Evento de Lançamento do Livro "O Caso Laura", de André Vianco.

28/04/2011

Olá!!!!
Curioso(a) para saber como foi o evento de lançamento do livro “O Caso Laura”, de André Vianco, na terça-feira, dia 26 de abril, na Livrarias Curitiba do Shopping Palladium, em Curitiba?
Então... quando comecei a pensar em escrever este post percebi o quão pessoal ele seria. Talvez seja sempre assim o encontro entre o leitor e um dos seus escritores preferidos: difícil reprimir os sentimentos que vêm à tona, mas mais difícil ainda é ocultá-los quando se precisa escrever sobre o encontro. Que perigoso isso...
Vamos combinar uma coisa? Vamos dividir em duas partes este post? Certo! Então, primeiro vou contar minhas impressões sobre o evento. Na segunda parte conto uma historinha cujo tema central é o preconceito.



Pois bem. O lançamento aconteceu no interior da Livraria em um espaço bem organizado e adequado para a quantidade de pessoas presentes. Tenho que admitir que eu esperava um público maior. Os organizadores disponibilizaram 200 senhas e eu acreditava que, possivelmente, esse seria o número de pessoas no local.




O evento começou com Vianco falando sobre o livro motivo do lançamento, além de uma rápida explanação da sua trajetória como escritor citando algumas das suas obras.









Heim? Se o André é simpático? Siiiiiiiiiimmmm! Ele é a simpatia em pessoa! Além de ser super extrovertido!





Depois, iniciou-se o bate-papo onde o público presente pode interagir com o autor fazendo perguntas. O papo estava tão leve e descontraído que bem que poderíamos estar todos sentados em uma mesa de bar bebendo cerveja. É sério! E eu juro que passaria horas ouvindo as histórias do André! Pena que esse momento teve que terminar.
Antes da sessão de autógrafos, os organizadores sortearam vales do café que está situado dentro da Livraria, além de livros. Desta vez não tive sorte, mas a Gi estava comigo e ganhou um vale que foi prontamente consumido.




A fila para os autógrafos foi organizada pelo número da senha. Eu era a nona pessoa. Não preciso dizer que eu havia elaborado várias considerações e perguntas para fazer para o André, certo? Eu estava tão ansiosa!







Então chegou minha vez e... Como posso dizer? Bem ... balbuciei algumas tolices e depois fiquei calada. Como pode? Fiquei nervosa! Três livros para autografar, com dedicatória e eu teria passado esse tempo sem lembrar o que tanto eu tinha para dizer para ele, se não fosse o Vianco me surpreender ao pedir para eu contar como eu conheci seus livros. Saí do meu torpor e consegui interagir com meu ídolo. Ele é fantástico!!!
Responda-me, você. Este homem existe?
Agora sou uma das felizardas a ter livros autografados por André Vianco.



Mais uma vez os organizadores merecem meu respeito. Vocês estão de parabéns. Aproveito para agradecer por trazerem para Curitiba nomes tão importantes da nossa literatura!
E assim foi o evento.

Vamos para a segunda parte?
Antes de mais nada, quero pedir licença para ser extremamente pessoal neste depoimento.
Creio que seja apropriado, dentro do presente post, compartilhar com você minha impressão primeira em relação às obras e ao escritor André Vianco.
Quem sabe você se identifica com o que escreverei.
Vamos lá.
Há alguns anos eu ouvi falar das obras do Vianco, mas confesso que não senti interesse. Minha concepção de literatura vampiresca tradicional não envolvia uma história de vampiros que saíram de Portugal em uma caravela e foram naufragar no litoral brasileiro. E muito menos uma história que se passa no Brasil e contada por um brasileiro. Preconceito da minha parte? Sim, é justamente isso o que estou tentando lhe dizer. Lembro-me que um dia, em um supermercado, cheguei a colocar o livro “Os Sete” no carrinho, mas acabei devolvendo o livro na prateleira.
Ah, Simone... mas você leu a Saga Crepúsculo! Sim, mas também era um tabu para mim. Não vem ao caso, neste post, contar como os 4 livros entraram na minha vida. Mas tenho que admitir que, após lê-los, acabei vislumbrando o leque de opções que existe na literatura envolvendo o tema vampiro e que conhecê-los poderia me proporcionar horas de leitura agradável.
Pois bem. Resolvi que era hora de conhecer os sete vampiros do André. Comprei o livro “Sétimo”, mesmo sabendo que antes deveria ler “Os Sete”. Para minha grande surpresa, amei de paixão!
Logo nas primeiras páginas percebi o quão preconceituosa eu havia sido. Anos de preconceito! Azar meu!!! E não foi somente a inteligente trama que me conquistou. A forma como o Vianco escreve e sua linguagem me encantaram.
Claro que depois corri comprar outros livros e me tornei uma fã de carteirinha.
Ah, você não curte histórias que envolvem vampiros? Não se preocupe. O Vianco é conhecido como um escritor do gênero terror e fantasia, mas nem todos seus livros são sobre os sugadores de sangue. Por exemplo, já viu a sinopse do livro “O Caso Laura”?
Bem, após me apaixonar pelos livros, fui pesquisar sobre o autor na internet.
Cá entre a gente. Você já viu alguma foto do André? Então... a mim ele não me parecia muito simpático. Imagina o que eu pensava quando o via com um gorro na cabeça. Amo tatuagem, mas o conjunto André, gorro e tatuagem, ajudou-me a conceber uma suposta personalidade equivocada do Vianco. Mas eu não me importava. Era fã e ponto final. Mesmo vendo entrevistas com ele, onde eu o via sempre agradável, minha opinião continuava a mesma.
Chegou o dia 26 de abril. Fui com uma grande expectativa conhecer meu ídolo, mas preparada para encontrar um cara carrancudo e sem muita paciência para encarar o seu público. Na primeira parte do evento, vendo sua simpatia, tive que começar a repensar meus conceitos. Quando do bate-papo, sua postura casual e extrovertida, que deixou a todos à vontade, fez com que eu percebesse que mais uma vez eu havia sido preconceituosa em relação ao André. A consciência do meu defeito em conceber ideias equivocadas, mexeram comigo. Aí chega o momento em que a leitora poderia falar pessoalmente para o escritor sobre sua admiração pela sua obra e, coitada, não consegue falar muita coisa. Mas o escritor ao seu lado a surpreende mais uma vez pedindo para ela lhe falar sobre como conheceu seus livros.
Pura emoção. Insights.
Após o evento fui para casa. Chorei. Ainda bem que temos a chance de perceber nossas falhas.
Em todo esse processo, só me arrependo de uma coisa: não ter me aproximado do Vianco para lhe dar um beijo em seu rosto e lhe agradecer não só pelas suas obras, mas também por me ajudar a ser uma pessoa melhor!
Beijos,
Si

Que tal conferir também...

8 comentários

  1. Si tinha a mesma impressão que você...e tipo o André é tudo de bom... super simpatico ... atencioso cara aqui em Campinas ele autografou mais de 50 livros ... isso pq não tenho nem 20 pessoas no evento ... os fãs estavam com os famosos bolinhos de livros e ele autografou um por um ... quando fã chegava perto e ele via que estava nervoso puxava papo perguntava sobre os livros que mais gostou sobre as expectativas para o caso Laura ... sei como você se sentiu ...


    Eu acabei agora (isso mesmo fazem menos de 20 minutos) de ler o livro e MEU DEUS ... nunca pensei que iria ficar tão emocionada com esse livro ... sem mais amanhã apareçam no fotos e livros para ler minha resenha hihihi (propaganda básica)

    ResponderExcluir
  2. Caramba Si! Eu não tinha idéia de que era tanto assim quando vc me comentou isso... Olha, parabéns! Uma das coisas que mais admiro é quem se poe a prova, percebe que esta errado sobre algum julgamento, admite o erro e se modifica! E pode ter certeza que n irão faltar possibilidades de abraçá-lo e falar o que vc tiver vontade, afinal: a primeira vez é que é a mais dificil, né?
    Bjs
    Gi

    ResponderExcluir
  3. Ah que fofa!!! Eu imagino sua emoção! Ainda terei essa oportunidade tb!!! Só com meu autógrafo que Natthy tão gentilmente pegou para mim por causa do meu #MiMiMi eu já fico emocionada... Imagino você!

    ResponderExcluir
  4. Oiiii nossa que depoimento corajoso Si. Tb tive vários preconceitos com o Vianco e sua simpátia me impressionou muiiittooo .
    Bjks ...

    ResponderExcluir
  5. *.* Que sonho!
    Ao menos eu olho por aqui!
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. O André Vianco é o cara! Adoro ele! Seus livros são ótimos já li todos! Sendo que 2 vezes os Sete e chorei muito com A Casa (que é muito lindo!)
    Nunca tive a oportunidade de conhece-lo pessoalmente mas gostaria muito! Acho que eu me emocionaria também.Rs.
    Sempre visito e deixo comentários no blog dele...É muito legal porque ele responde! Achei isso magnifico da parte dele!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  7. Que lindo Si! AMO os livros do André, e acho que também ficaria sem palavras em sua companhia! Sou louca, louca e louca para conhecer o Andre, e também acho que ele tem cara de mau, mas eu gosto assim mesmo!

    Adorei o post!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. perfeito!
    adoro os livros dele, ja li mais de um milhao de vezes kkkk,sempre leio um pedaço antes de dormir.
    este cara é d++++

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras