A Bela e a Adormecida - Neil Gaiman

07/03/2016

Era o reino mais próximo ao da rainha, em linha reta, como voa o corvo, mas nem os corvos voavam até lá. Você pode achar que conhece esta história. Uma jovem rainha está prestes a se casar. Há anões bons, corajosos e valentes; um castelo envolto em espinhos; e uma princesa enfeitiçada por uma bruxa, segundo dizem os boatos, em um sono eterno. Mas aqui não há ninguém esperando que apareça um nobre príncipe em seu fiel cavalo. Este conto de fadas é tecido com um fio de magia negra, que vira e revira, brilha e reflete. Uma rainha pode acabar se revelando uma heroína, se uma princesa precisar ser salva.


Sabe quando você escuta muitos elogios para um autor, mas nunca leu nada dele? Era assim comigo e o Neil Gaiman. Então, como eu adoro releituras de contos de fadas, pensei que não teria como começar de maneira melhor. E foi assim que A Bela e a Adormecida entrou em minha lista de leituras. 

Como não tinha lido nem a sinopse, não sabia muito o que esperar. Por esse motivo, fiquei apaixonada pela espécie de fusão dos contos da Branca de Neve e da Bela Adormecida. Isso, somado ao fato de termos uma garota que toma as rédeas da situação e resolve os problemas me fez gostar ainda mais da leitura.
"Ela mandou buscar o noivo, pediu-lhe que não fizesse cena; disse que ainda se casariam, mesmo ele sendo apenas um príncipe, e ela, uma rainha, e fez cócegas no belo queixo dele, e beijou-o até que ele abrisse um sorriso."

Acontece que no fundo, achei que ficou faltando alguma coisa. Só não sei dizer exatamente o que foi. Ao mesmo tempo que não sabia o que esperar, fiquei com a sensação de que poderia ter sido mais. Talvez a sensação tenha um pouco a ver com a vontade de que a história tivesse sido mais aprofundada, com um final um pouco mais longo.

"Ela não falou mais nada, mas sentou-se no musgo abaixo de um carvalho e sorveu a quietude, com cada batida do coração.
Existem escolhas, pensou ela quando já estava sentada ali por algum tempo. Existem sempre escolhas."

Por outro lado, as ilustrações do livro estão tão perto da perfeição que me deixou mais do que encantada. Não lembro de já ter conhecido o trabalho de Chris Riddel, mas fiquei completamente apaixonada. Li o livro em ebook, mas com certeza é uma edição que faço questão de ter na estante - algo que logo irei providenciar.

A bela e a adormecida é um livro lindo, com uma nova visão para dois contos de fadas que me deixou encantada durante a leitura. Foi o primeiro livro que li do Gaiman e com certeza penso em ler outros, assim como conhecer melhor o trabalho de Riddel. Para mim, a união dos dois trouxe uma leitura interessante e realmente sencantadora.

Criado em 2010, o Amores e Livros é um espaço feito para dividir os nossos amores pelos livros, filmes, séries e alguns outros vícios mais do que saudáveis! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

5 comentários

  1. Tenho lido muitas opiniões positivas sobre esse livro, estou querendo muito lê-lo. Adoro o Gaiman, ele sempre me surpreende. <3

    http://www.magoevidro.com.br/

    ResponderExcluir
  2. A Bela e a Adormecida

    Parabéns pela resenha, fiquei muito curiosa para ler o livro, com está história linda e fascinante.

    ResponderExcluir
  3. Que capa lindaa!Amo essas novas versões dos contos de fadas da nossa infância,li todos os livros da Série Encantadas e literalmente fiquei encantada com a estória kkk os autores fazem com que o enredo seja envolvente sem estragar os personagens e fica perfeito.Eu tinha ouvido falar do Neil Gaiman mas também nunca tinha lido nenhum livro dele e pela resenha deste livro já fiquei super curiosa para ler.Bjss 💜

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras