A Estrada da Noite - Joe Hill

23/04/2013

Olá galera.

Hoje é dia de um pouco de suspense e terror na resenha. Um livro da editora Sextnte que me prendeu e que pode prender você também!

Sinopse: "Uma lenda do rock pesado, o cinqüentão Judas Coyne coleciona objetos macabros: um livro de receitas para canibais, uma confissão de uma bruxa de 300 anos atrás, um laço usado num enforcamento, uma fita com cenas reais de assassinato. Por isso, quando fica sabendo de um estranho leilão na internet, ele não pensa duas vezes antes de fazer uma oferta."Vou ´vender´ o fantasma do meu padrasto pelo lance mais alto..."
Por 1.000 dólares, o roqueiro se torna o feliz proprietário do paletó de um morto, supostamente assombrado pelo espírito do antigo dono. Sempre às voltas com seus próprios fantasmas - o pai violento, as mulheres que usou e descartou, os colegas de banda que traiu -, Jude não tem medo de encarar mais um.
Mas tudo muda quando o paletó finalmente é entregue na sua casa, numa caixa preta em forma de coração. Desta vez, não se trata de uma curiosidade inofensiva nem de um fantasma imaginário. Sua presença é real e ameaçadora.
O espírito parece estar em todos os lugares, à espreita, balançando na mão cadavérica uma lâmina reluzente - verdadeira sentença de morte. O roqueiro logo descobre que o fantasma não entrou na sua vida por acaso e só sairá dela depois de se vingar. O morto é Craddock McDermott, o padrasto de uma fã que cometeu suicídio depois de ser abandonada por Jude.
Numa corrida desesperada para salvar sua vida, Jude faz as malas e cai na estrada com sua jovem namorada gótica. Durante a perseguição implacável do fantasma, o astro do rock é obrigado a enfrentar seu passado em busca de uma saída para o futuro. As verdadeiras motivações de vivos e mortos vão se revelando pouco a pouco em A estrada da noite - e nada é exatamente o que parece.
Ancorando o sobrenatural na realidade psicológica de personagens complexos e verossímeis, Joe Hill consegue um feito raro: em seu romance de estréia, já é considerado um novo mestre do suspense e do terror."



Podem me falar o que quiserem, mas eu jamais deixaria de ler um livro macabro assim. São experiências únicas, que te ajudam a pensar um pouco sobre a vida, sobre a morte e sobre a vida pós a morte...Claro, não é de gosto popular, mas ajuda no auto controle quando você para pra pensar.

Na maioria das vezes eu gosto de livros e filmes com muita violência física, muito sangue e morbidez. Coisas que você não encontra neste livro. A coisa é mais psicológica, se é que me entendem. É uma violência diferente, sem deixar de violar o que é necessário para um bom terror. 

Não havia lida nada deste autor, Joe, mas pode ter certeza que não vai ser a última vez que devorarei um de seus livros! 

Intenso. Instigante. Sólido. Perspicaz. É daqueles livros que você fecha os olhos e já vê a delicia que seria ver na telona do cinema! Claro, pra quem gosta de terror como eu. Tirando a parte que ele resolveu se mostrar muito humano e feliz fazendo um final não muito legal pro meu gosto. Ficou tipo 'final feliz da novela das seis'... mas tudo bem.

O que eu posso dizer é que a trama com um fantasma me fez refletir um poucos sobre o tema sobrenatural. Faziam alguns anos que eu não ouvia falar de algum roteiro bacana com este tipo de 'criatura'. A moda agora é beber sangue ou criar pêlos. nada contra, mas ler um livro que aborde fantasmas (que não sejam camaradas) de forma tão inteligente, ganha pontos e me alegra muito. Mal posso esperar para ler o Pacto!

Espero que se aventurem pelas linhas temerosas de Joe. Ele escreve muito bem. Deem uma chance a ele  e ao gênero que ele escolheu!

Abraços e até a próxima!

Que tal conferir também...

12 comentários

  1. Adoro histórias de terro. E confesso que as que tenho mais medo de acompanhar, são as que tem fantasmas e/ou espíritos. Gostei bastante dessa trama, e me parece ser bem legal mesmo. Depois de ler a sinopse, fiquei torcendo pra o fantasma, pois não fui com a cara dele. O negócio é ler e ver o que aconteceu.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Tenho este livro em e-book mas ainda não o li, sempre acaba ficando para depois mesmo com meu interesse nele.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  4. O Joe é filho do meu amado Stephen King, e não usa o sobrenome justamente para não compará-lo com o pai. Como sou fã do SK, li esse livro sem expectativa alguma para não fazer comparações, mas adorei. E o Joe usa de um sarcasmo realmente muito parecido com o SK. Li tb O PACTO, do Joe Hill, e não gostei tanto, mas ainda assim achei bom, mas de A ESTRADA DA NOITE eu adorei.

    ResponderExcluir
  5. Bem bacana esse livro, tenho vontade de lê-lo. Muito boa a história e o tipo de livro é daqueles que amo.

    ResponderExcluir
  6. Ai não gosto de histórias de terror não...rsrs não é nem questão de ter medo é não gostar mesmo!!!
    Acho que este estilo de história não combina muito comigo!

    ResponderExcluir
  7. Não gosto muito de histórias de terror, nem em filmes nem em livros. Um suspense até que vai, mas nada muito pesado. Acho que é questão de fase da vida ... e esse livro promete ser daqueles! Então acho que não é pra mim.

    ResponderExcluir
  8. Já li um livro do Joe, chamado 'O Pacto' e só tive coragem de ler porque não me parecia tão aterrorizante... gostei!
    Já 'A estrada da Noite' vi em promoção diversas vezes mas não comprei porque não tenho coragem de ler. =/

    ResponderExcluir
  9. Nossaaaaa....fiquei super curiosa em ler....adorei!!!

    ResponderExcluir
  10. Ah eu gosto de suspense e mistérios, mas terror não. Nem em filmes eu curto...
    Tem leituras que não adianta forçar né, :)

    ResponderExcluir
  11. Vi esse livro em promoção no submarino e fiquei tentada a comprar, mas como não sabia nada sobre ele não comprei, mas agora fiquei arrependida, como você disse a história prende mesmo né, o enredo apresentado é fantástico, uma coisa mais mítica, bem diferente desse sobrenatural que vemos em quase todos os livro do gênero por aí. Da próxima vez não vou exitar em comprá-lo!

    ResponderExcluir
  12. Eu adoro um livro desse jeito rs, acho que em livros fica mais interessante quando o terror é psicologico e não fisico, ainda não li nenhum livro do autor mas esta nos meus desejados, estou tentando trocar no skoob, logo irei ler rs, beijos.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras