Beijada por um anjo 4 – Destinos Cruzados

25/05/2012

Um ano se passou desde que Tristan, namorado de Ivy, morreu. Depois disso, ambos seguiram em frente, Tristan para o outro lado da vida e Ivy para o adorável Will. Mas, então, um acidente de carro põe fim à vida de Ivy.


Em meio ao percurso para outra dimensão, Tristan a faz retornar à vida com um beijo apaixonado. Ivy acorda no hospital, cercada por Will e sua família, mas tudo o que ela consegue pensar é no amor que perdeu. E dessa vez ela não tem certeza de que o amor poderá salvá-la.

 

 

Confesso que não estava muito empolgada em ler Destinos Cruzados. Eu gostei da trilogia original de Beijada por um Anjo e não curto muito quando depois de “séculos” os autores resolvem continuar as séries por algum motivo… Bom, a publicação aqui no Brasil ficou super perto o período do terceiro para o quarto livro, mas nos EUA foram mais de 15 anos entre Almas Gêmeas e Destinos Cruzados. Isso me lembrou Diários do Vampiro (que por alguma razão eu ainda não consegui ler o 5° livro em diante…). E depois de ler a sinopse, fiquei um pouco menos motivada.

Resumindo… Eu estava com o pé atrás quando peguei o livro para ler, achando que as coisa poderiam ter terminado como tinham terminado em Almas Gêmeas e ainda pensando porque a autora fez um final feliz no livro 3 se ele não vai valer de nada no livro 4? Podem imaginar que com isso a leitura se tornou um martírio para mim. Parei duas ou três vezes no meio do livro e tive que retornar desde o início para tentar levar a leitura até o fim.

Então… Antes de me julgar pelo que vou falar nessa resenha, recomendo aos fãs da série que nem terminem de ler. Eu não sou a pessoa mais indicada para fazer uma crítica do livro. O fato é que além de todos os motivos que citei acima, Destinos Cruzados não conseguiu me convencer que seus defeitos são menores que seus acertos. Porque eu digo isso?

Ivy novamente está em risco de vida. Novamente se envolve em um acidente de carro. Ivy continua lutando para sobreviver. E toda aquela coisa de “não posso me esquecer de Tristan” volta com força total, fazendo com que todo o livro 3 perdesse o sentido para mim. E isso é o que mais me incomodou. Afinal, o terceiro livro da série foi o que eu achei o melhor (como vocês podem ver na minha resenha).

Outra coisa que chama a atenção na leitura é que na história só se passou um ano entre o livro 3 e o 4, mas não é bem assim que funcionou na narrativa. A autora colocou muitos aspectos atuais, coisas que não eram o auge da época ou não existiam, como Facebook e Ipod. Em um primeiro momento, essas coisas nem parecem importar, mas como eu disse, meu “pé atrás” com o livro fez eu notar todos esses detalhes.

Eu nem tenho mais tanta coragem de falar o resto que achei do livro. Até porque ao ler algumas resenhas no skoob, vi tanta gente elogiando e achando este o melhor livro da série que fiquei na dúvida se não estou julgando demais e pegando pesado demais com o livro. O que eu posso dizer é que cada um que ler o livro vai ter uma visão diferente de Ivy. Alguns a acharão romântica por não esquecer do “grande amor de sua vida” que morreu. Eu não consegui ver romantismo nisso, ao menos não no modo como as coisas foram colocadas. E me chamem de fria e pragmática, mas não consegui ver nada de romântico no comportamento de Ivy neste livro e talvez esse seja o grande motivo de não ter gostado da leitura.

Lica

 

 

 

E não esqueça...

O livro faz parte da Super Promoção de 1000 seguidores.

Veja como participar aqui.

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

2 comentários

  1. Imagina, nunca se julga demais um livro. Suas resenhas são sempre bem claras e isso ajuda na hora de escolher um pra gente ler.
    Não se esqueça se não fosse por sua honestidade eu nunca teria tido interesse por IAN...

    Bjokas
    @KactusRosa

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro as resenhas aqui no blog. Vocês não ficam se preocupando se a resenha vai agradar ou não e falam o que realmente acham do livro. Isso faz com que a gente forme uma opinião se dá ou não uma chance ao livro e é isso o que importa.
    Eu já não estava muito afim de ler este, assim como vc não curto quando anos depois escrevem uma continuação...

    Beijinhos
    Manu

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras