Serafina e a capa preta: Serafina #1 - Robert Beatty

24/04/2018

Serafina nunca teve motivos para desobedecer ao seu pai e se aventurar além da Mansão Biltmore. Há espaço de sobra para ser explorado naquela casa imensa, embora ela precise tomar cuidado para jamais ser vista. Nenhum dos ricaços lá de cima sabe da existência de Serafina; ela e o pai, o responsável pela manutenção das máquinas, moram secretamente no porão desde que a garota se entende por gente. Mas quando as crianças da propriedade começam a desaparecer, somente Serafina sabe quem é o culpado: um homem aterrorizante, vestido com uma capa preta, que espreita pelos corredores de Biltmore à noite. Após ela própria ter conseguido – depois de uma incrível disputa de habilidades – escapar do vilão, Serafina arriscará tudo ao unir forças com Braeden Vanderbilt, o jovem sobrinho dos donos de Biltmore. Braeden e Serafina deverão descobrir a verdadeira identidade do Homem da Capa Preta antes que todas as crianças... A busca de Serafina a levará ao interior da mesma floresta que tanto aprendeu a temer. Lá, descobrirá um esquecido legado de magia, que tem relação com a sua própria origem. Para salvar as crianças, Serafina deverá procurar as respostas que solucionarão o quebra-cabeça do seu passado.
Compre: Físico - E-book


Sabe quando um livro não precisa de muito para te ganhar? No caso de Serafina bastou a capa. E já no primeiro capítulo me vi presa na história e não larguei até chegar na última página. E que delícia de livro!!!!

"Eu já disse antes, e vou dizer de novo, Sera: nosso mundo é cheio de mistérios, coisas que a gente não entende. Nunca vá para as profundezas da floresta, há muitos perigos lá, tanto escuros quanto claros, e eles tentarão seduzir a sua alma."

Serafina é uma menina de 12 anos que mora escondida no porão da Mansão Biltmore com seu pai desde que se lembra. Seu pai é o responsável pela manutenção das máquinas e a ensinou tudo o que ela sabe. Ele não é de falar muito, e muitas vezes Serafina tem vontade de sacudi-lo para ver se consegue chegar ao seu interior e obter as respostas que tanto quer. Ela aprendeu que não pode ser vista, não pode falar com ninguém e nem contar nada sobre eles. As pessoas fazem perguntas demais e isso não é bom. Serafina não tem um motivo para desobedecer seu pai, e ela é muito boa em ficar nas sombras, em se mover por aí sem que ninguém a veja.

Acontece que uma noite, após libertar dois ratos que ela pegou, ela escuta um barulho diferente e ao ir investigar o que é, ela acaba vendo um homem assustador com uma capa preta e uma menina que precisa de ajuda, mas que acaba desaparecendo. Serafina é quase pega por esse homem assustador, mas consegue escapar. No dia seguinte, seu pai acredita que a menina teve apenas um pesadelo, mas ela não demora para descobrir que sim, tem uma menina desaparecida na mansão - e mais, parece que ela não foi a primeira.
"Estava começando a ver como era difícil determinar quem era bom e quem era mau, em quem podia confiar e com quem deveria ter cuidado. Todo mundo, de alguma forma, se achava herói, lutando pelo que acreditava ser certo, ou simplesmente lutando para sobreviver mais um dia, mas ninguém se julgava mau."
É na bagunça que a mansão fica no dia seguinte ao que Serafina presenciou que ela acaba conhecendo Braeden, um garoto da sua idade e que por algum motivo faz com que ela lhe conte coisas que não deveria dizer, e que aos poucos uma amizade se forme entre eles. E entre descobrir o que aconteceu com a menina que ela viu desaparecer, quem é o homem com a capa preta e como pará-lo, Serafina irá encontrar respostas para seu próprio passado e sobre quem ela é.

Confesso que não sabia muito o que esperar de Serafina e a Capa Preta, mas adorei cada minuto da leitura.  É um livro juvenil, e uma ótima dica para os leitores mais novos que curtem um mistério misturado com magia e toques sobrenaturais. Mas não quer dizer que os leitores mais velhos não irão se encantar - eu ainda adoro livros juvenis, mesmo já tendo passado dos trinta. É claro que isso fez com que algumas coisas fossem bem previsíveis para mim, mas não tirou o brilho da obra. Eu realmente gostei da história e mal posso esperar para o próximo livro, para curtir mais uma aventura com essa garota que ganhou meu coração.

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

4 comentários

  1. Oi, Lica.

    A maneira no qual a Serafina e seu pai vivem, é muito peculiar... Dada às circunstâncias e ameaças que o Capa Preta oferece, lá fora, às crianças.

    E nos leva a querer descobrir quem é o tal homem e o que o leva a agir da maneira que ele age.

    ResponderExcluir
  2. Olá,apesar de não ser mais tão novinha assim, ainda gosto de livros juvenis. :)
    São em geral leves,de fácil leitura e nos deixam com gostinho de quero mais.
    Assim como também gosto de livros de fantasia.
    Eu estou curiosa em conhecer a Serafina e suas aventuras na descoberta do desaparecimento das crianças.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Poxa que vontade de saber tudo sobre Serafina, há muito mistério e eu amo esse estilo de leitura, o livro promete. Amei!

    ResponderExcluir
  4. Olá, eu não tenho vontade de ler esse livro não ele tem uma capa linda mais a estória não me chama atenção então passo essa dica

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras