O Reino secreto de Todd - Louise Galveston

28/04/2015

COMO FOI QUE ELE SE TORNOU UM DEUS POR ACIDENTE?
INGREDIENTE A: meias esportivas muito usadas
INGREDIENTE B: imundicie do GRANDE e Poderoso TODD (em pessoa)!
INSTRUÇÕES: deixar embaixo da cama por meses e meses. NÃO ARRUMAR O QUARTO
Mas atenção! Quando o valentão da escola, Max Loving, coloca em risco o futuro da minúscula civilização toddliana, Todd terá que fazer tudo o que estiver ao seu alcance para salvar essa raça que ele mesmo criou sem querer.
Perfeito para os fãs de livros de aventura que saem da mesmice, O REINO SECRETO DE TODD vai fazer você rir bem alto. Descubra o que acontece quando você deixa a roupa suja jogada no chão...


Hoje trago mais uma resenha do selo #Irado da Novo Conceito. Para quem não se recorda, já falamos das excelentes obras destinadas ao público infanto-juvenil O grande Ivan e Infinity Drake: Os filhos da ScarlattiObras de grande qualidade, que surpreenderam pelo texto primoroso.
Nesta nova obra, O reino secreto de Todd, a novata autora norte-americana Louise Galveston traz a história de Todd, um jovem que tornou Deus por acidente e criou vida sem querer. Os Toddianos (seres criados a partir do chulé da meia de Todd) acabam sendo ameaçados pelo valentão da escola, Max Loving, que coloca em risco sua criação espontânea.

Ao primeiro contato com a obra, percebi um livro bem acabado, com capa dura, que segue o padrão de qualidade do selo #Irado. Contudo, a qualidade do texto logo deixou a desejar. Nos primeiros dois capítulos, a autora derrapa em uma enxurrada de personagens e roteiro nada empolgante, causando confusão no leitor.


A história começa a funcionar a partir do 3º e 4º capítulo, de forma morna, sem muita empolgação. E somente nos últimos capítulos há realmente um pouco de ação e aventura. A temática infantil da obra pode agradar leitores até 10 anos, mas a partir daí o livro pode não agradar pela simplicidade de roteiro e falta de habilidade da autora com as palavras.

O livro tem dois personagens principais, Todd e Lucy, além do vilão Max. Uma enxurrada de personagens secundários inunda a obra, trazendo confusão ao texto e a história. Achei também que a apresentação da autora não me parece adequada, com pseudônimo e poucas informações no livro.

A obra destina-se ao público infanto-juvenil, que nem por isso deve ser menosprezado em suas curiosidades e desejos literários.
Para quem procura livros de qualidade no selo #Irado, sigo indicando nossas resenhas anteriores, que servem para todas as idades e públicos.
O Reino secreto de Todd certamente deixou muito a desejar.

Por Ricardo Brandes / Escritor

Sou a Fabi.... blogueira, escritora e eterna sonhadora!

Que tal conferir também...

5 comentários

  1. Este definitivamente não faz o meu estilo de leitura. Até gosto dos juvenis (no meu blog tem até uma sessão onde eles aparecem mais), mas não curto nada assim, muito fantasioso. E agora, lendo a crítica que a Fabi fez, só reforçou ainda mais meu pensamento.
    Aproveito pra dizer que adoro o blog de vocês! :) É um dos meus preferidos.

    Também convido a todos pra conhecer e participar do meu blog, ainda é novinho rs, mas graças a Deus está crescendo! É o: www.muitoamorporlivros.com.br

    E tem um sorteio rolando lá: http://www.muitoamorporlivros.com.br/2015/04/1-sorteio-livros-que-viraram-filmes-2.html

    Ficarei muito feliz com a presença de todos por lá! ;) Ótima quarta!
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, deixa eu me corrigir! Foi o Ricardo, marido da Fabi que fez essa resenha crítica, né rs. Desculpem a minha confusão, é que no meu painel de blogs apareceu o nome da Fabi. ;)

      Abraços à todos!

      Excluir
  2. Poxa, Ricardo.
    É uma pena que a história seja tão insossa, foi a minha impressão pelas suas palavras.
    Acho essas capas do selo #Irado lindas, embora eu não tenha nenhuma.
    Mas nem sempre se acerta. As vezes focam no material e a história não é lá essas coisas.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  3. Olha, eu adoro livros infanto-juvenis, mas esse não me agradou em nada. Os livros do selo #Irado são ótimos, só que esse eu vou deixar passar, já que não tenho muito interesse em narrativas que só pegam no tranco do meio para o fim.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. OI Ricardo!
    Adorei a capa e a sinopse do livro e pensar que alguém criou seres a partir do chulé é bem engraçado ahhaha Só que eu não leria pelos pontos que você ressaltou na resenha, por ser muito infantil e um pouco cansativo no começo, sem aventura ou emoção.
    Beijos

    LuMartinho

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras