Escritor do Mês: Stephen King #1

12/07/2011

Mais um escritor para a nossa coluna mensal…

O escritor desse mês é alguém bastante conhecido, amado e odiado que infelizmente eu ainda não tive o prazer de ler.

Banner sk

Vocês devem estar se perguntando “mas se você não leu King como você vai falar dele?” Bom, porque não é de hoje que o mundo criado por Stephen King tenta me seduzir. Já vi alguns filmes baseados em suas obras e sou apaixonada por uma série que foi baseada em um de seus livros. Se é assim, porque eu ainda não li nada? Bem… É simples, eu morro de medo. Sério! Nunca consegui assistir '”O Iluminado” porque vi uma propaganda do filme e por muitos dias o rosto do Jack Nicholson na porta me fez ter pesadelos. E como já li muitos comentários de que os livros dele são realmente assustadores fui deixando passar as oportunidades…

Eu não tenho certeza quanto a Simone (nunca perguntei para ela se ela gosta), mas a Gi gosta muito dele, então aqui estou para começar a falar sobre ele e logo a Gi me ajudará com os posts. A Suma de Letras está lançando esse mês o livro Ao cair da Noite (uma coletânea de contos que eu já falei aqui no blog) e eu ganhei no Facebook um livro dele. Esses dois fatores me fizeram pensar que seria uma boa trazer Stephen King para esta coluna.

O bom do “tio Steph” (olha como eu pego intimidade fácil) é que iremos entrar em uma parte que os outros dois escritores ainda não tinham, que são filmes baseados em suas obras (o da Cassandra não conta já que ainda não está pronto…rs). Além de filmes, há também séries de TVs, que foram inspiradas ou com roteiro escrito por ele, mas isso é assunto para outro post…

Seu talento se destaca no terror/horror, porém escreveu algumas obras fora desse gênero. Obras estas que se tornaram mais populares ao serem levadas ao cinema. Como eu disse antes, os filmes são um assunto futuro, porém a maioria já deve ter assistido filmes como À espera de um milagre (The Green Mile com Tom Hanks) e Um sonho de liberdade (The Shawshank Redemption com Morgan Freeman) sem nem saber que estes foram baseados em obras do King.

Biografia

 

July-4-1952Nascido em Portland (EUA) em 21 de setembro de 1947, Stephen Edwin King é reconhecido como um dos mais notáveis escritores de ficção do gênero “terror fantástico”. Com livros publicados em mais de 40 países, muitas de suas obras foram adaptadas para o cinema.

Com uma infância não muito fácil (aos dois anos foi abandonado pelo pai e sua mãe criou sozinha ele e seu irmão adotivo David) onde muitas vezes passaram por graves dificuldades financeiras e algumas mudanças. Além disso, ainda criança testemunhou a morte de um amigo em um acidente terrível (um de seus amigos ficou preso em uma ferrovia e foi atropelado por um trem). Há quem comente que esta experiência inspirou seu lado negro, mas o próprio King descarta essa ideia.

Leitor fanático de quadrinhos, na escola escrevia sobre os filmes que assistia e com a ajuda de seu irmão David, copiava e vendia para os amigos. Nesta época seus professores o desaprovaram e o forçaram a parar.

SK-college

 

Com 19 anos (em 1966) estudou na Universidade do Maine onde escrevia uma coluna para o jornal estudantil intitulada "King's Garbage Truck" (em português “*Caminhão de lixo do Rei”). Foi na universidade que conheceu Tabitha Spruce, com que se casou em janeiro de 1971. O período que passou no campus influenciou muito suas histórias e os trabalhos que aceitava para poder pagar os estudos inspiraram histórias como "The Mangler" (*O Calandreiro) e o romance "Roadwork" (*estrada em obras) que publicou com o pseudônimo de Richard Bachman.

 

Mesmo formado e habilitado para trabalhar como professor, Stephen não conseguiu um emprego na área logo. Nesse período, trabalhou como operário e ocasionalmente vendia pequenas histórias para revistas masculinas. Sua primeira venda profissional foi para a revista Mystery Stories Startling, em 1967, com o nome “The Glass Floor” (*o piso de vidro).

No final de 1971, começou a dar aulas na escola pública de Hampden, no Maine. Nesta fase, escrevia somente a noite ou nos finais de semana. Ao longo dos primeiros anos de casamento, Stephen continuou a vender histórias para revistas, que anos mais tarde foram reunidas no livro Night Shift (*Turno da Noite) ou apareceram em outras coleções. Uma das suas primeiras ideias de romance foi sobre uma garota jovem com poderes psíquicos. Acontece que King descartou a ideia e foi sua esposa que retirou os rascunhos do lixo e o encorajou a terminar de escrever sobre isso. Quando terminou, deu o nome de Carrie (no Brasil publicado com o nome Carrie – a estranha) e mandou para a editora Doubleday que pagou 2.500 dólares adiantados. O valor não foi muito alto, mesmo para a época (1974) e foram os direitos autorais que fizeram com que posteriormente ele recebesse 400 mil dólares (só com este livro).

Stephen admitiu que essa época ele teve problemas com bebida. Alcoólatra até por volta de 1980, foi com intervenção da família e dos amigos que conseguiu “se limpar” e se mantém sóbrio até hoje. Jack Torrance, personagem de The Shining (no Brasil O Iluminado) foi baseado no próprio escritor.

SKing-1993

 

Stephen e Tabitha tem três filhos, Naomi Rachel, Joe Hill e Owen Phillip, e quatro netos. Ele e sua esposa fornecem bolsas de estudos para estudantes do Ensino Médio, além de contribuir para muitas instituições de caridade locais e nacionais.

 

 

 

Nosso escritor do mês tem 67 livros publicados nos Estados Unidos, sendo 38 de ficção, 20065 de não ficção, 9 de contos, 7 da série Torre Negra e 8 publicados com o pseudônimo de Richard Bachman. No próximo post vou falar sobre os livros publicados aqui no Brasil antes de partirmos para as adaptações de filmes/séries.

 

 

Obs.: Os nomes das obras com * são a tradução de seus títulos originais e não seus nomes de publicação.

 

Fontes

Wikipédia

Site Oficiallicavargas ass444

 

 

***Só lembrando que a Coluna Escritor do Mês vai ao ar todos os sábados. Sábado que vem tem a parte 2…

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

7 comentários

  1. Adorei a escolha!!! Já li alguns livros e já assisti muitos filmes baseados nos livros dele!

    ResponderExcluir
  2. Nunca li um livro dele ,confesso, mas vontade é o que não falta,gosto de terror prefiro ler do que assistir. E nem fazia idéia que A Espera de um Milagre era baseado em algum livro kkkk

    ResponderExcluir
  3. Nunca li os livros dele por medo tbm ... minha Tia é APAIXONADA por ele ... já tentou me convencer de todas as maneiras possiveis ler pelo menos um livro ... mais ainda to resistente ... quem sabe depois desse mês eu não crio coragem

    ResponderExcluir
  4. Para quem gosta de algo mais leve A Espera de Um Milagre é um bom começo... Carrie A Estranha tb...

    ResponderExcluir
  5. Oi,

    Nossa, amei a escolha. *-*
    Quer dizer, mesmo tendo lido só "O Iluminado" (e, você tem razão, é assustador) foi um dos livros de terror mais convincentes que já vi.
    Amei saber mais sobre ele, acheiq ue ele teve uma vida bem interessante ^^
    Vou esperar a continuação o/

    Também não sabia que "A espera de um milagre" foi baseado em um livro dele =S

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir
  6. Marcia Nascimento19 de julho de 2011 01:57

    Já assisti vários filmes baseados em obras do King, mas nunca li um de seus livros D:

    @BobbyDupeaGirl

    ResponderExcluir
  7. Então somos duas que ainda não leram...mas tenho vontade...
    Muito legal essa coluna, pois nos mostra muito da vida do escritor...coisas que normalmente não sabemos, ou não procuramos saber...

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras