Troco o Príncipe Encantado pelo Lobo Mau – Opiniões

13/07/2011

Nova Imagem (7)Contra-Capa

A mensagem deste livro é clara: só seremos felizes no amor quando abandonarmos o arquétipo da princesa e aprendemos a correr atrás de nossos desejos.

Com clareza e humor, a jornalista Raquel Sánchez Silva mostra como a mulher moderna continua refém de mitos da época dos contos de fadas e o que podemos fazer para reverter esse quadro perverso.

O primeiro passo? Descartar os sapatinhos de cristal, trocar o espelho que só fala a verdade por um menos cruel, mandar o príncipe passear e se atracar com o lobo mau. Lembre-se: enquanto as princesas dormem, as bruxas voam.

 

Minhas Opiniões

Eu já comentei aqui no blog que estava com muita vontade de ler este livro. Não sei dizer ao certo se foi a capa, se foram as frases de divulgação ou se foi o fato de prometer falar sobre os contos de fadas de uma maneira diferente… Não sei o que me seduziu para ler o livro, mas queria muito e fiquei muito feliz em ganhar o mesmo em uma promoção da Editora Fontanar.

Esse é o segundo livro de auto-ajuda que leio esse ano. Sou aquele tipo de leitora que não olha muito rótulos… Sou apaixonada por literatura fantástica mas leio qualquer tipo de livro que pare nas minhas mãos. E este foi uma surpresa em vários sentidos.

Se o livro é bom? Se o livro é ruim? Bem…

Confesso que esperava mais do livro. Minhas expectativas estavam lá no teto e eu sei que não deveria começar a ler livros assim pois a chance de se decepcionar sempre são proporcionais as expectativas e por este motivo fiquei um pouco decepcionada.

Em determinadas partes a narrativa me pareceu estranhamente confusa, fazendo com que algumas vezes eu tivesse que voltar ao inicio do parágrafo, da folha ou até mesmo do capítulo. Tive momentos de parar e me perguntar “mas cadê os contos de fadas?”, “cadê as referencias aos clássicos?”. Se você é daquelas que acredita no conto da Cinderela, se acha que está tudo certo com a história da Branca de Neve ou gostaria mesmo de viver na Terra do Nunca, você vai demorar para entender a relação que a Raquel faz nesse livro.

Agora se você é um tanto parecida comigo que olha os “Contos Clássicos” e pensa “está tudo errado aqui” vai ter momentos em que você vai dar boas risadas. Afinal “Quem gostaria de perder um lindo par de saltos correndo, sem elegância alguma, atrás de uma abóbora ridícula conduzida por um bando de ratos?” (pág. 9) ou então “Quem gostaria de viver sozinha no alto da torre mais alta da cidade?” (pág. 116)

Com exemplos de atitudes e de falas que temos no dia-a-dia o livro vai mostrando coisas que estamos tão acostumadas a pensar e que aprendemos com as histórias de princesas perfeitas que não se incomodam com nada pois sabem que no final vão viver felizes para sempre, mas que quando a história passa para a vida real as peças não são as mesmas e, em nosso mundo, ninguém ficaria limpando a casa durante um ano inteiro por apenas uma ida ao baile e continuar amando as pessoas que tanto mau fazem. (Notaram que eu tenho um certo problema com a Cinderela, né?)

Como eu comentei em uma conversa no msn, sou a rainha do contra e nunca acreditei muito em princesas e príncipes encantados (ate porque todos são loiros e eu detesto homem loiro), então ficou fácil ver as relações que a autora fez. Com pouco mais de 100 páginas, a leitura foi bem rápida (levei apenas algumas horas) e recomendo se você quiser dar algumas risadas ou então ver alguns aspectos do dia-a-dia que muitas vezes nos passam desapercebidos. Atenção especial para a Introdução e para o Epílogo, pois estes trazem muitos pontos bom e fazem o livro valer muito mais.

E por fim, usando palavras da Raquel “Não ria de suas previsões ridículas, basta se sentir orgulhosa por não ter medo”. (pág. 66)licavargas ass444

 

ficha troco principe encantado pelo lobo mau

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

8 comentários

  1. Concordo com você na parte que as vezes some a relação com os clássicos ... mais é um livro legal para ler e dar boas risadas ...

    Eu sempre tive uma quedinha por conto de fadas, que fique bem claro que eu tbm não sou fã dos loiros hauhauaua, então fiquei meio =O com o choque de realidade que a Raquel dá. Principalmente quando ela fala que a Fada madrinha pode ter um caso com o principe ... e as "segundas intenções" da Sininho hauhauhauha

    ResponderExcluir
  2. Lica... Gostei do tema que o livro se propoem... Mas o que amei essa frase sua: "nunca acreditei muito em princesas e príncipes encantados (ate porque todos são loiros e eu detesto homem loiro)"

    Hahahaha Tb sou assim e só tem um loiro que amo nessa vida! Eric Northman!!! E de príncepe ele não tem nada! hahaha

    ResponderExcluir
  3. OI.

    é a primeira vez q vejo este livro, mas o titulo me deixou curiosa. Apos conferir a resenha, só posso dizer: EU QUEROO LER TBM.^^

    Adorei o enredo, e realmente, tenho precisado de dar boas risadas. :D

    vlw a indicação. ;)
    bj..

    xau

    ResponderExcluir
  4. Marcia Nascimento19 de julho de 2011 02:07

    Ainda tô em dúvida se leio ou não esse livro... a princípio, me interessei (acho q por causa da capa, sei lá), mas acabei pesquisando um pouco sobre ele e confesso q me desanimei com o q li =(

    @BobbyDupeaGirl

    ResponderExcluir
  5. Hahaha...adorei!!!
    Tá difícil mesmo arranjar um príncipe...o jeito é partir pro lobo mau...rsrsrs

    ResponderExcluir
  6. eu comprei e estou lendo, mais já estou curiosa a casa pagina, é muito bom

    ResponderExcluir
  7. eu entrei aqui para saber sobre o livro pois vi ele hoje e gostei da capa e do titulo que não é muito tradicional mas diferente de vc eu me amarro em loiros mais tudo bem gostei de sua opinião

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras