Twice as Hot #1 – Amante Vingado

12/09/2012

Oi Pessoal, tudo bem?

Vocês já viram pelo nome do post que hoje começa uma nova coluna aqui no blog, voltada aos leitores maiores de 18 anos que gostam de coisas mais quentes… Antes de mais nada, e antes de acharem que isso tudo se deve ao “bum” dos romances eróticos e blábláblá quero dizer que a coluna está a muito tempo nos planos mas só agora resolvi colocar em prática – afinal não é de hoje que leio esses livros e quem acompanha o blog sabe que minhas duas séries favoritas são desse gênero.

Twice as Hot em português é “Duas vezes mais quente” e este é o ponto central desta coluna. É uma indicação, mas não só uma indicação. É uma resenha, mas não só uma resenha. O objetivo é comentar/indicar um livro ‘hot’, um livro que deixa quem lê “duas vezes mais quente” (ou mais…rs).

tah amante vingado

Pensando em qual livro começar fiquei realmente na dúvida, porque tem tantos livros que gosto e fui tentando reduzir e como não poderia ser diferente, fiquei entre minha duas séries favoritas. Acabei decidindo por Amante Vingado porque depois de dois livros ‘decepcionantes’ para mim, este foi o que deu um novo gás à Irmandade da Adaga Negra e me fez finalmente ficar contente novamente com os resultados.

Bom, antes de mais nada preciso novamente citar uma frase da minha resenha do livro do Phury “depois de terminarrehv Marco da Silva a leitura de Amante Liberto e ficar mais do que indignada com o rumo que a Ward deu para a história, ler Amante Consagrado foi como um balde de agua fria cheia de pedras de gelo”. Então, foi nesse clima de “será que a série não retorna mais ao auge” que comecei a leitura do livro do Rehvenge e foi ótimo eu me enganar.

O bom melhor é que a Ward realmente volta com tudo. O livro tem 720 páginas e de certa forma eu ainda achei pouco. Ou seja, voltei a ter aquela sensação de que Irmandade nunca é demais e isso me deixou muito contente. E se você espera uma resenha contando detalhes da história, levantando acontecimentos e sensações este não vai ser o caso. Primeiro porque eu não consigo ser imparcial quando se trata dessa série. Segundo porque eu não quero ficar no roteiro dos acontecimentos.

lover_agenged__rehvenge_by_smvgrey-d3e6zilPS: Se você quiser ler uma ótima resenha (que tem uma parte para você se situar na história sem spoilers e outra contando tudo o que acontece no livro) recomendo que acesse a resenha feita pela G. R. Roots do Peixinho Prateado –> http://www.peixinhoprateado.com/2011/11/amante-vingado-7-volume-da-irmandade-da.html

Muitos são os comentários sobre esse “quase-irmão” e grande parte eu concordo e outras coisas não. A maioria do que eu ouvi gira em torno de que este livro é muito parecido com Amante Sombrio e pode até ser, afinal de uma outra forma Rehv também é rei, além do mais temos bastante coisa do Wrath nesse livro, então não é a toa que tem quem diga que Amante Vingado é um Amante Sombrio 2. Eu entendo as comparações, porém em momento algum da leitura eu senti isso e só me ative a esse detalhe em conversa sobre o livro depois de já ter lido.

543083_241766789255644_100002669732637_473207_1683477833_n

Outra coisa muito boa no livro foi a história de Ehlena. Até então nossas mocinhas eram ricas e/ou bem sucedidas. Até a Mary, embora todo o seu problema com o câncer e não sendo rica, tem uma certa estabilidade financeira. Aí chega Ehlena uma enfermeira de vida triste, com uma casa pobre, um pai com problemas, tendo que “se virar nos 30” para continuar seguindo em frente. Ponto para a Ward por nos mostrar que nem tudo são sempre flores nas finanças dos vampiros. Mais um ponto por fazer a gente torcer pela Ehlena por quem ela é e não por pena de ela não ter nada.

425517_200356383395676_100002639470810_362981_415909885_n

Agora o verdadeiro motivo de amar esse livro… Só a Ward é capaz de escrever um livro onde você ama o protagonista e não está nem ai para o fato de ele ser um traficante, cafetão, agiota e “sangue ruim”. Sim, você pode achar que é exagero meu, mas se pensar friamente é isso que ele é. Mesmo assim a gente o ama!!! E não para por ai… O jeito que ele trata sua mãe e Bella... O jeito que ele fala com Ehlena, o modo como a vê... Até a Marissa parece menos chata no olhar dele...rs É incrível como é fácil se apaixonar por ele. Ele pode não ser seu favorito, mesmo assim você vai amar ele!!! E como eu disse do Wrath uma vez, a gente ama porque ele não é um príncipe, ele é um rei!!!

269765_103900303041285_100002639470810_18517_7549227_n  407520_194659460634263_100002706308275_270519_299017686_n

O romance entre Rehv e Ehlena é doce, mas não é melado. Os dois se completam e eu nunca mais vou olhar com os mesmos olhos para uma meia calça, e nem duvidar do que uma boa ligação telefônica é capaz.

tumblr_m2tk96BnmP1qflo5io1_250  tumblr_m2tk96BnmP1qflo5io4_250

E eu só posso dizer que esse é um dos meus livros preferidos da Irmandade e que eu super recomendo!!!Lica

 

 

 

 

PS 2: Com exceção da primeira imagem (o banner da coluna) todas as demais imagens e montagens foram retiradas da internet. Não alterei nenhuma delas, mas não tenho as fontes das mesmas. A segunda imagem (após o vídeo) é uma montagem e não uma capa oficial de publicação.

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

20 comentários

  1. Eu gosto do estilo mas não gosto de séries, por isso não acompanho a Irmandade da Adaga Negra, embora sempre ouça falar nos irmãos que deixam as meninas morrendo de calor e causa casos seríssimos de periguetagem literária.
    @mcrisaragao
    Cris Aragão

    ResponderExcluir
  2. Eu ainda não li nenhum dos livros da série IAN, mas sempre que dou uma lida nas resenhas, acabo me interessando em ler... achei legal a mocinha ser diferente financeiramente... e o nome do rapaz é curioso... =)

    ResponderExcluir
  3. Li o livro muito rápido e amei (claro!). Nem podia ser diferente, sou apaixonada confessa por IAN. Quanto aos redutores podiam ser banidos de Caldwell e não fariam a menor falta na série. Amo as cenas sensuais, super elaboradas e intensas... ui!
    Desde o primeiro momento que Rehv apareceu fui fisgada. Mesmo com todas as características de bad boy ele é o máximo.
    Bjkas,

    Monique Martins
    MoniqueMar
    @moniquemar

    ResponderExcluir
  4. Faço parte do time que não acompanha a série da Irmandade..ainda não consigo definir um motivo, mas nunca tive assim, aquela curiosidade de ler um livro da série.
    Não é o seu caso, mas sei lá, a onda dos eróticos tem dominado o mundo literário e não consigo entender o pq..
    Sabe, eles sempre existiram..pôxa, quem nunca leu um livrinho Julia, Sabrina ou afins??
    Eles não eram hot, hot???rs
    Sei que os irmãos dominam os sonhos de muitas mocinhas sonhadoras..mas eu, ainda prefiro não sonhar no momento..rs
    Amei a coluna e espero de coração, que venham mais coisas boas e alegres, como foi esse post!

    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Sim, Júlias, Biancas e Sabrinas sempre existiram e ninguém nunca deu tanto alarde como essa onda. Eu também não entendo porque só agora essa "febre", mas tudo bem...
    Ah, e só para constar... Quando eu comecei a ler A Irmandade da Adaga Negra não tinha nem sido lançado o volume 4 (Amante Revelado) e gosto muito da série pelo fato de misturas literatura fantástica com 'hot'. Para ter noção meus livros de banca são praticamente todos da série "Bianca Místico" =)

    Mesmo assim, entendo quem não se sente fisgada pela série. Eu mesmo se não tivesse ouvido tanta coisa das amigas talvez não teria dado uma chance...rs

    Lica

    ResponderExcluir
  6. Adoro IAN mas ainda nao li esse,sou apaixonadérrima pelo Z *-*
    Com certeza esse livro ta na minha listinha,o Rehv é muito gato,noossa!

    ResponderExcluir
  7. Ótima coluna e vou ficar mais assídua ainda. Estou adorando esta série, mas ainda não cheguei neste livro que pelo visto promete.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  8. Gostei da ideia da coluna e vou ficar de olho por mais... Ainda não li esse livro da Irmandade, mas logo consigo colocar a série em dia - falta conseguir esse e o anterior emprestado com alguém porque eu não tenho nenhum livro da Ward em casa.
    E digo uma coisa... 720 páginas e você queria mais? O livro deve ser ótimo mesmo =D

    ResponderExcluir
  9. Bem...não é o meu estilo de leitura, mas confesso que me rendi recentemente ao fenômeno de 50 tons de cinza e que até gostei. Então...pode ser que eu leia...ainda mais com você dizendo que queria mais, né? O negócio deve ser quente mesmo!

    ResponderExcluir
  10. Não li nenhum livro da série. Quanto ao momento hot literário, é habitual, aconteceu com os vampiros. Nas minha leituras não li muitos livros hots, apenas os de banca, e mesmo assim apenas insinuações mais ousadas. Eram os primeiros livros de Sabrina, Júlia e Bianca.

    soniacarmo
    retalhosnomundo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. UAU... Que post é esse??? Fiquei querendo ter o livro aqui em casa agora mesmo. Acredito que vou virar fã dessa coluna!!!!
    Amei *-*

    ResponderExcluir
  12. adorei , hahaha , adoro livros hots , e ainda mais com vampiros , adoroo , otimo post , amei ...

    ResponderExcluir
  13. Adorei a ideia da coluna! Bem, de IAN só li o primeiro e já gostei bastante. Tenho mais alguns em casa e eles já estão na sequência para serem lidos.

    ResponderExcluir
  14. O Rehv mesmo sendo esse cara cheio de pose, parte de um mundo da pesada é uma gracinha mesmo...
    Não sou uma fã apaixonada de IAN mas adoro a série. Agora falta só ler o livro da Payne.
    Adorei a coluna!!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi..

    Adorei essa nova coluna.. Tu sabe que sempre li livros de banca e já estou mais acostumada com esse tipo de livro (heheheh) que gosto muito.. Tenho que confessar que ainda não li nenhum da Série Mortal e muito menos o tão falado 5o tons de cinza, mas antes que diga que sou anormal falo que vou ler, mas esses livros são pesados para o meu bolso vou esperar uma hiper promoção envolvendo eles..

    Bjinhos!!!

    Samira Chasez

    ResponderExcluir
  16. Licaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa, primeiramente adorei a coluna... Amooooooooooooo IAN vc sabe e amo o dono do Zero Sun! hihihihihi O povo está tendo contato agoro com livro do gênero erótico, mais hot... E isso vai se dar da mesma maneira que foi com relação aos vampiros por causa de Crepúsculo. Graças a um outras coisas do gênero eclodem, e coisas de muito mais qualidade! Porque não tem como comparar IAN, Midnight Breed, Senhores do Mundo Subterrâneo e outros com o 50 Tons... Adorei a escolha para o início dessa coluna... Nota 10 de belaza e nota 1000 de quentura... hihihihi Vou até tomar um banho gelado depois disso!

    ResponderExcluir
  17. Oii, eu amo a IAN, mas ainda estou no 4 livro, espero ler esse logo!

    beeeijo!

    ResponderExcluir
  18. Amo IAN e não consigo escolher um irmão ou "agregado" preferido. Tambem não gostei de Amante Consagrado e Amante Vingado realmente deu um folego novo para a série.
    @luci_eleoteria

    ResponderExcluir
  19. Só uma coisa para dizer depois desse post: cade meu livro aqui para eu poder ler agora mesmo????
    Ainda não li Amante Vingado, até porque assim como você me decepcionei um tanto com o anterior e resolvi dar um tempo na série.
    Com tantos livros as vezes é difícil para o autor manter o 'nível', mas foi muito bom saber que esse volta com tudo!!!
    Adorei a ideia da coluna, esperando o próximo post.

    ResponderExcluir
  20. Acompanho a Irmandade da Adaga Negra e adoro!Meu próximo livro é justamente o Amante Vingado,720 páginas é pouco,fica sempre um gostinho de quero mais.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras