Dias de Chuva e Tempestade - @EditoraArqueiro

12/07/2012

dias-de-chuva-e-tempestade-nancy-pickardA professora Jody Linder acaba de receber uma terrível notícia: o homem condenado pelo assassinato de seu pai está sendo solto e voltará para a cidade.

Há 23 anos um crime abalou a pacata Rose, uma cidadezinha no interior do Kansas. Hugh-Jay Linder, filho de um rico fazendeiro, foi encontrado morto em casa e sua esposa, Laurie, desapareceu, levantando a suspeita de que ela também teria sido assassinada.

Ex-empregado da família, o vaqueiro Billy Crosby foi imediatamente detido e logo condenado: um vestido sujo com o sangue de Laurie estava dentro da sua picape e o chapéu dele foi encontrado na cena do crime.

Agora o jovem advogado Collin Crosby quer provar que o pai é inocente e que as evidências foram manipuladas por influência da família Linder.

Enquanto Collin espera um novo julgamento para fazer justiça ao pai, Jody precisa confrontar seus tios e avós para descobrir o que realmente aconteceu naquela terrível noite. Para isso, ela será obrigada a remexer em velhos segredos de família e a lidar com consequências imprevisíveis.

Um suspense com pinceladas de poesia e lirismo, Dias de chuva e tempestade captura a essência das pequenas cidades americanas e demonstra a habilidade de Nancy Pickard em criar personagens incrivelmente reais e profundos.

resenha dias de chuva e tempestade

Sabe aquele tipo de livro que você pega para ler e não quer mais largar? Aquele livro que a cada página te faz perguntar “será que é isso mesmo” e “será que estou certa”? Adoro livros assim e me apaixono cada vez mais por livros de suspense.

Dias de Chuva e Tempestade me levou para um condado distante da minha realidade, para uma cidadezinha quase perdida no mapa onde trancar a porta de casa não é necessário e todo mundo conhece todo mundo. A cidade (fictícia?!) de Rose localizada no interior do Kansas/EUA, me lembrou muito a cidade da antiga série Bonanza onde em alguns momentos a fazenda dos Linders me lembrava muito da Ponderosa. Adorei ser transportada para este mundo e fiquei com aquela vontade de conhecer um lugar assim.

"Na sua opinião, não havia nada mais bonito do que uma tempestade de raios se aproximando de Rose através de campos planos e vazios. Ele não trocaria uma visão como aquela por nenhum dos restaurantes de Nova York nem pelos bondes de São Francisco". (pág. 73)

Mas Nancy Pickard não me conquistou somente pelo local que escolheu para ambientar sua história. As personagens me conquistavam a cada página e me fizeram ter várias emoções. Muitos momentos eu não gostava de alguém e já ia julgando-o como culpado para mais a frente perceber que estava errada. Adoro quando as coisas não ficam óbvias de mais.

De acordo com a sinopse já imaginamos que Billy Crosby é inocente e conforme vamos conhecendo os fatos acreditamos cada vez mais nisso. Mas sabe aquelas narrativas que mesmo sabendo os detalhes você ainda acredita nos outros personagens? O comportamento de Billy e as certezas dos Linders fazem com que até imaginamos e notamos que Billy pode mesmo ser inocente, mas a pulga não desapareceu detrás da orelha até metade do livro.

O livro começa no presente, com a descoberta de Jody que Billy foi solto após 23 anos de prisão. Logo depois dessa descoberta, o livro volta para 1986 e conta os acontecimentos dos dias anteriores ao crime. A narrativa fica em um misto de passado e presente mas não me perdi em nenhum momento.

“Coisas desse tipo aconteciam e ela estava ali para mostrar. Portanto, com o passado a provar que o presente não era confiável, a felicidade deixava Jody Linder ansiosa. (…) A felicidade era frágil, preciosa e suspeita.” (pág. 07)

Sempre que leio um livro de suspense fico o tempo todo tentando adivinhar o que vai acontecer em seguida e neste não foi diferente. Fico contente em dizer que algumas coisas que eu imaginava terminaram ocorrendo e muitas se mostraram não ser nada do que esperava. Acho que não me daria bem como detetive, uma vez que desconfiei de dois possíveis assassinos, um deles eu tinha quase certeza, e fui pega de surpresa com a revelação.

Peço desculpas pela resenha vaga sem muitos detalhes, mas contar mais da história seria tirar toda a graça de suas páginas. Porém, fica o convite para você embarcar nesta história envolvente, conhecer as pessoas de Rose e os mistérios e segredos escondidos da família Linder.

Obrigada Arqueiro pelo presente de mais esta leitura incrível e por todo o “carinho e cuidado” que tiveram com a edição. Só para finalizar, gostei muito mais da capa nacional do livro do que da americana. Recomendo (e muito!) a leitura!!!

Beijinhos

Lica

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

16 comentários

  1. Eu li até uma parte do livro, e depois da minhas mudanças aqui em casa eu o perdi de vista, mas realmente li ele durante uma viagem, faltou praticamente as ultimas páginas, e a história é viciante, e com um final bem revelador. Muito bom mesmo

    ResponderExcluir
  2. Oi, bom saber que você gostou desse livro, essa é uma das poucas resenhas que eu encontro na internet relacionadas a ele. Realmente a obra parece ser legal, o enredo é muito interessante, e pelo jeito viciante, como você mesmo disse. Gostei da resenha.

    Abraços
    http://entrepaginasdelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Gostei , adoro esse tipo de livro ...

    ResponderExcluir
  4. Um livro bem ao estilo do que eu gosto. J´anotei o título e vou tentar ler em breve.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  5. Esse livro me conquista a cada resenha, creio que ainda não vi uma negativa.
    Gosto quando surge um culpado que é inocente... kkk.... imagina a revolta de se estar preso a 23 anos sem ter culpa... é para se tornar um culpado!!! kkkk...
    Amo livros que nos confundem e enganam quanto ao desfecho...
    Tenho muito interesse em ler este!!!

    ResponderExcluir
  6. Ah...eu tbém sou como vc..rs fico tentando achar o assassino desde a primeira página. Algumas vezes acerto, outras nem passo perto. Mas é isso que me fascina nos bons livros de suspense, mesmo que tudo esteja obvio, pode acontecer uma reviravolta e não ser nada daquilo né?rs
    Tenho esse livro na minha lista de desejados e agora, depois de sua resenha, a vontade em ler ele logo,só aumentou.
    Achei fascinante tbém ler sobre o cenário que a história se desenvolve, amo os detalhes!
    Resenha perfeita!

    Beijo

    ResponderExcluir
  7. Primeira coisa que me chamou a atenção nesse livro foi o titulo. Amei. A capa tb é interessante. A historia parece ser mesmo otima, com muito suspense. Só me deu mais vontade de ler ainda. Bjkkss

    ResponderExcluir
  8. Eu adorei o título e capa do livro mas estava preocupada se o livro seria bom mesmo ou não... Ultimamente não tenho tido sorte com livros que compro por me encantar com a capa.
    Sua resenha e as citações que colocou me fizeram colocar o livro na lista. Acho que com esse não vou me decepcionar =)

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Estou doida por esse livro e a cada resenha que leio fico com mais vontade de ler... Adoro livros que trazem segredos de familia, acho interessante ver como as vezes por mais que tudo possa correr bem sempre tem uma maçã podre.
    Fiquei aqui pensando em como a autora resolveu a questão do preso inocente... Poxa 23 anos na cadeia por algo que não fez não é pouco. Imagina a revolta...
    Já está na lista!!!! Adorei a resenha...
    Bj

    ResponderExcluir
  10. Eu amo os livros da Arqueiro... São totalmente o meu estilo e esse não foi diferente!
    Adorei a história e assim como você fiquei tentando descobrir as coisas mas errei mais do que acertei e isso me fez gostar muito mais do livro.
    ótima resenha e eu tbm recomendo o livro!!!

    ResponderExcluir
  11. oi,
    Tudo bem?
    Primeira resenha que leio sobre este livro e gostei muito. parece ser uma história muito interressante. E também achei a capa super linda.

    ResponderExcluir
  12. Lendo a sinopse eu pensei,nossa o assassino a solto dps de tanto tempo.O pesadelo de qlq pessoa,ou melhor da família dos assassinados.
    Mas lendo a sua resenha deu para perceber que as coisas não são bem assim.
    Adoro livros de suspense,mas geralmente leio algo mais light,todavia esse livro me intrigou.
    De um lado o filho querendo provar a inocência do pai e do outro a filha querendo saber o que realmente houve.

    Mais um livro para add na wish list
    =D
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Eu nunca tinha tomado conhecimento desse livro.. Vi a sua resenha e achei o livro bem legal.. Embora não seja o tipo de leitura que estou acostumada..

    ResponderExcluir
  14. Sinistro. Parece aqueles livros que dão origens a filmes de terror e suspenses espetaculares. Com certeza entrará na minha lista de espera das leituras. Será que o cara era inocente? Ela poderia chamar os CSI pra ajudar...

    ResponderExcluir
  15. Imagino a dificuldade que deve ser resenhar um livro de suspense, porque qualquer informação a mais pode "entregar" a história. Já tinha ouvido falar desse livro e fiquei muito interessada. Adoro um bom suspense! Está na minha lista de desejos!

    ResponderExcluir
  16. Eu adorei esse livro. Enquanto lia ficava imaginando quem seria o assassino e como seria o desfecho da história. Seria ótimo ver essa história no cinema... Eu iria amar!!!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras