Um certo verão – David Baldacci

15/05/2013

Um-Certo-Verão

Diagnosticado com uma doença terminal, Jack passa seus últimos dias se despedindo da esposa Lizzie e de seus três filhos. Inesperadamente, uma nova tragédia se abate sobre a família: Lizzie sofre um acidente de carro e morre. Com isso, as crianças são obrigadas a morar com outros parentes. Quando tudo parecia perdido, Jack se cura e reencontra seus filhos. Num verão inesquecível, ele luta para reconstruir a família e reaprende a amar.

        

 

“As vezes viver era mais difícil que morrer, pensou.”

Confesso que não sei exatamente o que na sinopse do livro me fez querer lê-lo. Talvez tenha sido a capa, mas não estou bem certa. Foi um tanto estranho colocar ele na lista de leituras e até enrolei um pouco para iniciar a leitura. Até que na semana passada resolvi levar ele para o trabalho comigo e iniciar a leitura em meu horário de almoço. O resultado? Os quatro livros começados continuam inacabados e este eu li em dois dias!

Embora não tenha me envolvido logo de cara com a história, adorei a narrativa de David Baldacci. Fluindo de forma muito rápida fiquei impressionada com a quantidade que havia lido no meu intervalo e não via a hora de chegar em casa para saber o que viria a seguir.

"Porque a vida não é assim. Você pode tentar ser perfeito, pode cumprir seus compromissos, corresponder as espectativas que as pessoas têm de você e, mesmo assim, não obter os resultados que cosideraria justos. A vida é uma loucura, irrita e muitas vezes não faz sentido."

Jack demorou um pouco para me conquistar e acho que ele só conseguiu depois que foi para o “Palácio”. Minha personagem favorita com certeza foi Mikki, achei-a completa. Baldacci conseguiu fazer uma garota de 16 anos revoltada e um pouco imatura, porém responsável e fascinante.

“- Eu conserto coisas. É isso que faço na vida.
- Algumas coisas não podem ser consertadas com martelo e prego.”

Os personagens secundários também tem seu espaço e fazem com que a gente tenha todos os sentimentos. Vale citar Jenna e Sammy, que cada um a seu modo, são o tipo de amigos que gostaria de encontrar em meu caminho. O que mais gostei foi o fato de a história não ficar somente focada na doença/recuperação de Jack ou no acidente de Lizzie. Foi bom ver que a narrativa caminha assim como a vida, um dia de cada vez com um problema/solução de cada vez.

"Lizzie e Jack tinham sido feitos um para o outro, para ficarem juntos para sempre. Só que as vezes a vida não é como deveria. As coisas são como são e ponto. Por mais difícil q seja, é preciso aceitar este fato."


O romance é lindo e os vários tipos de amor encantam sem ser melados e açucarados demais. Mesmo gostando de alguns floreios de vez em quando, adorei o fato de Um certo verão ter uma narrativas mais direta, principalmente porque ele não perdeu o toque emocionante. É um livro que me agradou muito e me deixou curiosa para ler os demais livros Licado autor.

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

10 comentários

  1. Oi Lica.
    Adorei esta capa, foi a primeira coisa que me chamou atenção. E a sinopse apesar de dar a ideia de um grande drama, me chamou atenção pela questão da reviravolta.
    Eu gostei muito dos quotes que vc escolheu.
    Sempre bom encontrar um livro que nos faz devorá-lo o quanto antes.
    Adorei a resenha e a dica.
    Bj

    ResponderExcluir
  2. Ainda estou na duvida entre querer ou não ler o livro..rsrs Mas acho que esta reviravolta na vida de Jack é que deve tornar a história mais emocionante.
    Achei bem marcante a o quote "As vezes viver era mais difícil que morrer, pensou"... Acho que deve retratar bem o que foi esse reviravolta na vida de Jack.

    ResponderExcluir
  3. É bem bom esse livro não? Eu gostei dele mas ainda não consegui ler. Muito lindo mesmo.

    ResponderExcluir
  4. É tão bom sentir essa sensação de surpresa positiva, né?!?! O que antes era dúvida, tornou-se uma ótima leitura. Não sei se leria esse livro, mas essa resenha me fez vê-lo com outros olhos. Quem sabe algum dia.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  5. 'Um certo verão' me deixou interessada desde o seu lançamento. Gostei da capa e achei a sinopse interessante.
    Já tinha lidos comentários positivos da escrita do autor.
    Estou curiosa, ;)

    ResponderExcluir
  6. Eu to doida pra ler esse livro. Tenho visto resenhas mt boas sobre ele e to bem curiosa =D Deve ser um livro nem emocionante.

    beijos
    Kel
    porumaboaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Se eu tivesse alguma dúvida se o livro entraria ou não na minha lista de leituras você me convenceu quando diz que tem vários tipos de amor sem ser melados. Gosto de um romance, mas as vezes açúcar demais enjoa, não é?
    Fiquei curiosa e quero muito ler!!!

    ResponderExcluir
  8. É muito bom quando as vezes não damos nada pelo livro e ele nos surpreende né?!
    Gosto muito de romances, na verdade são os meus preferidos.
    Bjokass

    ResponderExcluir
  9. Oi, adorei essa capa, sua resenha ficou otima, parece que o livro é bem emocionante até mesmo triste, imagino o quanto vou chorar quando eu ler.

    ResponderExcluir
  10. Não li nada desse autor ainda, mas lendo a sinopse pela primeira vez, eu gostei da historia, depois li várias resenhas, e nenhuma foi negativa, voce diz que a narrativa dele é direta sem deixar de ser emocionante, acho que foi ai que o autor ganhou o leitor, sem muito mimimi ele conseguiu passar toda a emoção que existe na historia, adorei sua resenha, fiquei mais entusiasmada por essa leitura! Bjão!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras