O Lorde Supremo - Trudi Canavan

19/08/2013

Olá galera do Sael!

Hoje, em parceria com a editora Novo Conceito, trago ate vocês o terceiro e ultimo livro da Trilogia do Mago Negro, O Lorde Supremo.


Sinopse: " Na cidade de Imardin, onde aqueles que têm magia têm poder, uma jovem garota de rua, adotada pelo Clã dos Magos, se encontra no centro de uma terrível trama que pode destruir o mundo todo. Sonea aprendeu muito no Clã, e os outros aprendizes agora a tratam com um respeito relutante.
No entanto, ela não pode esquecer o que viu na sala subterrânea do Lorde Supremo, ou seu aviso de que o antigo inimigo do reino está crescendo em poder novamente. Conforme Sonea evolui no aprendizado, começa a duvidar da palavra do mestre de seu clã. Poderia a verdade ser tão aterrorizante quanto Akkarin afirma? Ou ele está tentando enganá-la para que Sonea o ajude em algum terrível esquema sombrio?"

É... quem diria que o terceiro livro iria salvar a impressão de 'longa desnecessariamente' desta trilogia, ein? Pois é, foi o que aconteceu. 
Na resenha do segundo livro eu desejei fervorosamente que algo me surpreendesse neste último livro. Que a trama desse uma reviravolta bonita e que me salvasse de ter que dizer que li este livro só pra saber o final, só pra terminar o que comecei mesmo não curtindo muito. Salvou. Pra que fazer isso Trudi? Esperar que os mais corajosos e destemidos leitores que não desistissem de seus livros contassem para os outros que sua história é boa, que cada passo foi muito bem pensado, que cada problema resolvido levava a algo maior no fim, pra que?

Não é de hoje que eu aviso muito sobre os livros que precisam de uma chance. Eu mesma já fiquei diversas vezes em dúvida se iria adiante ou não com Sonea. Agora, vou ter retificar minhas palavras das outras resenhas por culpa da escritora meticulosa que eu achei que só queria nos enrolar pra publicar mais...

Bom, a primeira coisa a dizer é que a enrolação faz sentido com o terceiro livro. Há nuances muito leves que retornam pra se concluir. Absolutamente tudo que estava em aberto se fecha (se você não leu os primeiros não imagina quanta coisa que ela tinha pra fechar...) fazendo você desejar ler todos os livros de novo pra entender melhor. Estilo Tarantino, que você tem que ver seus filmes na ordem trocada pra entender, sabe? Apesar de ser uma literatura juvenil, tem sinuosidades a serem descobertas dignas de qualquer leitor perspicaz.
Não é segredo pra ninguém (está lá na minha resenha) que o primeiro livro deixa a desejar. É muita conversa fiada sem conexão com pinceladas de novos personagens apresentados e loucuras rolando. No segundo a autora melhora seu fator surpresa, revela muito mais da história que realmente importa e nos deixa com um pouco de curiosidade, ainda assim deixando pontas sem conexão. Não me admira que o terceiro livro tivesse que ser tão grosso! Era muita informação pra colocar em 200 paginas! Foi fechando cada assunto de uma forma muito adequada e fluida que nem parece ser escrito pela mesma mulher dos dois primeiros livros. Os eventos voaram! Pudera...

Muita coisa acaba de uma forma esperada (depois que você descobre que foi retomado o assunto e ele vai ser concluído), outras são surpreendentes e 3 eu mudaria. rs. Claro! Eu sabia que ela não conseguiria 100% de aproveitamento. Se conseguisse eu iria dar um jeito de saber que água ela estava bebendo pra ter melhorado tanto... brincadeira!

Brincadeiras a parte, é com muito gosto que eu venho dizer que vale a pena pegar a trilogia do Mago Negro pra degustar. Deixando bem claro que você tem que ter uma paciência de outro mundo e um pouco de sangue nerd pra se deixar levar...

Até a próxima!



Que tal conferir também...

4 comentários

  1. Nossa, não sabia que os outros eram ruinzinhos kkkk Tenho só o primeiro, graças à sua resenha só vou ler quando tiver os 3 pra conseguir acompanhar bem esses fechamentos que você falou aí. xP

    ResponderExcluir
  2. Não curto esse estilo.
    Li muitos comentários negativos dessa trama, :\

    ResponderExcluir
  3. Essa trilogia logo que lançaram eu fiquei desesperada para ler... mas depois arrefeceu, quando lançaram o segundo as resenhas desanimadas me fizeram repensar se leria ou não. E agora que você diz que vale a pena aturar a enrolação do livro do meio começo a pensar em ler. Bem a verdade é que a estrutura me atrai, magia, período histórico, então vou acabar dando uma chance sim.

    ResponderExcluir
  4. Só ainda não li porque não tenho o primeiro livro. Dá pra entender a série começando do segundo? Eu tenho sangue nerd acho que vou gostar rs.
    Beijos :)

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras