Delícia, Delícia - Donna Kauffman

18/05/2016

Quando a extraordinária confeiteira Leilani Trusdale trocou a agitação de Nova York pela pacata e doce Ilha de Sugarberry, não esperava que seu passado a seguisse. Seu antigo chefe, Baxter Dunne, também conhecido como Chef Hot Cakes, o homem que ensinou a ela que o creme compensa, reaparece desejando filmar seu famoso programa de culinária. O problema é que ele escolheu filmar na Cakes by The Cup, a minúscula e aconchegante confeitaria de Leilani. Com seu olhar de brigadeiro de colher e aquele irresistível sotaque britânico -- que faz a moça babar e seu rosto corar como calda de cereja --, ele fez as fofocas de cozinha rolarem soltas. 
Lani, lá no fundo, só deseja que algumas sejam deliciosamente verdadeiras... Os amigos estão convencidos de que o ex-chefe é o ingrediente que falta para a definitiva receita de felicidade dela. Porém, Baxter terá que botar a mão na massa se quiser tirar do forno um grande, verdadeiro, quentinho e saboroso amor. No Clube do Cupcake, cozinhar é apenas um detalhe. Entre altos papos e doces lambidas, amizades crescem como pão quentinho e a vida vai ficando, hummmm, mais saborosa. Mas quando é preciso decidir entre a vida que você sempre sonhou e o amor da sua vida, só as melhores amigas, as melhores receitas e uma caixa cheia de Red Velvets podem ajudar. 
É hora de praticar boloterapia!!!
"O mundo delas duas poderia ser um caos descontrolado, mas confeitar sempre fazia sentido. Farinha, manteiga e açúcar eram partes intrínsecas dela, assim como respirar."
Quem me conhece sabe que eu não sou a maior fã de perder horas na cozinha. Sim, eu sei cozinhar e sei fazer muitas coisas - e, modéstia a parte, faço bem feito, mas isso não quer dizer que eu goste de cozinhar. Então, pode parecer estranho eu curtir programas culinários, principalmente os no estilo Masterchef. Confesso que não sabia muita coisa sobre Delícia, Delícia mas ter um toque culinário na história me chamou a atenção e eu quis muito ler o livro.

Leilani é uma pâtisserie que, após perder sua mãe e quase perder o pai, resolveu largar a agitada vida que tinha em Nova York e se mudar para a pacata ilha de Sugarberry. Recentemente, ela abriu a Cakes by the Cup, sua confeitaria de cupcakes. Acontece que ela nunca imaginaria que um dos motivos que a fez deixar Nova York fosse aparecer justamente em seu novo mundo.

Baxter é um grande e renomado Chef, que ensinou muito para Lani. Conhecido como Chef Hot Cakes, tem também um programa e por algum motivo resolveu gravar a nova temporada do show justamente na pequena cidade onde, agora é o lar de Lani. Como a narrativa intercala a perspectiva de Lani e Baxter, sabemos o real motivo de ele ter escolhido a ilha de Sugarberry. Acontece que, em todo romance tem uma certa falta de comunicação e, esses dois se entenderem pode não ser assim tão fácil.
"...Baxter se perguntou como diabos encontraria forças para ir embora e deixá-la para trás."
Leilani gosta de cozinhar e é executando uma receita que ela pensa na vida. Consigo entender a lógica por trás da boloterapia, mas achei que a autora se repetiu demais ao enfatizar várias e várias vezes que cozinhar era terapia. Não tinha necessidade de repetir tanto já que fica bem claro que é na cozinha e no "Clube do Cupcake" que ela e suas amigas resolvem as coisas. E esse foi um dos pontos negativos da história para mim, já que acabou tirando um pouco o ritmo da leitura.

Outra coisa que me incomodou um pouco foi a velocidade da história. Enquanto muitos livros tem um relacionamento rápido demais, achei que a história de Leilani e Baxter demora demais para acontecer. Quer dizer, a gente sabe o que os dois sentem, e mesmo que dá para entender as ações iniciais da Lani, chega um momento em que me pareceu apenas teimosia - e uma grande falta de comunicação. Me passou a sensação de ter tanta enrolação no começo para, depois ser tudo tão rápido no final.
"Agora eu entendo. É uma droga ter precisado de um circo e um bando de confeiteiros alegres para isso... mas entendi. De verdade. Não é uma questão de desistir, mas de admitir que eu nunca deveria nem ter tentado."
Acontece que, mesmo assim, eu curti a leitura do livro. De alguma forma, queria saber como é que as coisas iriam se resolver e se iriam se resolver. Tanto que praticamente só consegui largar o livro ao chegar no final. Os personagens secundários também me conquistaram - fiquei muito encantada com Charlotte, Dre e Alva. Confesso que adoraria ler mais sobre essas três mulheres, de diferentes gerações mas todas com seu encanto. Tinha uma certa esperança que o segundo livro seria com Charlotte, mas pela sinopse que li no Goodreads, é sobre Riley - que aparece somente no epílogo desse livro, então não sei o que esperar.


A diagramação do livro está simples, com pequenos detalhes que dão um pouco mais de charme para o livro. Não sou fã de folhas brancas (sempre prefiro as amareladas) mas isso não foi um problema já que o texto está com um bom tamanho. E a capa??? Ficou muito mais linda que a original - e me deixou com a maior vontade de colocar em prática as receitas que contém no final do livro.
"Porque eu não consigo resistir a você mais do que você consegue resistir a mim."
Delícia, Delícia teve seus pontos negativos, mas foi uma leitura gostosa e que eu adorei ter realizado. A narrativa é cheia de altos e baixos, assim como a vida real, mas me ganhou e conseguiu me envolver. A pequena ilha de Sugarberry é uma cidade calma do interior, com uma energia que reflete na história e na vida dos personagens. E, eu que não gosto de cozinhar fiquei com vontade de entrar na cozinha de Lani, não só como uma espectadora, mas também fazer parte de uma das sessões do clube, colocar tudo para fora e ainda comer o mais perfeito dos doces.

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

21 comentários

  1. Oie,
    Gostei do nome do livro é bem sugestivo e fico curiosa para saber como é o enredo no geral, já que li apenas um livro que se tinha culinária na história.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  2. Ooi! Não esperava que esse fosse o enredo, ainda mais com esse título (parece ser mais de um livro hot, essas coisas rs). Mas, até que parece ser legal, mas os pontos negativos que você indicou me deixou meio com um pé atrás. Não gosto quando o romance acontece em um piscar de olhos ou que demore uma eternidade. Acho estas duas formas estragam o enredo em si.
    Parabéns pela resenha!
    Beeijos

    ResponderExcluir
  3. Olá,

    Eu adoro cozinhar principalmente doces haha, adorei a premissa do livro é simplesmente inovadora e algo que eu não esperava pela capa e pelo título haha. Fico feliz que você tenha gostado da obra.

    Abraços
    colecoes-literarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Romances não são muito minha praia, mas esse livro parece ser bem docinho, quase tive uma crise de diabetes lendo a sinopse huahuahua, falando sério, acho que leria o livro só para conhecer um pouco mais desse mundinho da confeitaria, sou uma negação nesse assunto por isso admiro demais quem tem esse dom.
    Beijinhos

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá! Achei a capa super fofa, gostei da premissa. Gosto de romances desse estilo, ainda mais tendo confeitaria no meio, coisa que amo! Deve ser bem gostoso de ler. beijos!

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
  6. Oie, estou bem curiosa por esse livro porque adoro enredos que abordem doces, mas acho que assim como você essa ênfase na terapia dos bolos poderia me incomodar. Acho que eu gostaria de o romance desenvolver devagar mas minhas partes favoritas provavelmente serão as que aparece esse clube entre ela e as amigas. Não sabia que teria continuação. Espero poder ler logo.

    ResponderExcluir
  7. Oiee

    Eu adorei a capa desse livro!! E adoro cozinhar!!
    A única parte que acho que me incomodaria um pouco seria isso da lentidão no relacionamento do casal, mesmo assim, chamou minha atenção e eu fiquei curiosa para ler.

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Estou com muita vontade de ler esse livro! a capa é super sugestiva, e sua resenha ficou muito boa! já está na minha lista!
    Abraços!

    Mi
    Blog Livro Doce Livro
    http://meulivrodocelivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá! Confesso que nunca assisti nenhum desses programas culinários, como Masterchef e etc... E eu não sei cozinhar nada. (ai, que vergonha) mas eu adoro experimentar coisas novas quando vejo outras pessoas na cozinha. Meu primo, por exemplo, faz gastronomia, e eu acho lindo os pratos que ele prepara, além de serem deliciosos, é claro. Sobre o livro, pelo o que você disse, parece ter sido um guilty pleasure pra você, né?! Eu particularmente não gosto de finais apressados, que tudo se resolve numa tacada só. Pra mim isso é preguiça do autor (a). Também não sou a fã nº1 de romances, mas vez ou outra eu pego um livro assim pra ler. Sabe aqueles momentos de tpm que tudo o que se quer é pegar um chocolate e ler um bom livro? então, é nessas horas que eu corro para os romances melosos ou dramáticos. ADORO!
    A premissa do livro parece ser bem legal e diferente do que já vi, mas não sei se eu leria algo assim. De qualquer forma, parabéns pela resenha. Aprecio quem é honesto com as partes negativas de um livro. Até mais! Bjss

    ResponderExcluir
  10. Olá!

    Livros + comida = quero! Não conhecia, mas adoro livros que tem comida, ainda mais se tiver romance. Não curto realities de nenhuma ordem, então não assisto Masterchef e afins. Sério, preciso desse livro, to apaixonada pela história! E com fome hahaha

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bom?
    eu estava namorando esse livro faz um tempo.
    Algo que gostei na narrativa é que, apesar de ser em terceira pessoa, a autora conseguiu fazer com que soubéssemos o que os personagens principais estavam pensando ao alternar capítulos. Um focava na Lani, outro no Baxter. Achei que isso deu uma acelerada nas coisas e gostei.

    ResponderExcluir
  12. Oi..
    Deixa eu contar que quando vi esse livro a primeira vez pensei que ele fosse de receita.. kkkkkkkkk,
    quero muito ler.
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Adorei tua resenha! Não conhecia esse livro e fiquei encantada com a premissa, pois adoro cozinhar, principalmente fazer doces e sobremesas. Acredito que irei amar esse romance, apesar de ter demorado a engrenar as coisas entre o casal, como você ressaltou. Enfim, é um livro que lerei assim que tiver uma oportunidade :D E essa capa está mesmo lindíssima!
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi Alice, tudo bem?
    Eu estou doida para ler este livro e sua resenha só me deixou mais ansiosa. Te confesso que também não curto muito quando a autora enrola demais para que o casal se acerte, mas mesmo assim quero conferir. Gostei muito do título e esta capa é uma fofura.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá o livro parece ser bem bacana, uma leitura tranquila e agradável, adorei a resenha e quero ler também!

    ResponderExcluir
  16. Eu adoro comida. E queria ter o dom de fazer comida saborosas, acho maravilhoso e admiro muito quem sabe cozinhar, tenho amigas que fazem maravilhas na cozinha e morro de inveja. Mas eu me viro, sei fazer o básico. Mas de vez em quando quero ousar e recorro a receitas na internet. Haha. Ainda não li um livro com esta premissa, mas talvez eu goste, e quanto a programas, só vi um, e foi na Ana Maria Braga, e na época achei legal. Gostei da dica, vou anotar.

    beijos
    http://chalecult.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Fiquei curiosa com esse livro porque, depois de ler o Quarteto de Noivas da Nora Roberts, livros com cozinheiros começaram a chamar a minha atenção. Pena ter um ritmo lento. Espero gostar também!
    Beijo, Mari

    ResponderExcluir
  18. Só essa capa já me deixa curiosa! Aí vem você com termos como "O creme compensa" Gente eu preciso ler...mesmo a história tendo sido rápida, que também me incomoda, mas penso, pelo que li na sua resenha, que vale muito a pena!!!!

    bjs

    ResponderExcluir
  19. Oie
    deve ser uma delicia de livro ahhaha muuito legal a resenha e estou levemente curiosa pela leitura, adorei a diagramação, capa e tudo mais, espero ter oportunidade para ler em breve

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi. Sou igual a você, sei cozinhar, mas nem por isso gosto de passar muito tempo na cozinha rsrsr. Vi esse livro essa semana na página da editora, logo de cara gostei da capa, achei bem bonita. Super interessante o conteúdo e fiquei interessada nele.

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Não conhecia o livro e achei bem legal o assunto, depois dessa resenha vou tentar ler ele. Espero ter a chance em breve haha

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras