Paraíso [Sexto Sentido 1] – Harlequin Fuego!

18/03/2013

PARAISOMonique Vicknair tem um segredo: ela é uma médium dedicada a ajudar os espíritos a passar para o outro lado. Infelizmente, Monique tem estado tão ocupada com o mundo etéreo que se descuidou de sua vida terrena. E isso já tem um booom tempo... Ao encontrar o falecido, porém sexy. Ryan Chappelle, Monique tem a chance de unir o útil ao agradável. Ela poderá continuar seu trabalho como médium... desde que Ryan a ajude a aproveitar um pouco mais a vida... mesmo sendo um fantasma! Ryan conhece bem os prazeres do corpo feminino, e isso não mudou com sua morte. Mas ele quer Monique como jamais desejou qualquer mulher. E se recusa a partir deste mundo enquanto não fizer amor com ela. Se Ryan tiver de infringir todas as leis do céu e da terra para isso acontecer, ele enfrentará as consequências... uma de cada vez...

Eu estava esses dias procurando alguns romances no sebo quando me deparei com esse livro. Li a sinopse e pensei ‘porque não"’? Domingo, sem saber direito o que escolher para ler, acabo novamente com Paraíso nas mãos e decidi que seria esta minha leitura.

Não é segredo para ninguém que gosto de romances e quando eles trazem junto o fator “místico-sobrenatural” me encanta ainda mais. Não li muita coisa de fantasmas, mas não me arrependi da escolha.

"(...) tive um dia de cão e estou exausta, vou para a cama.
- Quer companhia? - ele perguntou. - Tenho certeza de que posso pensar em algo para lhe ajudar a relaxar. Você parece estressada. Pretende sonhar, Monique?
- Nem pense nisso - ela avisou.
- Ah, vou pensar sim - ele disse. E você também vai. Se mudar de ideia, basta dizer meu nome. E eu virei. E você vai chegar lá. Garanto." (pág. 50)

Ryan é um cara fantasma bonito e super sexy. Seguro de si, ele sabe como encantar uma mulher. Duas coisas me chamaram a atenção nele, seu bom humor e sua educação com sotaque sulista. Ok, eu não conheço bem o sotaque do sul dos EUA, mas sou apaixonada por homens com sotaque – e nunca pensei que fosse achar fofo o termo ‘senhora’.

Monique já nas primeiras páginas é descrita como a mais fogosa dos Vicknair. Ela não é muito fã do legado da família, porém cumpre seu papel – e não só por causa das dores que sente se não responder prontamente quando é chamada. Bem diferente da maioria das mocinhas, a única ‘neura’ de Monique é seu período de abstinência… Faz um bom tempo em que os responsáveis pelos seus orgasmos são seus amigos vibradores.

"- A ponta de uma gota de chuva - ele disse - foi a última coisa que senti antes de morrer.
(...)
- Deixe que seja eu desta vez. Quero ser a última coisa que você vai sentir antes de fazer a passagem." (pág. 169)

E é nesse ponto em que Monique recebe Ryan como ‘seu trabalho’. A atração é imediata. Ryan sabia como agradar uma mulher enquanto estava vivo e em seu período no ‘meio-termo’, mesmo sem tocar em nenhuma mulher ele não perdeu a prática (adorei a ideia da autora para essa parte!). Ele é tudo o que Monique estava querendo e precisando. O problema é que uma das regras da família é que os médiuns não podem de forma alguma tocar um fantasma. E eu nunca imaginei que uma cena de sexo telepático pudesse ser tão sexy.

Embora não queira se afastar de Ryan, Monique sabe que seu objetivo maior é ajudá-lo a fazer a passagem. Para isso, Ryan precisa aprender a amar… Não é mistério nenhum para onde a história vai caminhar, porém as escolhas da autora foram bem pensadas e a narrativa encanta.

"- Eu não podia ficar - ele disse, levando uma das mãos à borda da camisola cor de esmeralda. O calor daqueles dedos a fez estremecer de desejo. - Eu estava a ponto de fazer tudo com você ali mesmo, mas não podia. Eu não queria fazer nada que ferisse você ou sua família. Você ia me deixar fazer, e eu não teria conseguido dizer 'não'. Então fiz a única coisa que pude... Fui embora." (pág. 157)

Eu gostei do livro. Uma história leve onde o tema médium e fantasma me lembrou muito o clima da série Ghost Whisperer. Um romance que não tem muitas probabilidades de ser mais do que sexo, porém que faz com que você torça para que o casal fique junto. E mesmo com alguns pontos repetidos quase ao ponto de ficar cansativo demais, foi impossível não terminar o livro emocionada e encantada com o final feliz. É o típico livro para fazer uma tarde fria ganhar muitas cores. Recomendo!

Lica

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

13 comentários

  1. Caraca, agora sou obrigada a ler. Eu tenho ele aqui em casa já faz um tempão, mas nunca li, achando que era bobo demais. Vou ler hoje a noite.

    ResponderExcluir
  2. Nunca li um romance de banca sobrenatural. E tenho de dizer que adorei a temática e mais ainda a resenha, adoro esses quotes.
    De fantasmas sou apaixonada pelo Jesse de A Mediadora. =)
    Vou procurar este para ler.

    ResponderExcluir
  3. Gente, que coisa de livro hein? HSUHSAUH eróticos não são bem o meu tipo, mas, quem sabe, um sobrenatural? Por enquanto li apenas a série - estou lendo, porque não li todos - Georgina Kincaid.
    Talvez esse entre na listinha (:

    http://thetheatredesvampires.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Bom esse heim? Não costumo ler muitos livros dessa editora, mas os que li até gostei. Achei esse bem bacana.

    ResponderExcluir
  5. Não sou fã dos livros de banca, dificilmente leio, mais eles sempre tem um ar de nostalgia pra mim..rsrs
    mais nunca vi nenhum com este tema... gostei!

    ResponderExcluir
  6. Eu amo ler um romance de banca mais gosto dos históricos, eles me ganham, quando tem fatores sobrenaturais eu não gosto..o que é contraditorio ja que adoro um livro sobrenatural..vai entender rs, beijos.

    ResponderExcluir
  7. muito diferente do que já vi, esse livro asuhaus parece bem interessante!

    ResponderExcluir
  8. Que temática interessante! Pena que deve ser um livro difícil encontrar.

    ResponderExcluir
  9. Genteeeee, que livro é esse? Eu ri, perdão...
    Adorei a temática espiritual, adoro essa comunicação entre os dois mundos, mas só quando a coisa é séria. Não curti. Misturou dois assuntos bons para explorar, mas acho que acabou por se exceder.

    ResponderExcluir
  10. Gostei da ideia da história e fiquei curiosa para saber como isso se desenrola, apesar de que, como você já colocou, não passa muito de sexo. Mas não posso deixar de admitir que o enredo me deixou curiosa.

    ResponderExcluir
  11. Esse é o problema da maioria dos livros de banca, não passam de sexo!

    ResponderExcluir
  12. Não sou muito fã de romances de banca, mas posso dizer que esse me deixou bem curioso pra ler. Achei essa ideia de médiuns e fantasmas "viverem" um romance bem interessante. Que sabe se um dia o lerei, né?!?!

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  13. Ai, muito fofo, romance de banca sempre me agrada. O final feliz sempre vem e agente fica flutuando. O ruim é que agora vou ficar me roendo pra encontrar esse livro em algum lugar por aqui perto de casa, o que não vai se nada fácil!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras