Ain't Doin' It: The Simple Man #4 - Lani Lynn Vale

07/07/2018

Ontem lançou mais um livro da série Simple Man da Lani Lynn Vale e aqui estou com a resenha de Ain't Doin' It. Vem saber um pouquinho mais sobre a história de Cora e Coke...



 Ler em Português      Read in English

Título: Ain't Doin' It
Série: The Simple Man Series
Autora: Lani Lynn Vale
Gênero: Suspense Romântico
Data de Lançamento: 6 de Julho, 2018
  Designer da Capa: Cover Me Darling
Fotógrafo: FuriousFotog
  Modelo: Ian Daviau


Coke Solomon viveu uma vida plena.
Ele é um sargento aposentado do exército, então ele está mais do que acostumado a conseguir o que quer.
E se ele não tem do seu jeito? Bem, vamos apenas dizer que isso nunca aconteceu antes…
Pelo menos não até Cora Maldonado entrar em sua vida, exigindo que ele entre na linha, ou ela irá encontrar um jeito de fazer a vida dele um inferno.
Ele descobre rápido que Cora segue seu próprio ritmo, e muitas vezes esse ritmo leva ela mais longe do que perto de onde ele sente que ela precisa estar.
Ele não aguenta isso.
Ele a quer, e ele tem que tê-la.
Não importa que ela seja vinte anos mais nova que ele, e tem um pai que preferiria vê-lo morto do que ter sua filhinha perto dele. Tampouco importa que sua ex-mulher está altamente ofendida que ela tenha sido substituída por uma mulher muito mais nova.
Apesar das chances se empilhar contra eles, ele irá lutar pelo que ele quer.
Sua ex-mulher, o pai dela, e a diferença de idade deles que se danem.






Eu marcharia no inferno mergulhado em gasolina se isso significasse que ela estaria segura.


Se ela não te manda mensagem quando ela está bêbada, você não é o único.


Antes de mais nada eu preciso dizer que este livro era o que menos tinha me empolgado nessa série. Eu li a sinopse mas não estava certa de que eu iria gostar do livro. É claro que eu deveria saber melhor do que isso,  até por que é um livro da Lani e eu já li praticamente todos (faltam ler apenas dois dos que já foram lançados) e de algum modo ela sempre consegue me conquistar. Ou seja, é claro que não seria diferente e que eu me apaixonaria por mais uma de suas histórias...

Cora acabou de se mudar para Hostel, depois de conseguir um novo emprego em um estúdio de animações para crianças. Ela ama desenhar - e muitas vezes é com as 'tirinhas' que ela se expressa melhor - e está feliz em conseguir um trabalho tão grande como esse e em poder fazer a maior parte dele sozinha em sua própria casa. Cora é uma garota introvertida e que não tem muitas habilidades sociais - ela detesta confrontos, chamar a atenção ou estar entre muitas pessoas. Ela é uma solitária e gosta de ser assim. Mas ela não consegue ignorar o barulho do motor que não está deixando ela dormir, então em uma atitude por impulso ela caminha até o seu vizinho para pedir que ele pare.

Coke já passou por muito em sua vida e agora só quer um pouco de calma. Ele não teve o melhor dos casamentos, mas está separado a dois anos e agora sua filha se mudou para um dormitório na faculdade, ele está aprendendo como seguir com sua vida sozinho e está contente com isso. Ele não gosta de ter sua filha longe, mas quem é ele para proibir ela de seguir seus sonhos? Então além do seu ferro-velho, ele trabalha em alguns carros em casa. Então uma noite, sua vizinha aparece reclamando do barulho. Ele nunca foi uma pessoa de dar importância para o pensamento dos outros, mas alguma coisa o faz se preocupar com sua vizinha e parar o trabalho - e não ir muito além das onze para não perturbá-la, mesmo que isso afete seu prazo de trabalho.

Eu amei o ritmo lento em que Ain't Doin' It foi construído. A cada página os personagens se conheciam um pouco mais e me conquistavam um pouco mais. Eu amei que foi essa queima lenta no romance e isso me fez ter uma leitura é incrível. Foi quase uma leitura cinco estrelas para mim - e só não foi por conta de duas coisinhas que ficaram na minha cabeça e eu não posso ignorar... 1) eu senti o final um pouquinho exagerado com tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo. As peças vinham se encaixando lentamente e de repente tudo pareceu acelerar e acabou o livro. 2) Eu fiquei super confusa durante a leitura por conta da idade dos personagens. Na sinopse fala que ela é vinte anos mais nova do que ele, mas no livro diz mais de uma vez que ele tem 35 anos e ela tem 25/26, ou seja 10 anos de diferença. Então não fez sentido a questão da diferença de idade ter o peso que teve (pelo menos tinha para o Coke) e vale lembrar que as melhores amigas da Cora tem maridos mais velhos. A Janie tem 18 anos a menos que o Rafe, e a Kayla tem 20 (ou é mais?) a menos que o Parker, ou seja, elas são casadas com homens mais velhos que o Coke para ele achar que elas não iriam entender ou aceitar um relacionamento entre eles... E quando ele diz "eu sou muito velho" eu fiquei tipo "oi? onde que 35?" (e sem querer contar spoilers, mas no epílogo também tem uma menção errada quanto a idade da filha do Coke. Frankie tem 19 anos no começo do livro e no epílogo é citado que ela tem 19 anos - algo que eu teria ignorado se não tivesse sido citado mais duas idades...)

Dito isso... Volto a dizer que eu adorei a leitura e fiquei completamente apaixonada por esse casal. Cora encontra em Coke alguém que a entende, que a aceita em todas as suas formas, mesmo as que fazem parecer esquisita, que a ama. E Coke encontra em Cora o que ele imaginou que não sentisse falta, alguém que se preocupa com ele, que o ama apesar dos seus defeitos. Juntos, eles tem o que é mais importante para um relacionamento sólido: eles são parceiros. Sim, eu amo os livros da Lani e aqui não foi diferente. Eu amei Ain't Doin' It mesmo com os seus defeitos, eu adorei esse casal e, se possível, me sinto ainda mais fã do trabalho da autora. E que venha o próximo!!!!





Data de Lançamento: 08 de Agosto



Amazon BR: https://amzn.to/2JAugAx


Eu sou uma mãe casada de três. Meus filhos tem todos menos de 9, então eu posso assegurar que eles são um punhado. Eu estou com meu marido paramédico por dez anos agora, e nós tivemos descendentes que não são nada como nós. Eu moro no maior estado do mundo, Texas.





HOSTED BY:

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

0 comentários

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras