A Sabedoria do Condado - Noble Smith

19/05/2013

Olá galera do Sael!

Fiquei pensando em como colocar em palavras o que este livro traz. Vamos ver se consigo...


Sinopse: Um guia do Hobbit para a vida de milhões de fãs do J.R.R. Tolkien.

Smith mostra que uma toca-hobbit é, na verdade, um estado de espírito e como até as menores pessoas podem ter o valor de um Cavaleiro de Rohan. Ele explora assuntos importantes para os hobbits, como cerveja, comida e amizade, mas também assuntos mais sérios, como coragem, vida em harmonia com a natureza e bem versus mal. 

Como prazeres simples como jardinagem, longas caminhadas e refeições deliciosas com amigos podem fazer você significativamente mais feliz? Por que o ato de dar presentes no seu aniversário em vez de recebê-los é uma ideia tão revolucionária? E como podemos carregar nosso próprio “anel mágico” sem sermos devorados por ele?



A Sabedoria do Condado tem a resposta para essas perguntas.
(Esta sinopse é da Editora Novo Conceito, não é a mesma da contra capa do livro!)

Um livro muito esperado por mim, principalmente porque ele está categorizado como ficção/fantasia. Ele estava me esperando busca-lo na casa da Lica a um tempão e eu não conseguia ir até lá. Até que eu o peguei, junto com outros 9 livros que ela me emprestou e abri para ler na viajem, ainda dentro carro. Pra vocês terem uma ideia de como ele é fino e rápido de ler, de Blumenau até Curitiba de carro são quase 3h. Antes mesmo de chegar em casa e com apenas uma paradinha no caminho para um café, eu terminei de ler.  E o que aprendi? Que sou um Hobbit! rs



Bem, é bastante difícil para mim, fã dos livros de J.R.R.Tolkien, falar de auto ajuda com o tema dos pequeninos Hobbits, mas vamos lá.

O sr. Smith é um fã de Senhor dos Anéis que teve uma ideia brilhante ao trazer o mundo de Tolkien pra bem perto do nosso, fazendo comparações e  usando algumas passagens dos livros. Muito esperto! E escreve muito bem. Pra quem se sente um pouco fora dos padrões como eu, me pegou em cheio! hehehe...

Apreciar uma boa refeição com os amigos ou familiares, desacelerar a rotina para perceber o que está a nossa volta, aproveitar um dia de sol para um passeio em algum parque, decorar a casa com objetos conforme o que realmente gostamos e não o que a moda mobiliária dita, ouvir músicas e cantar, são algumas das coisas que ele apresenta em seu livro para nós. Nota-se que isso não é novidade dentro do ramo de auto-ajuda, mas é feito de maneira muito gostosa usando as personagens dos livros de Tolkien...

Digo uma coisa pra vocês, quem nunca leu os livros Senhor dos Anéis, ou qualquer outro de Tolkien e se jamais assistiu nenhum dos filmes não ficará perdido nenhum segundo. O livro A Sabedoria do Condado é um spoiler completo de toda a literatura sobre a Terra Média!!! O que pode ser um ponto negativo se houver interesse em começar a ler Tolkien, pois está tudo esmagado, mastigado, temperado e reaquecido! 

Se estiverem buscando algumas palavras de auxílio, ou ainda, se estiver querendo um resumo super completo da saga do Senhor dos Anéis, leia-o. É perfeito para as duas situações. 

Merece um dez pela ideia e outro pela perfeita execução. Não é todo dia que alguém tenta escrever um livro sobre literaturas de sucesso e obtém um bom resultado...

É isso pessoal! Aproveitem a dica e até a próxima!




Que tal conferir também...

9 comentários

  1. Oh nossa, jamais suspeitei que fosse auto-ajuda.
    Não li Tolkien, mas vi o primeiro filme e gostei, creio que seria uma boa leitura, a capa sei que me encantou. =)
    Bem fininho mesmo para ser lido em três horas. Deve ter ajudado a leitura fácil.
    Bom mesmo ver que não deixou a desejar.

    ResponderExcluir
  2. Ai.. estou meio nunca fase de fuga de livros de tema de ficção e de fantasia.
    Estou querendo coisas mais reais.
    aliás tem tempo que não leio nada deste tipo, mas achei interessante que mesmo sem ter lido a saga do senhor dos anéis (vi apenas o primeiro filme..rs) eu conseguiria entender este livro.

    ResponderExcluir
  3. Quem não conhece essas histórias não é? Gostei desse livro por pegar essas coisas de Tolkien, é sempre gostoso de ler.

    ResponderExcluir
  4. Desde que esse livro foi lançado fiquei com vontade de lê-lo. Fiquei até surpreso quando soube que ele era uma espécie de auto-ajuda, pois jamais iria imaginar que algum autor iria ter a ideia de usar uma trama de fantasia, e transforma-la em auto-ajuda. Acho que vale a pena ser lido pela ousadia.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  5. É o típico livro para os fãs da série e do autor.
    Achei legal essa iniciativa e os fãs devem ter amado essa obra, :)

    ResponderExcluir
  6. Vou confessar uma coisa aqui agora que quem le vai achar uma heresia huahuahuahua mas eu não gosto de Senhor dos Anéis nem do Hobbit! huahuahuahua então acho que ese livro não seria pra mim =P

    beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi Kel...
    Estamos juntas nessa!!!!
    Eu (Lica) também não gosto... Até tentei assistir aos filmes e acabei dormindo...hahahhaah
    Nesse ponto é bom que eu e a Gi temos o gosto de leitura um tanto diferente, assim as resenhas ficam diversificadas por aqui =)

    Beijinhos
    Lica

    ResponderExcluir
  8. Bom, esse livro não faz muito meu estilo de leitura, mas acho que é porque não li Hobbit, mas acho que os fãs vão adorar o livro!

    ResponderExcluir
  9. Não sou a maior fã de Senhor dos Anéis - mas gosto da história e fiquei curiosa com esse livro também, mas eu não entendi uma coisa:
    Você diz que o livro é categorizado como fantasia-ficção e depois diz que é auto ajuda, é mais qual dos dois?

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras