A Origem - Dan Brown

27/11/2017

A imagem pode conter: área interna
Robert Langdon, o famoso professor de Simbologia de Harvard, chega ao ultramoderno Museu Guggenheim de Bilbao para assistir a uma apresentação sobre uma grande descoberta que promete "mudar para sempre o papel da ciência".
O anfitrião da noite é o futurólogo bilionário Edmond Kirsch, de 40 anos, que se tornou conhecido mundialmente por suas previsões audaciosas e invenções de alta tecnologia. Um dos primeiros alunos de Langdon em Harvard, há 20 anos, agora ele está prestes a revelar uma incrível revolução no conhecimento... algo que vai responder a duas perguntas fundamentais da existência humana.
Os convidados ficam hipnotizados pela apresentação, mas Langdon logo percebe que ela será muito mais controversa do que poderia imaginar. De repente, a noite meticulosamente orquestrada se transforma em um caos, e a preciosa descoberta de Kirsch corre o risco de ser perdida para sempre.
Em meio a fatos históricos ocultos e extremismo religioso, Robert e Ambra precisam escapar de um inimigo atormentado cujo poder de saber tudo parece emanar do Palácio Real da Espanha. Alguém que não hesitará diante de nada para silenciar o futurólogo.
Numa jornada marcada por obras de arte moderna e símbolos enigmáticos, os dois encontram pistas que vão deixá-los cara a cara com a chocante revelação de Kirsch... e com a verdade espantosa que ignoramos durante tanto tempo.



Olá leitores desse meu Brasil, como estão? 

Hoje vim lhes falar de um livro que eu aguardei muito, porque afinal eu amo o meu amiguinho Dan, mas, ele deixou muito a desejar neste livro, mas vamos explicar ponto por ponto. 

O Dan é maravilhoso quando se trata de nos situar em obras de arte, tempo, espaço, lugares, faz com que nos sintamos extremamente ambientados em sua narrativa, mas infelizmente, a receita de bolo dos outros livros não funcionou pra mim em a Origem. 

Professor Robert Langdon está de volta à cena onde em uma noite de pompas, seu ex-aluno Edmond decide revelar ao mundo as respostas às perguntas universais: de onde viemos? Para onde vamos? Tudo estaria bem se não fosse o fato de que Edmond fosse assassinado a sangue frio naquele momento da revelação, totalmente clichê e não é spoiler, viu?

A partir daí, Robert e Ambra, curadora do Museu onde o evento aconteceu, começam pela busca de decifrar códigos e tentar escapar da perseguição da corte da Espanha, afinal, Ambra Vidal é simplesmente a noiva do Príncipe da Espanha, nada mau, hein, gente?

Mas vamos ao que eu gostei do livro? Meu querido Dan, excelente em situar seu leitor no tempo e espaço, traz uma viagem cultural muito grande e sabe prender seu expectador como poucos autores que eu conheço, disso não há dúvidas, afinal, um autor que já vendeu mais de 200 milhões de livros em 56 idiomas tem seus méritos. Ainda assim, ele nos brinda com essa coisa de a ciência e a religião em conflito e nos põe pra refletir. 

Mas o que eu não gostei: o livro é extremamente enrolado. Fica-se à mercê de saber da tal descoberta durante mais de 370 páginas e isso realmente me irritou, e quando descobri o tal segredo, decepção total. Se fosse realidade, será que o mundo ficaria realmente impactado?

Meu amigo Dan, está na hora de dar uma injeção de criatividade pra voltar a ter ânimo como nas obras Inferno, Anjos e Demônios, entre outras. :) 

À Arqueiro meus parabéns pela linda diagramação e pela excelente revisão, não encontrei nenhum erro. 

Se recomendo a leitura? Sim, tudo nesta vida é questão de ponto de vista, mas confesso que não é o melhor livro dele. 

Por hoje é só, povo, até a próxima. Abraços!

Sou a Fabi.... blogueira, escritora e eterna sonhadora!

Que tal conferir também...

11 comentários

  1. Olá! Adorei a resenha, sincera e bem direta. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Oi.

    Ainda não li nenhum livro do autor. Até tentei ler O código da Vinci, mas não consegui me prender a leitura e acabei abandonando. Depois disso, desisti de ler qualquer livro dele. Não tenho muito interesse na leitura, por isso, vou passar a dica.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oii, tudo bem?
    Eu gostei da sua resenha, achei ela bem sincera, mas confesso que fiquei com um pouco de medo de não gostar do livro, pois estou com o A Origem aqui e nunca li nada do autor e também não gosto de livros enrolados. Mas de qualquer forma eu vou manter um pensamento positivo, vai que eu acabo gostando rsrs.

    ResponderExcluir
  4. Caramba, por isso fico meio receosa em pegar livros dele, prefiro os filmes para ser mais rápido, porque quando é mais denso como os do Ken Follett tem que ter uma concentração maior pela quantidade de informações, mas se vai ficando enrolado a leitura demora mais.

    ResponderExcluir
  5. Oi Fabi!
    Eu não curto muito as histórias do Dan Brown, mas obviamente ele tem muitos fãs. Diferente de você, vi muita gente que gostou desse livro, mas como não é o meu estilo, dessa vez passo a dica.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi.
    Eu só li um livro do Dan Brown, que foi O código da Vinci, então desconheço bastante a escrita dele. Acho que é complicado quando o leitor sente que o livro está sendo enrolado. Mas no geral me pareceu uma ótima leitura. Preciso muito ler mais o autor. :)

    beijos!

    ResponderExcluir
  7. Amiga sei que vc gosta do Dan, pq disse no inicio mas eu tomei um ranço dele hahauhua. Depois que li um livro todos os outros seguiam a mesma fórmula e o excesso de gente elogiando o tempo too me fazia esperar muito e ficar frustrada no final. Acho que aconteceria o mesmo neste depois de ler a sua resenha, vou deixar o livro pra se um dia eu estiver de bobeira.
    Elisabete Silva
    www.euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  8. Nunca li nada do autor e me sinto morando embaixo de uma imensa e pesada pedra, por ainda não poder opinar sobre seus livros com alguma propriedade. São tantos elogios e tantos admiradores que a sensação de estar perdendo alguma coisa importante é muito forte. Adorei sua resenha e anotei a dica e espero que em breve eu possa sair da caverna da ignorância e poder ler alguma coisa deste autor tão amado e elogiado.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá,

    Também amo o Dan! Li quase todos os seus livros e estou bem curiosa a respeito desse, o sua opinião decepcionada não foi a primeira que vi, só que eu gosto muito do autor e estou disposta a arriscar, vai que eu acabe tendo uma opinião diferente né. Estou com muitas saudades do Robert e achei essa capa um charme.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Que pena que esse livro não te agradou tanto, realmente o autor precisa inovar um pouco porque todos seus livros estão ficando com o mesmo enredo, mas daí enrolar 370 páginas já é demais ahahha

    ResponderExcluir
  11. Heiii, tudo bem?
    Eu to com o livro aqui pra ler e to bem ansiosa pra começar.
    Uma pena que o livro te enrolou haha...acho que a ideia do suspense foi exagera, mas ainda sim quero tentar, vamos ver se gosto da leitura.
    Os demais livros do autor, eu amoooo!
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras