O Beijo da Sombras - Richelle Mead

11/03/2013


A sinopse do livro dizia o seguinte:
Lissa Dragomir é uma adolescente especial, por várias razões: ela é a princesa de uma família real muito importante na sociedade de vampiros conhecidos como Moroi. Por causa desse status, Lissa atrai a amizade dos alunos Moroi mais populares na escola em que estuda, a São Vladimir. Sua melhor amiga, no entanto, não carrega consigo o mesmo prestígio: meio vampira, meio humana, Rose Hathaway é uma Dampira cuja missão é se tornar uma guardiã e proteger Lissa dos Strigoi - os poderosos vampiros que se corromperam e precisam do sangue Moroi para manter sua imortalidade.
Pressentindo que algo muito ruim vai acontecer com Lissa se continuarem na São Vladimir, Rose decide que elas devem fugir dali e viver escondidas entre os humanos. O risco de um ataque dos Strigoi é maior, mas elas passam dois anos assim, aparentemente a salvo, até finalmente serem capturadas e trazidas de volta pelos guardiões da escola. 
 
Mas isso é só o começo. Em O beijo das sombras, Lissa e Rose retomam não apenas a rotina de estudos na São Vladimir como também o convívio com a fútil hierarquia estudantil, dividida entre aqueles que pertencem e os que não pertencem às famílias reais de vampiros. São obrigadas a relembrar as causas de sua fuga e a enfrentar suas temíveis consequências. E, quem sabe, poderão encontrar um par romântico aqui e outro ali. Mais importante, Rose descobre por que Lissa é assim tão especial: que poderes se escondem por trás de seu doce e inocente olhar?

Richelle Mead dá uma nova face à literatura vampiresca com este romance: mais ácida, apimentada e inteligente do que nunca, a saga dos Moroi e seus guardiões surpreende pelas reviravoltas e pela ousadia desses cativantes personagens.

Antes de iniciar minha apreciação deste livro, preciso esclarecer que existem duas capas oficiais no Brasil, por isso coloquei as duas. Gosto muito da capa com o Vitral, acho esteticamente mais bonita, até porque capas que tem pessoas ou rostos, tendem a influenciar minha criatividade quando começo a construir em minha cabeça o mundo e as personagens que estou lendo. Eu tenho a capa com a cara da mulher.

Quando comprei o livro, não estava com muitas expectativas sobre a história, afinal existem tantos livros publicados com essa temática sobrenatural...

Sim mais uma saga de vampiros. Envolvendo luta do bem contra o mal. Até aí tudo bem.

Resolvi ler o livro para ver qual seria o diferencial que a autora Richelle Mead. Logo de começo ela apresenta uma história em aceleração máxima, sem engatar a primeira marcha... Tudo é rápido. A impressão que dá é que pegamos o livro errado, ou que está faltando alguma coisa, mas isso é só uma impressão porque logo as informações começam a aparecer e tudo vai ganhando sentido. Rose é a melhor amiga e futura guardiã da última descendente da família real dos Dragomir, Lissa. Até aí tudo bem, mas o vínculo entre elas não é somente esse, existe mais coisa por trás disso...

Nesse universo criado por Mead, os Vampiros Moroi estudam em uma escola especialmente feita para eles desenvolverem suas habilidades especiais e onde os Dampiros – que são os guardiões dos vampiros – estudam também para ficarem fortes e deterem as técnicas necessárias para matar os Strigois - que são os inimigos naturais do Vampiros Moroi. Logicamente não vou, nesta resenha, explicar certinho quem é quem para deixar vocês com mais vontade de ler, até porque são tantas as referências que aautora nos apresenta que a graça mesmo é você acompanhar passo a passo e descobrir por si só.

Uma trama bastante intensa, cheia de mistérios e poderes do início ao fim do livro. Revelações. Lutas. Ação. E claro um bom romance no meio disso tudo para dar um colorido a mais. Mas o romance não é aquela coisa melosa e cheia de beijinhos e carinhos e juras eternas de amor.

Mead escreve muito bem esse primeiro livro da saga Academia de Vampiros, de forma fluente, com lacunas, preenchidas pouco a pouco fazendo com que o leitor seja um personagem ativo da trama, provocando-o a pensar e repensar as coisas que acontecem. Uma leitura gostosa e cheia de informações e novas possibilidades de história sobrenatural. Fica quase impossível você parar de ler!


Ansiando por um sopro de vida, por algo que realmente me complete, me livro de superficialidades que por hora me mantem... Ao tirar a máscara me percebo como sou... puro, simples... 'Pequeno'

Que tal conferir também...

16 comentários

  1. A história parece interessante, parece realmente que a drama e descobrir como é a vida da escola de vampiros e tudo mais...
    mas acho que minha cota de saga de vampiros já esgotou...rsrs

    ResponderExcluir
  2. Apesar de ter adorado sua resenha, não fiquei curiosa para ler o livro. Há tantos livros de vampiros hoje em dia que to até cansada de ouvir falar. OPSAKOPASOPASK'

    http://livrinhoseeu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Gosto dessa série, mas esse não fui muito com a cara. Serviu pra colocar a base da casa, assim digamos, porque história mesmo eu não senti muito...foi mais um prólogo para os outros, sei lá... A série é uma delícia, do segundo pra frente eu adorei.

    ResponderExcluir
  4. Uma série que ainda preciso terminar de ler, sua resenha me deixou com aquele ar de lembrança, faz tempo que li esse livro, qualquer dia vou concluir a leitura dos demais, li apenas os dois primeiros ;)

    Bjs

    Da Imaginação a Escrita

    ResponderExcluir
  5. Já li algumas resenhas desse livro e estou bem ansiosa pra comprar logo, e provavelmente será uma das minhas próximas compras!

    ResponderExcluir
  6. Outro livro que tenho a série inteira e ainda não peguei para ler. Eu queria que o sexto saísse logo, porque assim eu leria os seis numa tacada só, como li A Mediadora. Se esse tal de Dimitri foi tudo isso mesmo, vou ter que ler de qualquer jeito... kkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. Eu gosto bastante dessa série e já li todos os que foram lançados por aqui. Agora estou na expectativa do lançamento do último volume, que está demorando tanto. Gosto do enredo e gosto dos personagens e acho que a história melhorou a cada livro.

    ResponderExcluir
  8. Não sei porque, mas esse livro não me interessa muito asuhuash

    beeijo!

    ResponderExcluir
  9. Também acho a capa do vitral - a primeira que chegou ao Brasil, se não me engano - mais bonita. Mas como comprei na promoção, não dava pra escolher SHUSHUAH.
    Sinceramente, comecei a ler mas a leitura não me prendeu tanto a atenção. Acho que, o que estragou o encanto foi ter conhecido a súcubo Georgina e devorado seu livro antes. Sinceramente, adooooooro essa série, e vou sim ler AV mas.... fica aqui meu voto positivo pra Georgina *-*
    Acho que não cheguei a ler até a 'parte mais interessante' e estava realmente envolvida pela outra saga da autora. Assim que possível vou ver se retorno a leitura.

    http://thetheatredesvampires.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Gente mais uma série de vampiros!
    Não conheço a escrita da Richelle Mead, mas já li alguns elogios pela blogosfera.
    A capa do vitral é menos clichê...

    ResponderExcluir
  11. Não conheço a autora e não curto vampiros... não os modernos, gosto dos antigos mesmo, aqueles que causavam horror. Não consigo me envolver em histórias de seres fantásticos, fantasia, magia, tudo que foge à realidade. Fico com os dramas românticos, os psicológicos e os bons e convincentes policiais.

    ResponderExcluir
  12. Oiee
    Quando li esse livro gostei muito, apesar de vampiros estarem um pouco clichê demais na época, por causa de Crepúsculo e tals.
    Louca pra o segundo livro.
    MilkMilks
    DM
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Eu adoro esta serie, e tenha a capa da janela e também prefiro quando não traz o rosto de um personagem isto tira de nós leitores o direito de imaginar nosso personagem,
    e a serie só vai melhorando com o passar dos livro, beijos.

    ResponderExcluir
  14. Faz tempo que quero ler essa série, todos falam muito bem dela. Só estou esperando a oportunidade aparecer. A capa do vitral é mais bonita e mais difícil de encontrar.

    ResponderExcluir
  15. Faz um bom tempo que não leio livros com vampiros, pois acho que estava rolando uma sobrecarga de romances vampirescos por aí. Rsrsrs
    Pelo menos o interessante desse livro é que a autora tem uma narrativa mais frenética, e isso já ganha pontos positivos comigo. Não sei se lerei, mas a dica está anotada.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  16. Como não amar VA? Estou torcendo para que a adaptção do filme dê certo, se contar pelos atores já tem 50% de chance. Uma pena a Agir ficar de palhaçada e não publicar o último volume. Editora odiosa.

    Érica Martins
    Espiral dos Sonhos

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras