Lentes Mágicas #52: A Vida Secreta das Abelhas

17/05/2012

Olá cinéfilos de plantão!

Em nossa edição desta semana do lentes mágicas, trago até vocês 'A Vida Secreta das Abelhas'.

A VIDA SECRETA DAS ABELHAS

Título original: (The Secret Life of Bees)

Lançamento: 2008 (EUA)

Direção: Gina Prince-Bythewood

Elenco: Dakota Fanning, Queen Latifah, Jennifer Hudson, Alicia Keys.
Duração: 110 min
Gênero: Drama

Sinopse: "Carolina do Sul, 1964. Lily Owens (Dakota Fanning) é uma garota de 14 anos atormentada pelas poucas lembranças que tem da mãe falecida em um trágico acidente causado por ela. Decidida a fugir da solidão e do relacionamento complicado com o pai, T. Ray (Paul Bettany), Lily foge de casa com sua empregada Rosaleen (Jennifer Hudson) e segue a única pista que pode levar ao passado de su mãe numa pequena cidade do interior. Lá ela conhece August (Queen Latifah), a mais velha das irmãs Boatwright, dona de um tradicional apiário da cidade e que também conhece alguns segredos do passado de sua mãe."

O filme é baseado no romance literário de mesmo nome. É bastante sensível e previsível. 
Amo filmes, assisto muitos, a maioria eu adoro. Nem que seja uma cena. 
Neste caso, eu fiz um esforço. Pois acaba ficando muito chato ver filmes que retratam os EUA dos anos 60 sem se deparar com a mesma temática. 
Sei que é importante relata a luta de direitos civis dos negros. E como 'A Vida Secreta das Abelhas' não foge à regra, mesmo com o racismo sendo apenas um dos assuntos abordados, pareceu ser bem emocionantes. 

É uma história cercada de amor, carinho e espiritualidade, falando em mudanças e novos valores. Encontra-se a verdadeira amizade em cada uma das mulheres retratadas pelas personagens e se descobre, através do enredo principal, que as vezes é necessário sair de casa para encontrar o verdadeiro lar...


O pouco da magia do filme que me prendeu se dá por causa da excentricidade das personagens e do local onde se passa a história. As irmãs apicultoras são batizadas com os nomes dos meses de calor no hemisfério norte (August, June e May) e vivem uma vida bem diferente do que a maioria dos negros da cidade. A emotividade excessiva de May, por exemplo, é muito interessante e tem dupla função, sendo por vezes engraçada e em outras oportunidades profundamente tocante.

Mas é só. Não espere grande coisas deste filme. Se ele dividiu críticos especializados em filmes na época de seu lançamento, o que diremos nós?

Espero que tenham gostado da dica de hoje e espero vocês na quinta feira que vem para mais um Lentes Mágicas e o resultado da promoção de um ano ... 

Abraços




Que tal conferir também...

7 comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Adorei este filme! Já vi umas 3 vezes...

    Bjokas

    ResponderExcluir
  3. Eu comecei a assistir o filme mas achei muito chato. Não sei, não me convenceu. Mas quem sabe não dou uma chance novamente?

    ResponderExcluir
  4. Eu assisti uma vez só, não sei se eu veria ele novamente Carolinne... E Silvana, as Chances comigo são de primeira. Quer dizer que dou uma chance, se já não consigo assistir de primeira, nem vejo a segunda!

    Agradeço os coments meninas!

    ResponderExcluir
  5. Eu não gostei muito desse filme não. Assisti por causa da Queen Latifah, mas foi dose ter que aguentar a Dakota. Juro que não sei o que o povo vê nela... Sério mesmo.

    ResponderExcluir
  6. Pois é, Juli, eu gosto dela só em filme de terror ou suspense (ainda mais os mais antigos...) Tnks pelo coment...

    ResponderExcluir
  7. Eu não assisti o filme... Confesso que fiquei curiosa com ele e tal, mas não engulo uma certa atriz que nem vou mencionar. Chata, chata e mais chata!!!!
    Então, esse eu passo!

    Beijinhos
    Manu

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras