em contrapartida, o livro conta com vários personagens interessantes – cada um a sua maneira – e entre eles eu adorei Kim e suas camisas cheias de frases e filosofias baratas mas ao mesmo tempo profundas e reflexivas...

“Está usando uma camiseta nova: ‘Quem saiu do nada para chegar a nada não precisa dizer obrigado a ninguém’.” (pág. 50)

Minha maior crítica é que o ritmo da leitura poderia ser um pouco mais acelerado, pelo menos no meu ponto de vista e de gosto. Talvez a Cassandra não precisasse pensar tanto e analisar tanto em alguns momentos, talvez ela pudesse pensar um pouco mais em outros... Mesmo assim, a leitura me fez pensar em vários pontos que eu tinha por certo, além é claro de pensar em como conhecer o futuro nem sempre é uma vantagem. É um livro grande, com mais de 550 páginas que me acompanhou durante um bom tempo e que ao final me deixou contente em poder dizer que o li. Meu exemplar ficou cheio de marcações (o que fez com que fosse super difícil escolher quais colocar na resenha) e sim, eu indico a leitura – principalmente para quem busca por uma história com algo um pouco mais reflexivo.

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

16 comentários

  1. Não gosto muito de livros com personagens "adolescentes", mas a temática parece boa.

    ResponderExcluir
  2. Oi!!
    A sinopse do livro me interessou bastante, mas lendo a sua resenha, acabei perdendo um pouco o interesse pela leitura... Odeio personagens que acham que sabem de tudo e blablabla hahah
    Vou ficar com o pé atrás nessa leitura, não vou ler tão agora!
    Beijos
    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  3. O livro me interessou bastante pela capa e a sinopse, mas os pontos negativos que apontou abaixaram minha expectativa e animação, o que pode ser bom, pois ainda pretendo ler o livro, apenas estarei ciente que não encontrarei nele a história da minha vida.
    Gostei dos temas que ele aborda, tanto o poder de prever o futuro como a catástrofe que o mundo pode sofrer e por nos levar a refletir sobre certos assuntos, O Espelho de Cassandra vai para a minha lista de leitura.
    Espero que seja uma leitura prazerosa, apesar dos contras.
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Bem legal a resenha do livro, mas eu não leria, não é o tipo de história que me prende na leitura, então não me interessou.

    ResponderExcluir
  5. Lica!
    O mote realmente é bem interessante onde uma adolescente prevê o futuro e não quer que suas visões se tornem realidade...só por isso, já valeria a leitura. E saber que abrange outros assuntos como o nosso ecossistema e as atitudes que tomamos podem afetar, torna o livro ainda melhor e bem filosófico.
    Achei interessante, apesar da lentidão na leitura.
    “Enquanto a cor da pele for mais importante que o brilho dos olhos, haverá guerra.”(Bob Marley)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  6. Achei muito boa a sinopse e é muito bonita a capa do livro, mas depois dos pontos negativos que vc apontou, n sei se eu leria esse livro.

    ResponderExcluir
  7. Achei a capa muito bonita e até curto a sinopse.
    Mas no decorrer da sua resenha eu fui meio que perdendo a vontade. Acho que me irritaria com a principal, então pulo esse.

    ResponderExcluir
  8. Achei a capa muito bonita e até curto a sinopse.
    Mas no decorrer da sua resenha eu fui meio que perdendo a vontade. Acho que me irritaria com a principal, então pulo esse.

    ResponderExcluir
  9. Achei a capa muito bonita e até curto a sinopse.
    Mas no decorrer da sua resenha eu fui meio que perdendo a vontade. Acho que me irritaria com a principal, então pulo esse.

    ResponderExcluir
  10. A sinopse é realmente fantástica e a capa é lindíssima. Os temas são bem atuais, desde superpopulação ao esgotamento de recursos naturais, mas a falta de ritmo me desanimou. E ainda tem a personagem, que, pelo o que vc escreveu, é a típica adolescente mala. Adorei Kim e ri com a frase da camiseta hahahahaha

    ResponderExcluir
  11. Olha Lica, adoro livros reflexivos, mas confesso que por vários momentos minha opinião com o livro oscilava como: vou ler, não quero ler, talvez eu leia. Agora não sei o que fazer.
    Você poderia me indicar algum livro do autor para começar e assim poder entender seu trabalho e definir se vou ou não ler "O Espelho de Cassandra"?????

    Bjssss

    ResponderExcluir
  12. A premissa do livro é bem interessante. Ainda mais os temas que ele aborda e o mistério sobre a vida da personagem principal. Acho que o único ponto que pareceu negativo foi a personalidade da personagem. As vezes prefiro que tenha mais ação e menos análise. Mas ainda assim é um livro que eu estou seriamente considerando ler. :D
    Ótima resenha! Beijo. :*

    ResponderExcluir
  13. Oi Aline!
    Eu tinha até interessado por esse livro, mas já desanimei viu. Me incomoda personagens com muito blábláblá e pouca ação.

    B-jussss!
    http://www.quemlesabeporque.com/

    ResponderExcluir
  14. gostei de conhecer o livro, a resenha é bem interessante e fiquei com vontade de ler, espero gostar do livro

    ResponderExcluir
  15. Embora o livro pareça ser interessante, acho que não me agradaria esse ritmo lendo da leitura, com tantas reflexões da personagem. Isso me deixa cansada bem rápido e acabo perdendo o interesse. Talvez eu até me arrisque depois, mas não por enquanto.

    ResponderExcluir
  16. Um livro com 550 paginas tem que se bom para segurar a leitura até o final, poucos conseguem isso. Te confesso que nao li nada do autor. Um livro sobre alguem que preve o futuro, órfa e sem teto tem tudo para dar certo, mas, eu sinceramente gosto de um enredo que pega rapido, um inicio que te prende, sem muita enrolaçao e sem 550 paginas, rss

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras