O Desconhecido – Portia da Costa

15/01/2014

O-desconhecidoA decisão de Cláudia em não amar de novo está prestes a ser posta à prova quando seu destino cruza por acaso com o do belo desconhecido... Uma primeira visão no rio, como antecipação de um mundo de sensações e descobrimentos. Do meio da tempestade surge aquele homem, a quem Cláudia decide chamar de Paul, e que mudará sua vida, abrindo novas portas para a sensibilidade, as relações, o sexo e as surpresas que a vida esconde até que a verdade se mostre. Buscar sua verdadeira identidade é ao mesmo tempo algo que se impõe e que a deixa insegura. Ela teme que, descoberto o segredo daquele jovem, a aventura prazerosa se desmanche no ar, como uma bolha de sabão numa tarde de verão. Entre novas aventuras e possibilidades, esse romance mudará a sua visão sobre o amor e o sexo. O desconhecido chegou para romper todos os tabus.

Atenção: O livro poderia muito bem entrar na coluna ‘Twice as Hot’ já que é um livro erótico recomendado para maiores de 18 anos!

Desde o lançamento de O Desconhecido eu fiquei de olho no livro e ainda não sei como descrever o que eu penso depois de finalizar a leitura. Depois de ler Bem Profundo, eu imaginava que não teria muito romance por aqui, mas não sei se estava preparada para a ausência total dele. Então, se você é do tipo que curte um romance com aquele final de contos de fadas, sinto dizer que esse livro não é para você.

Cláudia é uma mulher de meia idade que acaba de ficar viúva e está descobrindo o que é ser novamente solteira. Um estranho aparece de repente em seu caminho e como ele não se lembra de nada, seu estado acaba fazendo dele o homem perfeito – uma tela em branco e com uma super disposição.

“Ele era uma maravilha, um fenômeno. Ela sentiu que o venerava e então agradeceu à força que o trouxera para ela.” (pág. 148)

Eu gosto do jeito de escrever da Portia. Gosto da maneira mais direta dela escrever e isso fica claro quando Claudia assume o comando de nada interferir no seu desejo. Não temos uma mocinha que fica muito preocupada com o que quer. Ela quer e pega, ponto! Gostei disso. Outro ponto positivo da escrita da Portia é que a leitura flui muito facilmente e a Planeta fez um ótimo trabalho de revisão e diagramação.

“Seu belo desconhecido tinha muita coisa para esclarecer, e ela só esperava que, quando Paul fosse embora, aquele poder que a transformara não fosse embora com ele.” (pág. 242)

Não sei se entendi bem alguns pontos do livro e acredito que algumas personagens poderiam ter sido trabalhadas de forma mais completa. O próprio mistério de como Paul perdeu a memória me pareceu sem sentido e resolvido muito rapidamente no fim, mas vale lembrar que o livro se encaixa no estilo PWP (porn without a plot – pornô sem enredo) e acredito ser exatamente esta a proposta da autora.

"(...) Você realmente estava falando sério? Você transaria com ela, de verdade? Não quero dizer com isso que não ficaria com ciúme, se você o fizesse... - Paul ergueu os olhos, sorrindo contra a pele de seu antebraço. - Eu só quero que você me prometa que me deixaria assistir vocês duas!
- Seu degenerado! - repreendeu Cláudia com genuíno afeto. _ Vocês homens são todos iguais, quando duas mulheres estão em pauta." (pág. 129)

O Desconhecido não é um livro erótico como os mais populares que temos no momento. Nada de romance doce, de final arrebatador e alguns vão sentir falta de história. Além disso, algumas cenas não vão agradar a todos (só para exemplificar, temos ménage e envolvimento homossexual) porém de maneira geral eu gostei do livro e recomendo se você estiver procurando uma leitura erótica mais direta.Lica

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

5 comentários

  1. Essa capa é legal, mas não sou fã do gênero erótico e se não tem um enredo por trás é pior ainda.
    A mocinha decidida e que corre atrás do que quer é um ponto positivo, mas nada que me anime a ler.

    ResponderExcluir
  2. LICA!
    Nossa! Um romance que não é romance? Só daí já começa confuso, não é verdade?
    Gosto do gênero erótico, mas sem um enredo, fica bem complicado... A capa é tão linda, pena que o livro não tenha uma formalização específica para leitura.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia este livro, na verdade, não conheço também a autora. A capa eu não gostei muito, mas o enredo parece ser interessante.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  4. A capa é bem misteriosa, dá vontade de ler. A única vantagem deste em relação a outros livros de mesmo estilo é que mudaram um pouco o estilo da protagonista, que é mais velha e tals. Acho que vale a pena ler sem esperar muita coisa mesmo, já que não tem muita história...

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Amo o gênero erótico, mas as opiniões que li sobre esse livro estão muito divididas..uns gostam, outros não. Vou ter que ler pra tirar a dúvida, mas li um outro livro dessa mesma autora e adorei! Não me lembro o nome, mas é muito bom! Então acho que vou dar uma chance pra esse!
    Bjs

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras