Amante Revelado - Minhas Opiniões

20/02/2011

Sinopse

Butch O’Neal é um lutador por natureza. Ex-policial da divisão de homicídios, durão, ele é o único humano que já foi admitido no círculo da Irmandade da Adaga Negra. E deseja mergulhar ainda mais fundo no mundo dos vampiros, na guerra contra os redutores. Não tem nada a perder. Seu coração pertence a uma vampira, uma beldade aristocrática inatingível para ele. Se não pode ter Marissa, então, pelo menos, quer lutar lado a lado com os Irmãos.

O destino o amaldiçoa realizando precisamente o seu desejo. Quando Butch se sacrifica para salvar um vampiro dos assassinos, cai vítima da força mais sinistra dessa guerra. Deixado para morrer, é encontrado por um milagre, e a Irmandade recorre a Marissa para trazê-lo de volta. Mas, mesmo o seu amor pode não ser suficiente para salvá-lo…





Minhas Opiniões




Falar dos irmãos tem sido cada vez mais difícil para mim.
Estou tão ardentemente apaixonada por este mundo criado pela J.R Ward que fica a cada livro mais difícil não soltar milhões de spoilers. Então, desse livro eu não vou falar muito como nos outros e prometo me controlar!



Butch está cansado de ser apenas um humano que vive com a Irmandade, de tudo o que possui não ser dele e não poder participar da guerra contra a sociedade redutora pois é somente um humano frágil demais. E é em uma noite que ele foi deixado sozinho no ZeroSum que ele se envolve com os redutores.
E isso quase custa a sua vida. 
Mas o que a principio parece ser um modo absoluto de destruir a Irmandade se transforma em uma ótima arma contra os redutores.
E, pela primeira vez eu fico emocionada com a Virgem Escriba em um bom sentido. Tem até uma frase dela separada para os quotes =)

O livro gira principalmente de Butch e Marissa.
Conhecemos um pouco mais do passado de Butch e o quanto esse humano é forte por passar e aguentar tantas coisas que aguentou.
Acredito que dá para entender porque a Marissa tem determinadas atitudes no começo/meio do livro, afinal uma vampira de 300 anos que viveu trancada sozinha em casa com um irmão como o dela é de se esperar certas atitudes.
O romance entre os dois acontece de forma tão linda e delicada que me fez suspirar em vários momentos. É incrivelmente belo o jeito que o Butch se preocupar com a Marissa e em como ele ensina as coisas para ela.

Os melhores diálogos são entre o Vishous e o Butch. A ironia e o sarcasmo entre eles me fizeram ficar mais e mais apaixonada em cada linha.
Os dois tem um relacionamento polêmico, quer dizer, a principio a Ward iria escrever a história deles como um casal gay, mas mudou devido a possível não aceitação do público. Mesmo assim, eu acho que fica muito claro que Butch é completamente apaixonado pela Marissa (e isso vem desde o primeiro livro) e que vê o V (ficou esquisito isso) apenas como irmão. Enfim, esta não é a primeira vez que eu leio o livro, e confesso que, como eu fugi dos spoilers da série eu demorei para sacar o lance que fica nas entrelinhas entre o V e o Buch.
E lendo na segunda (ou terceira?) vez, teve momentos em que eu achei que o V parecia estar dando em cima da Marissa. Tá, isso deve ser piração minha, mas eu pensei...

Falando na Marissa....
Enfim, eu gosto muito das garotas que fazem parte do mundo da adaga Negra, mas a Marissa...
É a personagem que eu menos gosto. E eu explico por que. (mas não consigo fazer isso sem alguns spoilers - selecione o texto se quiser ler)

Ouvi muita gente dizendo que ela é chata e tal, mas eu até a entendia, como eu comentei ali em cima, ficar trancada sozinha em casa por tantos anos com um irmão como o dela, não poderia dar em boa coisa. Até ai tudo bem. Mas o que me irritou profundamente foi quando ela abandonou o Butch com aquele papo de não conseguir entender o destino de Butch de lutar com a Irmandade. Poxa... O Butch arrisca a sua vida na transição, sabendo que pode muito bem morrer mas querendo ser tudo o que a Marissa precisa, o Vishous arrisca perder o Butch porque sabe que é isso que o fará feliz, até o Wrath permite que a Beth o alimente (mesmo isso indo contra todos os seus instintos de macho vinculado) e ai, depois que tudo dá certo, a Marissa vem com "Oh, desculpe! Ou você escolhe a mim ou brigar com seus irmãos." WTF????



Voltando...
O livro prende e conquista, como todos os outros da Irmandade.
Tem seus momentos "hot", mas também nos lembra de um problema sério de violência familiar quando fala do Abrigo.
E para mim, uma das partes mais envolventes é a iniciação do Butch na Irmandade.
Diferente do livro anterior, o Epílogo vem para fechar um ponto que estava aberto em minha cabeça e acaba fazendo toda uma diferença, por assim dizer.


Mas, como nem tudo são flores, tenho umas críticas para fazer.
É difícil pois eu sinto como se eu estivesse falando mal de alguma coisa que eu amo muito, e mesmo tendo uma ou outra coisa que gostaria de ver diferente, eu super recomendo os livros e estou bem feliz que eles estão chegando ao Brasil. 


A Capa
Ela é linda! é com um azul metalizado que se intensifica de acordo com a luz. Gostei deste detalhe e gostei das letras no título serem em alto relevo. Agora... 
O sangue falso acabou dando uma empobrecida na capa. Outra coisa é o fato de ter uma personagem feminina com maior destaque e olhando para o leitor (coisas que nos originais só acontece no 9º livro, o da Phayne que também é azul). Eu fiquei me perguntando, será que se confundiram?

Os Termos
Eu já comentei isso em outra resenha da IAN, eu penso que se tem um vocabulário no inicio dos livros, os termos não deveriam ser traduzidos. Pelo menos não os que se referem ao idioma antigo. Eu achei que ficou estranho algumas traduções. Por exemplo foi mantido Leelan, Helren, Nalla... Porque dhono ao invés de manter lheage? E é só eu que acha extremamente vulgar "período de cio"?
A amenizada em muitos diálogos também me chamou a atenção, mas eu entendo visto que o público de livros adulto não é tão grande como lá fora e que vampiros são como uma febre entre os adolescentes.

O Prólogo
Sem a intenção de levantar polêmicas...
O epílogo de Amante Desperto ficou faltando em alguns livros (acho que foi uma edição sem - no caso, o meu não veio).
Eu vejo isso como um erro. Agora eu penso que é tão errado quanto colocá-lo no inicio do livro do Butch.
Afinal, é uma história que acontece depois da história dele e é entre o Z e a Bela. Eu achei que ficou perdido ele ali, como se fosse a tentativa de corrigir um erro com outro.



No mais, eu tenho que agradecer a Universo dos Livros por trazer a série para o Brasil. 
E torcer para que o livro do meu Vishous (que a Math não me escute dando uma de possessiva) saia mesmo em março como é a previsão.
Eu iria adorar este presente de aniversário *-*



E se você ainda não leu nenhum livro da Irmandade, só posso dizer que está perdendo, e muito!
=]



Quotes
(São tantos... Mas eu vou colocar só alguns *-*)


"As vezes o destino nos leva por caminhos realmente inacreditáveis" (Butch, pág 16)

"...creia que a morada do mal está na alma e não no corpo." (Virgem Escriba, pág 64)

"Quando o seu melhor amigo está flertando com a morte sobre a própria sepultura, passa-se solenemente por cima de uma porção de coisas." (Vishous, pág 79)

"Estou pensando em virar empreiteiro. Por isso queria ver como esse banheiro foi construído. Um excelente trabalho de assentamento de ladrilhos. Você deveria dar uma conferida." (Butch para Vishous explicando porque estava caido no chão, pág 104)


"- Então, como está a barriga?
- Não sei. Estive muito ocupado estando em coma para me preocupar com o meu tanquinho."
(Vishous e Butch, pág 106)


"Sou patético quando se trata de você, Marissa. Sim, completamente fod... hã... realmente patético quando se trata de você." (Butch, 121)


"- Quando as fêmeas amarram você, pintam as unhas do pé e tudo? Ou só fazem a maquiagem?
Enquanto V ria alto, o tira perguntou:
- Espera aí... elas fazem cócegas em suas axilas com uma pena, não é?"
(Butch para Vishous, pág 175)



Se eu lembrar de mais algum indispensável, coloco aqui.
E se alguém quiser colaborar com algum, deixe nos comentários que eu atualizo aqui =)

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

3 comentários

  1. É complicado comentar sobre a Irmandade ... eu sou apaixonada por esses irmãos ... adoraria viver com eles ... dormir no quarto do rei =X hauhauahaua

    Eu discordo em relação a Marissa ... já falei no twitter o que acho dela ... então não vou soltar spoiler aqui nos comentários ... proximo livro promete ... =X

    ResponderExcluir
  2. Estou morrendo de vontade de reler "Amante Revelado" ... mas o tempo anda corrido... preciso reler e resenhar antes "Amante Desperto"... adorei sua resenha...

    ResponderExcluir
  3. Eu sou louca para ler essa série, e ler essas coisas me deixa com mais vontade. Achei a capa bem legal como as outras! E esses quotes também são super engraçados, alguns.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras