Peter Pan tem que morrer - John Verdon

09/02/2016



Peter Pan tem que morrer traz de volta o detetive Dave Gurney, protagonista de Eu sei o que você está pensando, Feche bem os olhos e Não brinque com fogo. “Uma sofisticada trama de suspense que os aficionados por mistério adorarão tentar resolver. Com um enredo tenso, cheio de intrigas inimagináveis, Peter Pan tem que morrer desafia a inteligência do leitor até sua dramática e espantosa conclusão.” – Library Journal No mais tortuoso romance policial escrito por John Verdon, o especialista em mistérios David Gurney dedica sua mente brilhante à análise de um assassinato terrível que não pode ter sido cometido da forma como os investigadores responsáveis pelo caso afirmam que foi. Detetive aposentado do Departamento de Polícia de Nova York, ele precisa cumprir uma espinhosa tarefa: determinar a culpa ou a inocência de uma mulher condenada pela morte do próprio marido. Ao descascar as diversas camadas do caso, Dave logo se vê travando uma perigosa guerra de inteligência contra um investigador corrupto, um cordial e desconcertante chefe da máfia, uma jovem linda e sedutora e um assassino bizarro que tem a altura e os traços de uma criança – aparência que lhe rendeu o apelido de Peter Pan. A uma velocidade assombrosa, reviravoltas assustadoras começam a ocorrer e Dave é sugado com força cada vez maior para dentro de um dos casos mais sombrios de sua carreira.

*****************

Olá pessoal, como está tudo? Espero que as leituras andem em alta! 
Eu estava de férias até ontem, então aproveitei pra colocar as leituras em dia, mas confesso que em "Peter Pan tem que morrer", eu fiquei travada por duas semanas! O por quê? Não sei, me parece que a leitura não fluía, já já explico o por quê!

Bom, a história trata do detetive aposentado Dave, o qual vive com sua amada esposa Madelaine em uma espécie de sítio, cercado por muitos pomares e galinhas, sim meus queridos, as galinhas aparecem constantemente na história. 

O detetive aposentado é procurado por um colega da polícia para que prove a inocência ou a culpa de uma suposta assassina, a qual teria matado o próprio marido. Sua missão? Rever todos os fatos sob outra ótica e tentar juntar as peças desse quebra-cabeça, que, aparentemente, não está bem montado.

Achei o livro de uma inteligência incrível, já que a presidiária a qual ele está tentando provar a inocência é uma pessoa que não nos diz de cara que é inocente ou culpada, cabe à nós - e a Dave, claro - descobrir o que aconteceu realmente. A trama é muito bem amarrada e tudo faz muito sentido, de modo que leva o leitor a ficar curioso a solucionar o caso. 

Fiquei com a pulga atrás da orelha pelo autor ter abordado muitas conversas internas que Dave tem consigo mesmo, o que muitas vezes torna o livro massante, de maneira que ele não fluiu pra mim. Mesmo assim, o livro é muito bem escrito, e como não poderia de deixar de ser, como nos outros três livros lançados pelo autor, falando deste mesmo detetive, percebe-se que para Dave, as coisas não são mais as mesmas. Ele possui muitos conflitos internos e externos. 

Outra coisa que me incomodou um pouco, foi o excesso de personagens, algumas vezes eu ficava perdida entre a máfia, os advogados, a polícia, os amigos, os familiares, as pessoas que supostamente viram o crime, mas, o que eu poderia esperar de um romance policial? Claro, muitas pessoas, pistas, evidências e mistério.

Para os amantes do estilo, super indico essa história, que sem dúvidas, vai fazer com que você queira saber o final, que aliás, me surpreendeu. 

Por hoje é só, até mais, povo leitor!

Sou a Fabi.... blogueira, escritora e eterna sonhadora!

Que tal conferir também...

30 comentários

  1. Nunca li nenhum dos outros, espero ter a oportunidade, também não curto muito livros com muitos entraves do personagem com ele mesmo, pois apesar de entrarmos totalmente na cabeça do personagem acaba tornando o livro muito pesado... e isso faz com que minha leitura não flua tão bem também...

    http://brendamatoso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Quando vi o nome do livro de imediato imaginei que fosse de fantasia, e que o tal Peter Pan fosse realmente o próprio hahaha
    Em geral eu curti romance policial, mas acho que esse não me atraiu muito.

    http://magoevidro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oiee
    Pensei que fosse ter capitão gancho querendo matar Peter kkkk mas acho que me enganei.
    Não sou muito de ler policiais, geralmente eles me cansam muito, bem isso que você disse que aconteceu com você. Geralmente eu leio até a metade e depois pulo pro fim por não ter paciência pra ler rsrs
    Não tinha ouvido falar do livro, mas já li outras resenhas de obras do mesmo autor, ele parece ser bom.
    No momento eu não leria, mas nunca se sabe o quanto o gosto pode mudar xD
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oi Fabi, nunca li nada do autor, e depois da sua resenha acho que nem vou ler.
    Chato que a história apesar de ser bem escrita seja maçante. Eu ando com um bloqueio terrível pra leitura, e um livro desses certeza que só ia piorar as coisas.
    Apesar disso eu ri muito da sua resenha. Fiquei até meio curiosa com o porquê das galinhas serem tão presentes no livro. Hahahah

    ResponderExcluir
  5. Oi Fabi, nunca li nada do autor, e depois da sua resenha acho que nem vou ler.
    Chato que a história apesar de ser bem escrita seja maçante. Eu ando com um bloqueio terrível pra leitura, e um livro desses certeza que só ia piorar as coisas.
    Apesar disso eu ri muito da sua resenha. Fiquei até meio curiosa com o porquê das galinhas serem tão presentes no livro. Hahahah

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu vi bastante gente falando desse livro no ano passado e tinha ficado intrigada com a história. O título é bem forte, remete a morte da inocência do personagem, então logo eu gostei (por achar que seria uma leitura diferente). Gostei dos pontos que ressaltou, quando há muitos personagens a gente se perde mesmo, mas ainda assim algumas histórias valem a pena. Talvez eu leia em breve esse livro. Parabéns pela resenha. :)

    ResponderExcluir
  7. Oie, tudo bem?

    Quando eu li o título, pensei totalmente o contrário do que é na verdade a trama. Achei que fosse algo de fantasia, mas entendi que não tem nada a ver. Curti muito a sua resenha, e fiquei instigada a ler o livro, ele tem tudo para me agradar.

    Beijos,
    Dai | Blog Cheiro de Livro Nacional

    ResponderExcluir
  8. Oi, eu ainda não li nenhuma obra do autor, estava até interessada nessa obra, mas agora não sei. Esse negócio de excesso de personagens me deixa um pouco confusa e acabo perdendo o foco na história.

    Beijokas da Quel ¬¬
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  9. Entendo esta questão que você fala sobre ter momentos em que o livro fica cansativo já que não parece ter muita ação se passa os pensamentos do personagem. Li e leio livros assim e parece que dá um toque a mais, mas dependendo de quem lê ou do momento enche e cansa mesmo. Mas gosto deste autor pela inteligência dele!

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  10. Oie!
    Bem legal a resenha. Não conhecia nenhum dos livros mencionados justamente com esse. Gosto do gênero, embora não seja a minha leitura recorrente. Talvez entre em minha lista para um momento futuro!
    Bjos

    http://paraisodasideas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá, eu sou apaixonada por romance policial e por isso eu tenho certeza que irei amar o livro, parece ser o tipo de leitura que iria me manter ali até terminar o livro, com toda certeza entrou para a minha lista!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  12. nossa, o nome me enganou direitinho....minha nossa, achei que fosse fantasia e na verdade é bem outra coisa...e olha eu adorei o desenrolar da tua resenha!!! foi me cativando pouco a pouco e menos com os pontos negativos pontuados eu gostei da premissa....só não entendi porque tu implicou com as galinhas...são tão bonitinhas....hehehe

    amei a resenha...

    bjs

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bom?

    Como estão as férias? Conseguiu realmente colocar a leitura em dia? Apesar das minhas férias ter sido tranquila, não li nem 1/3 do que gostaria :( haha

    Eu já havia visto esse livro, mas depois da sua resenha passarei longe dele hahaha Apesar de amar romances policiais, sou daquelas que gosta quando a leitura flui, sabe? Daqueles que prende a sua atenção e você quer acabar logo para ver o que acontece no final. Pelo jeito que você falou, não parece ser o caso, infelizmente :(

    Parabéns pelo post, eu realmente adorei. Ficou muito bom!

    Beijos!

    http://instantesmemoraveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá, o gênero policial é o meu preferido e eu já li esse livro. Achei um trama muito bem elaborada e o final é um dos momentos mais tensos da leitura. A maneira como ele foi morto e a esposa acusada também é muito curiosa, o mais interessante é como Dave consegue descobrir tudo e a identidade de Peter Pan. Só que o que mais me incomodou no livro, não foi o excesso de personagens que eu nem achei que fossem tantos assim, está na média do gênero, o que me incomodou de verdade são os palavrões. Eu acredito que num ambiente de uma delegacia a similares, sejam com esse palavreado mesmo, mas sinceramente, acho desnecessário em um livro ou filme.

    ResponderExcluir
  15. Olá!

    Essa semana eu ganhei o marcador desse livro, eu não o tenho e nunca tinha lido nenhuma resenha sobre o livro, mas fiquei curiosa com esse título e a pela capa. Gosto bastante de suspense, principalmente aquele que faz a gente desconfiar das pessoas, e quando eles apresentam o culpado, sem sabermos que ele é o culpado, é incrível! Dica anotada, estou curiossima.

    Beijos,
    http://entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oiii!

    Eu sou super fã do estilo e por isso sempre tive curiosidade com a obra.
    Mas confesso que esse monte de personagens acaba sendo chatos por justamente nos atrapalhar um pouco.
    Só que isso é uma características das obras né? Então é meio que normal.
    Gostei da sua resenha e da sinceridade!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  17. Li boas resenhas a respeito deste livro e confesso fiquei intrigada quando você disse que ele deu uma estagnada contigo. Para um livro policial é difícil isso acontecer, mas ao longo da resenha pudw entwnder melhor.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bom?
    Adoro esse gênero, fico sempre namorando esse livro na livraria, mas acabo trazendo outro no lugar dele. Mas muitos personagens é meio cansativo, sempre me perco e esqueço de algum deles. Mas faz parte do gênero, eu acho. Parabéns pela resenha ♥

    Beijos, Roberta

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bem??

    Lembro de quando vi esse livro na livraria pela primeira vez, fiquei doida só por ter "Peter Pan" na capa. Mas desisti pelo fato de ser policial... Sou mais dos livros de romance. Mas apesar disso gostei muito do enredo, que eu não conhecia com tanta profundidade... Eu já fiquei perdida quando forma citados alguns dos personagens, imagine você com os nomes deles pelo livro! Hahaha

    XOXO
    Umnovo-roteiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Realmente parece um livro envolvente, com a trama muito boa! Confesso que, como alguns citaram, fiquei com vontade de ler apenas por ter "Peter Pan" no título! Nunca li nada do autor, mas fiquei com vontade, vou adicionar à minha fila de leitura.
    Obrigada pela dica!
    Abraço!

    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi Fabi,
    Não é tri quando empacamos numa obra, mas fico feliz que tenha chegado ao fim antes de abandonar, porque eu hoje, se não flui largo de lado e dependendo da obra abandono sem dó. Mesmo parecendo uma obra bem inteligente fiquei com receio de tantos personagens.

    Boas leituras.
    Beijos
    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Olá!!!
    Já tinha ouvido falar do livro, mas não me interessei em ler mesmo gosto do gênero. História com muitos personagens me deixa perdida e confusa, sou ruim de guardar nomes. A resenha está bem escrita sem revelar além do necessário.

    Beijos
    Carla Fernanda
    http://livrosqueliblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Fabi, já vi muita gente falando desse livro, incluindo meu namorado, mas eu não curti a pegada da história.
    É que não faz mesmo meu estilo, mas pra quem gosta de um mistério acredito que seja uma boa pedida.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  24. Olá Fabi, já conheço essa série de livros. A maioria das resenhas sobre eles são positivas e ela sempre destacam a inteligência presente na escrita do autor, pena que não gosto de romances policiais, são livros que simplesmente não fluem pra mim, fico travado neles por semanas e até meses kkk
    Pra quem curte o gênero, essa série é maravilhosa, recomendo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  25. Oi, tudo bem?
    Nunca li nenhum dos livro deste autor e esta é a primeira que vejo uma resenha de uma de suas obras, mas logo de cara os livros já ganharam meu amor apenas por esses títulos maravilhosos. Adorei todos os títulos deles, me chamaram muito a atenção. Espero ler este livro algum dia porque fiquei super curiosa. Beijos! ^-^

    ResponderExcluir
  26. Essa coisa da presidiária não assumir a inocência ou a culpa dá uma agonia danada, não? E como você mesmo disse é uma obra incrível que envolve tantas coisas... As personalidades são bem trabalhadas e toda a história é envolvente.
    Parabéns pela resenha

    ResponderExcluir
  27. Oi Fabi, tudo bem??
    Eu sou louca para conhecer a escrita do autor... inclusive tenho um livro dele aqui que pretendo ler assim que der... porque adoro um suspense carregado de mistério e investigação... e esse tem todos os atrativos que aprecio numa leitura dessa temática... claro que os conflitos internos do personagem pode ser massante... mas mesmo assim pretendo ler... Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  28. Oiii,
    Vou ser bem sincera, eu adoro os livros do Verdon, mas esse aé eu detestei. Achei o livro chato, parado e cansativo. Odiei aquela esposa do Dave e o relacionamento enfadonho deles, quase pulei essas partes, acho que o autor se extendia demais.... desculpa pelo desabafo, rs.
    Mas tem outros livros do autor que eu gosto. Amo romances policiais, mas esse não foi para mim.

    Beijos
    Aline Lima

    ResponderExcluir
  29. Já li tantas resenhas que romances policiais hoje que está sendo inevitável sentir saudades, já faz um bom tempo que não leio nada do gênero. Inclusive já tive a oportunidade de adquirir esse livro, mas estava sem tempo de ler a sinopse e a capa não me chamou a atenção na ocasião, sua resenha veio me esclarecer dúvidas e me deixaram curiosa pela história, com certeza vou querer conferir de perto essa trama.

    Abçs
    Sou bibliófila

    ResponderExcluir
  30. Oie! Eu nunca tive muito contato com romances policiais, mas sempre que tenho a oportunidade, me jogo de cabeça na leitura. Tenho visto constantes divulgações acerca dessa obra e confesso que tenho ficado bastante empolgada. É legal saber que a trama foi construída de forma inteligente. O título desse livro me deixa louca para conhecer o Peter Pan dessa história *----* O que me deixa com um pé atrás é isso de o livro ter personagens demais. Como não estou acostumada, sempre acabo me perdendo até chegar uma hora que desisto de tentar decorar quem é quem. E esse negócio de o personagem ter conversas internas durante o livro também não me anima. Sempre fico cansada lendo pensamentos dos protagonistas... mas óbvio que, se o livro chegar até mim, eu lerei para tirar minhas próprias conclusões. <3

    Beijos,
    Fernanda F. Goulart,
    Império Imaginário.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras