Um Amor de Cordel - Andrea Marques

31/07/2016

Aos 38 anos de idade, Carolina Borges achava que tinha a vida perfeita. Casada com Miguel, era feliz mesmo sem ter realizado o sonho da maternidade. No entanto, a convivência com o marido e seu bom desempenho profissional a deixavam satisfeita e segura. O destino lhe prega uma peça e, sem esperar, ela vê sua vida se modificar significativamente. Seu casamento chega ao fim, e sua carreira como terapeuta ocupacional, que sempre lhe proporcionou alegrias, passa a torturá-la. Isso acontece quando o jovem arquiteto Alexandre Bastos entra em seu consultório pela primeira vez, despertando em Carol sentimentos conflituosos que a farão repensar seus valores e a obrigarão a sair de sua zona de conforto para se arriscar em terrenos desconhecidos que poderão colocar em risco sua própria vida. Permeado por traições e intrigas, Amor de cordel é um romance contemporâneo que traz à tona assuntos do universo feminino, além de despertar a paixão até nas mulheres mais modernas e independentes.

Olá pessoal, tudo bem? 
Resolvi dar o ar da graça e vim trazer a resenha de um romance nacional, chamado Um Amor de Cordel. O livro chegou às minhas mãos nessa semana e eu fiquei bastante animada, mas confesso, fiquei decepcionada.
Explico, por que nem só de pontos ruins o livro é feito. 

Primeiro que nos deparamos com um livro grosso e de letras bem pequenas, o que já não me agrada muito, mas a diagramação está lindíssima, o que é muito bom, ponto positivo pra autora e pra Pandorga! 

Sobre a trama: tudo começa com a nossa personagem principal, Carol, falando de como seu casamento desmoronou. Gente, essa parte e incrível, porque nos faz pensar em como às vezes passamos anos com uma pessoa e não a conhecemos direito, não é mesmo? Ela simplesmente foi trocada por uma colega de seu ex-marido e agora está diante de uma nova vida. 

Terapeuta ocupacional e quase na casa dos 40 anos, eis que agora ela é bem sucedida na vida profissional mas não sabe se será novamente na vida amorosa, isso até conhecer Alexandre, um paciente gato que aparece na terapia. Aliás, esse lance de ela ficar explicando muitoooo exageradamente sobre a Terapia ocupacional e todas as suas funções me incomodou profundamente, logo, eu me irritei. 

O livro é bem clichê: trata de dramas gays, dramas de diferenças de idade, dramas e mais dramas... haja lenço para tanto drama, mas eu não chorei, por que a escrita é tão rasa que não me emocionou em nenhum momento. Não é que o livro seja ruim, só acho que ela poderia ter enxugado bem mais o enredo e trabalhado melhor a história, entendem?

“O fato é que a vida está para ser vivida intensamente, e mesmo que a gente reclame, ela não dá garantia de nada.” pág.95

Eu acho que como ela mesma disse, ela escreveu o livro com base na sua própria história e na história de muitos pacientes, e nessa coisa toda, ela acabou se estendendo demais, e isso prejudicou a escrita dela, mas claro, sempre há espaço para obras futuras e melhoras, não é mesmo?

Eu indicaria o livro para quem gosta de um romance muito melodramático e pra quem gosta de um livro muito bem detalhadinho, porque é exatamente isso que o livro nos apresenta... além de uma trama cheia de problemas, definitivamente, a vida não está a favor de Carol e Alexandre até a última página no livro. 

Por hoje é só!
Até muito breve! 



Sou a Fabi.... blogueira, escritora e eterna sonhadora!

Que tal conferir também...

29 comentários

  1. Ola lindona tudo que é exagerado fica pesado uma pena, pois a capa desse livro é maravilhosa, gostei dos temas abordados, pena que tudo ficou sem mais emoções que não chegaram ao leitor, mesmo assim estou muito curiosa com esse livro e irei dar uma chance a leitura. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  2. Nossa a capa desse livro é muito linda mas não sei se faz muito meu estilo hahah
    A resenha está ótima , parabéns !!
    beijos
    wonderbookss.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Recentemente eu também li esse livro e gostei bastante do desenvolvimento, especialmente por ser algo que foge um pouco dos romances padronizados. Eu acho a capa linda e confesso que fiquei curiosa para ler por causa dela. Sua resenha ficou ótima!
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  4. Oie... que pena não curtiu...
    Eu ainda não conhecia o livro... mais pela capa, pelas letras pequenas... e agora pela sua percepção não leria... mas... quem sabe né rsrsr!
    Também não curto esses romances cheio de drama, não!!!

    Beijokas!!

    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  5. Não tenho nada contra livros bem detalhados. O que me desmotiva a ler o livro é o fato de ser muito melodramático. Não que eu não goste de drama, até gosto, mas nessa obra a autora parece ter errado na dose pra mais.
    Não me chamou a atenção em nada este livro.

    -Kaah
    cdumaeleitora.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Olá, eu conheço esse livro faz um certo tempo e de começo eu não havia me interessado tanto por ele. Depois fui lendo algumas resenhas e fui passando a ficar curiosa mas ainda com um certo receio. Eu gostei bastante de sua resenha sincera e você mostrou também os pontos positivos da obra. Eu pretendo ler sim, mas não com grandes expectativas mas espero não me decepcionar.

    ResponderExcluir
  7. Já tinha lido elogios para com o livro e acho que a sua resenha foi a menos otimista. O lance das letras pequenas é de fato desagradável e eu também não gosto de muitos dramas dentro do mesmo enredo. Mas ainda assim, pretendo conferir.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?! Nossa essa resenha é a primeira negativa que vejo com o livro porém de qualquer forma eu não gosto de romances e de tanto drama assim...e não estou interessada na leitura desse livro.
    Bj

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Achei a sua resenha sincera, e eu não leria o livro, livros com muitos detalhes acabam se tornando uma leitura muito pesada, e se tem letras pequenas então, nem se fala, não é o tipo de livro que gosto.

    ResponderExcluir
  10. Olá Fabi,
    Eu gosto de romances melodramáticos, mas nada em excesso não é? Acho que o maior problema nesse livro foi a extensão, sem necessidade, que a autora parece ter dado no livro. Esse livro não me agradou por conta dessa extensão e nada nele chamou minha atenção mesmo.
    Parabéns pela resenha e sinceridade.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Hey!
    Que triste que você se decepcionou com o livro, eu realmente odeio quando isso acontece comigo. No entanto, eu gostei da indicação, pois amo livros detalhadinhos, mesmo que eu demore anos para lê-lo (até hoje não comecei o terceiro livro da série as crônicas de gelo e fogo), além do mais, dramas são sempre muito bons se bem encaixados e explicados. Acho que pra concordar mesmo ou não com você, eu teria que ler e tirar minhas próprias conclusões. Adorei a sua sinceridade.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Uma pena que o livro não tenha te agradado, mas entendo completamente as suas razões!
    O fato de o livro ser grosso e ter uma fonte pequena realmente é algo bem chato e que também me incomoda nas diagramações de alguns livros.
    Pelo que li de sua resenha esse livro com certeza não me agradará então não é uma leitura que pretendo fazer.


    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  13. Olá, Fabi

    Que pena que o livro não foi uma boa leitura. Eu acho que também não gostaria, gosto de drama, mas até certo ponto. Quando você falou em livro grosso com fonte pequena lembrei logo dos livros de GoT...só a misericórdia para ler aquilo!
    Dessa vez eu passo a dica.

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Eu ainda não conhecia o livro e confesso que essa premissa não me atraiu em nada.
    Achei a história bem sem graça e pela sua resenha, eu também não iria curtir a leitura. Não gosto de livros com diálogos muito rasos, fora essa coisa dela explicar mega detalhado sobre terapia ocupacional. E ainda tem o excesso de drama... tô fora.
    Adorei tua resenha, parabéns pela sinceridade.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro a fundo mas acho que já vi a sua capa algures! :) ahah

    Mas gostei de o conhecer e ainda bem que gostaste dele, adoro romances assim melodramáticos, cheios de problemas mesmo!! :) hehe

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  16. Uma pena o livro não ter te agradado tanto, é realmente é ruim quando as letras são pequenas e também não me agrada. Acho que não leria por não fazer o meu gosto e principalmente por ser bem dramático. Adorei sua resenha!
    Virando Amor

    ResponderExcluir
  17. Oi!
    Que pena que o livro não foi uma leitura muito agradável pra você.
    Confesso que o fato dela ser mais velha me agrada muito, mas saber que o livro é detalhado demais e com drama de mais me irritaria também, e então prefiro nem ler.
    E acho essa capa muito feia x.x

    ResponderExcluir
  18. Oiii!!

    Eu não conhecia o livro, acredita??? Eu confesso que não me chamou tanta atenção? Acho que pela falta de tratamento dos personagens e de ser um pouco raso. Ou seja, não faço questão.
    Adorei a sinceridade!!!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Apesar de ver várias resenhas positivas por aí sobre esse livro, ele nunca me chamou a atenção e agora com a sua resenha eu cheguei a conclusão que realmente não me interessaria, principalmente por a personagem falar muito disso de terapia ocupacional, o que não me chama muito a atenção.
    Beijos.
    arsenaldeideiasblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  20. Uma pena que você não gostou tanto, uma das poucas resenhas que li que não foram tão favoráveis, mas acontece.
    Eu não li ainda, mas tenho interesse por tudo que já li sobre o enredo.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  21. Oi!
    Até que eu leria, se não fosse raso. Infelizmente eu to fugindo de enredos assim e muito dramáticos. To precisando de coisas leves haha então apesar de deixar a dica anotada, estou passando longe por enquanto. Parabéns pela sinceridade da resenha. :D

    bjs!

    ResponderExcluir
  22. Que história louca e envolvente!!

    Gostei do nome da personagem, me lembra uma professora da faculdade rs.
    A resenha me lembrou que nem todo conformismo é bom e que a vidas realmente prega algumas peças na gente.

    Parabéns!

    Beijinhos :*
    Jessica Correa
    www.blogmodernagem.com.br

    ResponderExcluir
  23. Não sei o que anda acontecendo com os livros da Pandorga, antes a fonte era de um tamanho tão bom! Não me interessei pela leitura, primeiro por falar tanto da terapia ocupacional, e segundo por ter tanto drama mas ser tão raso que não conseguiu te emocionar.

    ResponderExcluir
  24. Olá, tudo bem?

    Eu não conhecia a autora e nem mesmo essa obra. Achei a capa bem bonita.
    inda não estou certa do que acho sobre a trama, talvez eu deva ler o livro para saber o que achar ao certo. Mesmo você tendo dito que se decepcionou, fiquei tentada a lê-lo, gosto muito de dar uma chance para a literatura nacional.

    Obrigada pela indicação, a sua resenha ficou muito boa mesmo.
    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  25. Oi, tudo bem?
    Não conhecia o livro e de cara não me animei, sabe? Então li sua resenha e fiquei mais desanimada ainda, estou enjoada desses clichês e é triste ver que tudo foi muito raso a ponto de não e emocionar. Enfim, não é uma leitura que eu faria, mas gostei de conhecer o livro um pouco.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  26. Oi
    Que pena que o livro não te conquistou. Confesso que a premissa não chamou minha atenção e ver a sua resenha me deixou ainda mais desanimada. Mas é assim mesmo, leituras melhores virão.
    A capa está linda!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  27. Que pena que o livro não te ganhou e que chato essa coisa de se alongar demais na parte da terapia e tal. Acho que pelo drama em si eu não me incomodaria durante a leitura, mas focar em um ponto só e deixar outros com a sensação de que faltou um pouco desanima durante a leitura, né?
    Eu adoro um clichê, mas é difícil não se perder um pouco quando se escreve um...

    ResponderExcluir
  28. Olá!
    Acho que esse livro não me agradaria. Não gosto de história muito explicadas, isso.me irrita bastante. Todo livro de Drama tem os seu limite, quando ele ultrapassa o aceitável fica chato.
    Por enquanto o livro não me agradou, mas quem sabe mude de ideia.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  29. Olá, tudo bom?

    Sabe, acredito que sempre uma pessoa pode melhorar em seu trabalho. Esse não parece ser um livro que eu gostaria de ler e não pelo seu drama exagerado. Pela sua resenha a impressão que tive é que é uma obra com muitas situações desnecessárias e a escritora não soube combinar as emoções, sabe? Pior que tinha tudo para dar certo, já que normalmente vemos romances de adolescentes/jovens adultos e depois nos perguntamos o que realmente acontece quando esses personagens ficam mais velhos, ainda mais que atualmente há muitos divórcios na vida real.

    Enfim, obrigada pela dica mesmo assim ;)

    Beijos.

    http://instantesmemoraveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras