O Sétimo Filho - Joseph Delaney

30/04/2015

 
Em um mundo dividido entre luz e trevas, John Gregory, o Caça-Feitiço, é o sétimo filho de um sétimo filho e mantém uma cidade do século XVIII relativamente bem e longe dos maus espíritos. No entanto, ele não é mais jovem e suas tentativas de treinar um sucessor foram todas mal sucedidas - os pouquíssimos que terminaram o aprendizado são medíocres ou fracos ou covardes, e não se igualam a ele. Sua última esperança é um menino chamado Thomas Ward, também sétimo filho de um sétimo filho. De alguma forma, Thomas terá de aprender a exorcizar fantasmas, deter feiticeiras e amansar ogros que surgem sempre que o sol se põe. Seu primeiro desafio será grande - ele terá de enfrentar a Mãe Malkin, a mais terrível e poderosa feiticeira do Condado. O Sétimo Filho reúne os dois primeiros volumes da série 'As Aventuras do Caça-Feitiço' - 'O Aprendiz' e 'A Maldição'.


Esqueça Shrek, o ogro mais fofo e querido do cinema. Em O Sétimo filho (As aventuras do Caça-Feitiço), a luz se apaga e o bicho pega pra valer. Na escuridão da noite, ogros perigosos e astutos buscam se alimentar de sangue; feiticeiras de todos os tipos desejam força e poder; fantasmas e assombrações surgem para atormentar o mundo dos vivos. E no Condado, só o Caça-Feitiço é capaz de enfrentar e proteger a sociedade de todas as formas malignas.  John Gregory é seu nome; Caçar o mal, sua profissão. Com a ajuda de seu assistente, o sétimo filho de um sétimo filho, ambos terão a difícil tarefa de livrar a humanidade das trevas. Uma série fantástica de oito livros, escritos pelo inglês Joseph Delaney, publicada por aqui  pela Editora Bertrand Brasil.

O exemplar que li para esta resenha reúne o livro 1 (O aprendiz) e o livro 2 (A maldição) em um só volume. John Gregory, Thomas Ward e Alice são o trio principal, muito bem descritos e presentes em toda a obra. Tanto o trio principal quanto os personagens secundários dão conta de uma história assustadora, cheia de mistérios e aventuras pelos caminhos da escuridão. Uma leitura que prende a atenção desde as primeiras páginas, provocando o leitor a ir enfrente, enfrentando seus medos juntamente com os personagens.

O livro tem capítulos escritos na medida certa, que não se estendem demais e sempre convidam a ir um pouco mais além. As Ilustrações internas são de David Wyatt, e são bem interessantes, casando perfeitamente com a história em questão. Só a capa do livro, que traz a capa do filme homônimo, não harmoniza com os desenhos internos.


Ao final da obra, um útil e interessante mapa  das regiões do condado descritas no livro e um guia para ler os sinais do Caça-Feitiço complementam o livro.

Bom, o que posso dizer sobre este livro tão intenso? Uma das melhores obras de fantasia que já li até hoje, que preencheu meus dias, noites e até meus sonhos com os personagens e suas aflições, amores, aventuras e segredos. Uma leitura mais adulta, intensa, que certamente recomendo.

P.S. E para quem ficou curioso, eis aqui o trailer do filme:


Por Ricardo Brandes / Escritor

Sou a Fabi.... blogueira, escritora e eterna sonhadora!

Que tal conferir também...

4 comentários

  1. Esse livro parece mesmo ser incrível, ainda mais para quem ama fantasia, o que é o meu caso. Já vi algumas pessoas falarem que o filme não é tão fiel, por isso que quero primeiro ler para depois assistir. Adorei a resenha. Me deixou ainda mais curiosa!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Olá, confesso que o livro não me chama muita atenção, mas não descarto a leitura, mas vou dar uma olhada no filme antes, raramente eu faço isso com uma adaptação, mas como o gênero do livro está longe da minha zona de conforto.

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  3. Oi OI!
    Eu estou doida para ver o filme e agora, estou doida para ler os livros. Adoro capítulos que não se estendem demais, que são na medida certa e que ainda te convidam a ler o próximo, é o tipo de livro que me prende e me faz ler em poucas horas.
    Beijos

    LuMartinho

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ricardo.
    Eu estou mega curiosa tanto pelo livro como pelo filme, mas ainda não tive a oportunidade.
    Amei a sua resenha e o jeito que você descreveu a narrativa só fez minha curiosidade ficar maior.

    Lisossomos

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras