Melhor que chocolate - Laura Florand

18/07/2015


Melhor Que Chocolate

Amor. Chocolate. Paris. Que atire a primeira pedra quem não gostaria de ter essas três coisas misturadas em meio a uma aventura inesquecível. Pois é mais fácil do que parece, basta abrir este delicioso (sem exageros) romance de Laura Florand. Cade Corey é uma jovem executiva que cuida do negócio bilionário de chocolate da família, uma empresa popular nos Estados Unidos. Ela sonha em construir uma linha premium de seus produtos, e, como boa conhecedora do seu negócio, sabe que encontrará o chocolate perfeito em Paris. Na verdade, o chocolate perfeito está, mais especificamente, nas mãos igualmente perfeitas de Sylvain Marquis, o melhor chocolatier da cidade. O problema é que Sylvain se recusa a associar sua arte a uma grande empresa que só pensa em destruir sua técnica para reproduzi-la em grande escala. Isso para ele é um insulto, e não uma proposta! Contudo, embora o francês jure que está em paz para tocar a vida, aquela americana teimosa não lhe sai da cabeça. E Cade sente o mesmo: adoraria simplesmente fechar negócio com outro especialista parisiense, entretanto, não consegue esquecer os olhos cortantes de Sylvain e sua personalidade arrogante, porém tão viciante quanto seus doces. Paris está prestes a ficar pequena para o que existe entre eles. Pegue uma boa xícara de café e saboreie tudo aquilo que é melhor que chocolate. Você não vai se arrepender.

*****

Olá pessoal, quanto tempo!

Desculpem o sumiço, é que passei por uma cirurgia e andei meio ocupada com outras coisas, mas agora, estou de volta às atividades. Hoje eu vim falar de um livro cheio de sensações: Melhor que chocolate. 

Bom,  o livro é ambientado na badalada Paris. Sim meus caros, Paris está super em alta, e pra quem não sabe, Paris também é ótima quando o assunto é chocolate... e quem não gosta de um docinho delicioso? A história toda se ambienta nessa cidade romântica e boêmia, e muito turística. 

Conheçamos então Cade Corey, a herdeira dos Chocolates Corey, nascida na América. Ela está em busca de um famoso criador de chocolates para assinar uma linha premium em sua empresa, porém, mal sabe ela que Sylvain Marquis não será uma peça tão fácil de se encaixar nesse quebra-cabeça. 

A Chocolates Corey trabalha com uma linha bastante popular, que trabalha com chocolates vendidos a centavos, e quando acontece o encontro entre Cade e Sylvain, uma explosão de sentimentos vem à tona: ele logo se irrita co a proposta da jovem moça e a chama até de audaciosa, porém, ela não desiste de seu sonho tão facilmente. 



O que ninguém esperava nessa história ( ou talvez sim, caros leitores) é que os dois fossem se apaixonar perdidamente, de um jeito meio torto, é verdade, mas se apaixonaram. Mas como tudo na vida tem que ser difícil de acontecer, o romance dos dois também é cheio de peripécias e altos e baixos. 

Num geral, achei o livro bastante enrolado, e confesso que a leitura é lenta. O livro fala muito do tema recorrente, chocolate, e tentando trazer as sensações para o leitor, acho que a autora se perdeu se repetindo várias e várias vezes. Claro, não dá pra tirar o mérito de que realmente, o livro me deixou com água na boca por muitas vezes. 



Por hoje é só galera, até a próxima, que será logo logo!


Sou a Fabi.... blogueira, escritora e eterna sonhadora!

Que tal conferir também...

11 comentários

  1. Fabi!
    Ah! Já acho que um livro que mistura chocolate, Paris e um romance, não tem como não dar um bom livro.
    Mesmo com suas ressalvas, gostaria de ler.
    “O segredo é não correr atrás das borboletas... É cuidar do jardim para que elas venham até você.”(Mario Quintana)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  2. Como uma chocólatra assumida, esse livro parece ser delicioso. haha
    E a história se passa em paris! Acho que é uma cidade que eu nunca vi muito nos livros que eu já li. .-.
    Parece uma história fofinha, talvez seja uma boa lida para uma tarde. 8D
    Ótima resenha! Beijo. :*

    ResponderExcluir
  3. Esse livro me chamou a atenção, logo de cara, assim que foi lançado. Mas eu tinha dúvidas quanto a história pq na minha cabeça a história inteira se passaria numa cozinha com uma mocinha doida tentando uma receita espetacular de chocolate hahahahaha
    É como vc disse, o livro é lento, repetitivo e o casal não tem química.

    ResponderExcluir
  4. Esse n é um livro que tenha me chamado atenção. Como vc disse que a leitura é lenta, acho que eu dormiria lendo.

    ResponderExcluir
  5. Já vi diversos comentários sobre este livro, mas não me chamou atenção, a história dele não é o tipo que eu curtiria ler, mas sua resenha está muito boa.

    ResponderExcluir
  6. depois de ler tantas resenhas positivas sobre esse livro, nao resistir e fui ler e adorei, agora do lendo a sequencia, O beijo de chocolate e to adorando.

    ResponderExcluir
  7. O livro mistura elementos maravilhosos: Paris, chocolate e romance, que se bem utilizados podem deixar o leitor suspirando e com água na boca, mas admito que apesar disso ele não conseguiu me interessar muito e após algumas resenhas, tenho certa dúvida se o leio ou não. Adoro um bom romance, mas alguns casais me cansam e não sei se Cade e Sylvain me conquistariam. Essa de casal que se apaixona jogando farpas um pro outro é algo que nem sempre dá certo.
    De toda forma, boa resenha.
    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Confesso que fiquei bem empolgada quando vi esse lançamento, mas aos poucos fui desanimando. Agora, depois dessa resenha, voltei a ficar interessada em fazer a leitura. Nada como uma coisa que envolva chocolate para nos deixar empolgados, né?
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Chocolate e Paris, combinaçao perfeita. Lógico que ao comecar a ler sua resenha, ja percebi que ali se formaria um casal.
    Gostei tambem, do novo morador da sua casa e do novo modelo das fotos, rsss.
    Esse é o tipico livro para ler devorando uma barra de chocolate junto né ?

    ResponderExcluir
  10. Oi Fabi.

    A capa é belíssima, acredito bastante que seja intuitivo a dar água na boca. Adoro chocolate, com certeza vou lê-lo comendo uma barra ou bebendo chocolate quente.
    Vamos combinar Fabi, que chocolate remete a romance kkkkkkkkkk, então em minha opinião ficaria até sem graça se não tivesse, mas fiquei feliz em saber que um dos protagonistas não é tão a favor assim.
    Livro mais que adicionado.

    Bjsss

    ResponderExcluir
  11. Oie
    Eu li esse livro faz um tempo e mesmo não sendo 100% a leitura me agradou.Demorei um pouco a pegar o ritmo e concordo com você sobre ser lento,porém fiquei com a maior vontade dos maravilhosos chocolates do Sylvain.E falando nele ,achei ele convencido demais podia ser um pouco mais humilde kk

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras