No Limite do Desejo - Katie McGarry

03/07/2016

Haley é campeã de kickboxing, mas, após enfrentar uma tragédia, jurou nunca mais pôr os pés no ringue. Até o dia em que o cara em quem ela não consegue parar de pensar aceita uma luta de MMA em homenagem a ela. De repente, Haley tem de treinar West Young. Cheio de atitude, West é tudo o que Haley prometeu a si mesma evitar. Ainda assim, ele não vai durar cinco minutos no ringue sem a ajuda dela. West está escondendo um grande segredo de Haley, sobre quem ele realmente é. Mas ajudá-la lutar por ela é uma chance para a redenção. Ele não pode mudar o passado, mas talvez possa mudar o futuro de Haley. Haley e West combinaram de manter o relacionamento estritamente dentro do ringue. Mas, conforme uma ligação inesperada se forma entre eles e o desejo chega ao limite, eles terão de enfrentar seus medos mais obscuros e descobrir se vale a pena lutar pelo amor.


Sabe aqueles livros que você nem sabia que iria sair, mas que ao ver tem a certeza de que precisa ler o quanto antes? Foi o que aconteceu no momento em que fiquei sabendo do lançamento por aqui de No limite do Desejo. Como eu sou terrível com nomes, só de ler a sinopse fiquei me perguntando quem era o West - mesmo tendo a certeza de que iria gostar dele...

West é um dos irmãos da Rachel, que conhecemos em No limite do Perigo. Ele não está em seu melhor momento e conhecemos ele na melhor fase badboy revoltado que briga de graça. Acontece que exite um motivo para isso, e mesmo achando que ele faz nada certo na vida, ele tem um coração. Tanto que ele nem pensa quando resolve proteger a garota que ele quase atropela em uma noite na região perigosa da cidade.
"Se ela entende o que é não ter uma casa, também entende a rejeição? Entende a devastação de não ser amado por tudo que já amou?"
Haley prometeu para si mesma que nunca mais iria lutar. Mesmo sendo campeã de um título nacional de kickboxing, as coisas não deram muito certo na vida dela e agora, ela precisa consertar as coisas e proteger as pessoas que ela mais ama. Para isso, ela precisa abrir mão da luta. Acontece que aquele cara desconhecido voltou para protegê-la - e ele não tem chance com os caras que a atacaram. Sendo assim, ela volta para defender o cara e luta com os atacantes que ela estava apenas tentando fugir.

O encontro dos dois é engraçado já que a gente sabe que a Haley daria conta dos caras. Tudo fica mais engraçado pelo fato de que, o West acredita que precisa defender aquela garota - mesmo quando eles tem um encontro esquisito na escola e ela diz a ele que é problema e que o melhor é ele ficar longe. É assim, que ele acaba aceitando resolver as coisas no octógono, em uma luta oficial de MMA. Acontece que ele não é um lutador treinado como um de seus possíveis rivais - e a única saída é Haley tentar ajudar treinando ele durante os dois meses que antecedem a tal luta.
"Fui estúpida. Eu me apaixonei pelo garoto errado. Ele me machucou, e arquei com as consequências. Ele me machucou, e eu desabei. Ele me machucou e o resto do mundo vai me condenar para sempre."
Haley... Eu adorei essa garota. Ela se acha forte e tenta carregar o mundo nas costas, daquele jeito que age como se não precisasse  de ajuda pois é trabalho dela consertar as coisas. Mas ela precisa de ajuda e vê-la entender e perceber que isso não é sinal de fraqueza é uma das melhores partes da história. Apesar de cortar o coração algumas coisas que acontecem, é bom ver que os personagens crescem e aprendem como superar. A Haley é uma lutadora que desiste de lutar. Muitas coisas acontecem com ela e como se isso não bastasse, o namoro acaba de um jeito bem ruim. O pior é ver ela se culpando por algo que ela não tem a menor culpa.

West... Embora ele se sinta culpado por fatos inclusive fora de suas responsabilidades, dá para entender o motivo de ele ser assim. A família Young tem seus problemas e a Rachel não foi a única que sofreu e precisou se encontrar. West busca uma redenção. Ele precisa disso para provar a si mesmo que ele pode fazer algo certo ao menos uma vez. Não é que Haley não pode cuidar de tudo sozinha, ele entende que ela pode inclusive dar uma surra nele - mas isso não quer dizer que não vale a pena entrar em uma luta por ela, em provar que ele pode fazer algo certo.
"Não é grande coisa, mas é alguma coisa, e há momentos na vida em que você precisa de alguma coisa, por menor que ela seja."
No limite do Desejo é incrível do início ao fim. É intercalado entre a narração de Haley e West e os dois tem um monte de coisas nas costas para dois adolescentes. Eles se sentem atraídos um pelo outro, mas também sentem que podem fazer mais um pelo outro. Como nos livros anteriores, mesmo jovens eles tem seus demônios para combater e isso dá uma carga de emoção para o livro que deixa a leitura super intensa. Os dois mudam um ao outro, enquanto vão mudando a si mesmo e compreendendo que tem coisas que não dependem da vontade, assim como pedir ajuda não é um sinal de fraqueza.

O livro tem uma história completa e pode ser lido como um livro solo - dá para entender tranquilamente sem ter lido os outros da série. Mas, na minha opinião seria interessante ler em sequencia. É que os três primeiros são dos amigos Noah, Beth e Isaiah e tem muito dos três em cada livro (eu acho que não dá para conhecer o Isaiah somente por No Limite do Perigo, já que são algumas atitudes de livros anteriores que fazem a gente acabar torcendo pelo improvável casal). E esse é do irmão da Rachel, West, e se passa durante os 3 meses em que a história de Rachel e Isaiah dá um salto. Tem um acontecimento sério com a Rachel quase no final do livro anterior e o West se culpa por isso. Não vai atrapalhar a leitura desse, mas pode tirar um pouco da emoção final do livro anterior ao ler fora de ordem.
"Não sou tímido. Nunca fui. Pessoas, festas, multidões: essa é minha praia. Mas estar perto de Haley de novo... Encontrei minha kriptonita."
A capa e o título levam a imaginar uma história mais quente, mais sensual e já vi comentários que acharam que era uma série erótica. No Limite é um New Adult e bem leve na questão sexual se comparada a outros livros do gênero. No caso de No Limite do Desejo o relacionamento entre o casal até tem uma pegada de conquista, de frases de duplo sentido e de um clima mais hot, mas ele tem o tom certo e nada de exageros - inclusive é o mais leve nesse sentido entre os outros da série.

Quanto a revisão, eu encontrei alguns errinhos no livro - de digitação, de concordância e até de nome trocado nos personagens. Erros acabam passando e eu sou da opinião que nenhuma revisão é 100% perfeita. Uma certa quantidade de erros é aceitável e não chegam a tirar o brilho da história. A única coisa chata foi os nomes trocados em duas ocasiões já que isso atrapalhou o ritmo da leitura e não sei se foi falha da tradução/revisão ou se está assim no original também.
"Eu me sinto pequena perto dele, frágil. Como se West percebesse o segredo que escondo: posso quebrar, se é que já não estou quebrada."
O que eu mais gosto nos livros da Katie é a quantidade de sentimentos reais que existe em suas histórias. Apesar de ter um final feliz, a gente sabe e sente que as coisas não foram fáceis durante o caminho e provavelmente não serão no futuro, mas que o importante é que eles conseguem se entender e ficar juntos. A vida não tem essa coisa de "ser feliz para sempre e agora nada mais nos abala" como alguns finais de romances em alguns livros. Essa realidade é o que faz com que No Limite seja uma das minhas séries preferidas do gênero - e que me deixa empolgada e querendo conhecer os outros livros da autora. Adorei o espaço que a Abby teve nesse livro - e mais ainda por saber que o próximo livro da série é com ela. No GoodReads aparece como lançamento esse mês nos EUA e eu espero que logo chegue por aqui também. Terminei a leitura desse já contando os dias para ler o próximo!

No Limite do Desejo tem uma história de amor, tem uma busca dos personagens por se tornar melhor, tem amizade e tem aquela coisa de mostrar que nem sempre o que a gente sabe e o que a gente ouve dos outros é a verdade. Boatos nem sempre estão certos e primeiras impressões podem ser contrárias ao que as pessoas são de verdade. Como sempre, o final deixa aquele gostinho de quero mais e de querer voltar a rever os personagens. Já disse que sou apaixonada pela série, mas acredito mesmo que vale a pena dar uma chance aos livros. Vai ser bem difícil eles não te conquistarem!

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

19 comentários

  1. Oi

    que bela resenha minha nossa senhora!!!!

    parabéns!

    eu não conhecia esses livros, conheci aqui mesmo no seu blog...não sei se leria pois não é meu estilo, mas sua resenha está tão empolgante que bem que dá vontade de fazer a leitura!!!!

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Ainda não li esse livro. Adoro qdo tem algo de luta. Logo vou ler, está aqui na minha pilha.
    Ótima resenha, bem completa.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Já faz bastante tempo que quero ler essa série, porém sempre acabo pegando outros, e o dinheiro anda curto $$. Mas quero muito ler, principalmente depois dessa resenha linda! <3 Amo new adults!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Minha curiosidade para saber como autora desenvolveu a parte de luta no livro, porque precisa ser bem feito.
    Haley realmente já demonstra que é uma personagem forte sim!
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  5. Oiii Lica, como vai?
    Infelizmente não tenho muito interesse em realizar a leitura dessa obra, o gênero não desperta nenhum pouquinho minha atenção. Então pularei a dica. Parabéns pela resenha.
    Beijinhos <3

    ResponderExcluir
  6. Olá
    Essa é uma história que não leria, acho que certas coisas funcionam melhor em outras midias e essa é uma que fosse um filme eu assistiria mas como livro não me pareceu tão legal. Adoro essa coisa de lutas e treinamento muito legal, mas dificil demais de descrever e todas as vezes que li ficou meio ridiculo.
    Então vou passar a dica

    ResponderExcluir
  7. Olá,

    Estou morrendo de curiosidade para ler os livros dessa série, realmente parecem bons e isso me agrada muito. Gostei muito da sua resenha, deu para saber o que esperar da obra.

    Abraços
    oblogcaentrenos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oie!
    Eu já tive a oportunidade de ler esse livro e acompanho a série, e gosto muito de cada um dos volumes. A autora trata a história com muita emoção e os personagens conquistam. E sei que vai ter mais um volume que estou muito curiosa para conferir.
    Bjs!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  9. ooooi
    tudo bem?
    Já vi resenhas sobre esta obra e percebi que está despertando a curiosidade de muita gente.
    Acho bem legal narração intercalada, mas sobre o enredo... não sei se leria a obra, não me chamou tanta atenção.

    PROMOÇÃO DOIS ANOS DO BLOG BIO-LIVROS

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Adorei a sua resenha, já vi várias resenhas positivas sobre essa série e tenho muita vontade de conhecer melhor as histórias, no momento não consigo encaixá-los nas minhas leituras, mas vou tentar lê-los ainda esse ano. =)

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Adorei a resenha parabéns pelo lindo trabalho, eu não conhecia este livro mas gostei de saber melhor sobre esses personagens que para mim deu a impressão de ser intenso. Bem elaborada a resenha. Parabéns mesmo.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Caraca! Tem tanta gente falando desse livro ultimamente! Estou impressionado! E mais uma vez vou dizer que é um livro que não me chama atenção, mas confesso que com tanta gente falando eu vou ter que dar uma olhada! Nunca se sabe... Ótima resenha =D
    Abraço!

    ResponderExcluir
  13. Oie!!!
    Como eu amei essa historia, meu Deus!
    Também me apaixonei pela Hayley e o West é simplesmente demais!
    A autora de uma forma única escreve maravilhosamente bem!!!
    Adorei a sua resenha e os quotes que separou tbm haha

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Conheci esse livro no Mochilão da Record desse ano, até me senti atraída pela sinopse, mas tenho tantos iguais a ele pra ler que vai demorar um pouco até ele chegar às minhas mãos... Adorei sua resenha!!!

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Essa série nunca me chamou a atenção mas a sua reresenha me deixou muito empolgada. Adorei saber que a autora sabe explorar bem os sentimentos dos personagens, isso torna a trama mais intensa e interessante de ser lida.
    Dica anotada!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Olá Lica!
    Eu sempre quis ler os livros da série e tenho o primeiro e segundo livro, mas ainda não tive tempo de ler. A capa desse livro é bem legal e chamativa, gostei de conhecer o West e a Haley, parece ser bem legais e cativantes. Não tenho problemas como livros eróticos, aliás é o meu gênero favorita, mas saber que o livro não é vulgar é melhor ainda.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  17. Oie! Concordo com vc, prefiro sempre ler em sequencia, por isso que já separei o primeiro pra ler. Recebi o último e como já tenho os anteriores aqui esperando pra ler, eu me animei.
    Adorei sua resenha e tenho certeza de que tb vou amar a série!

    ResponderExcluir
  18. Eu esperava mais desse livro. Não li o primeiro livro da série, mas não gostei muito da escrita da autora, acho que ela podia ter desenvolvido melhor os personagens dela.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Eu gostei dessa leitura. Apesar de ser um livro estilo New Adult e aparentar ser apenas mais um daqueles romances sem conteúdo pela capa e até mesmo pela sinopse, até certo ponto, acredito que, como você falou, tem uma bela história de amor. Ensina muito sobre respeito, amizade e responsabilidade. Achei bom mesmo.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras