A Evolução de Mara Dyer – Michelle Hodkin

28/07/2014

A evolução de Mara DyerA loucura é a mais terrível das prisões.
Mara Dyer pensou ter escapado do próprio passado.
Ele a alcançou.
Acreditava que seus problemas viviam apenas em sua mente.
Eles estão lá fora.
Depois de tudo, não acreditou que o garoto a quem amava pudesse ter segredos.
Mara Dyer continua errada.

539f072c59211_bannermara

Quando terminei de ler A Desconstrução de Mara Dyer fiquei com aquela sensação de que precisava do segundo. E confesso que quase comprei quando ele chegou lá na livraria (mas como iria receber da parceria me segurei para não ter mais um caso de dois livros iguais em casa por pressa...rs). Mas foi só Mara Dyer chegar aqui em casa que larguei pela metade o livro que estava lendo e mergulhei de cabeça na leitura.

Eu vou optar por fazer uma resenha sem spoilers. Na tentativa de evitar spoilers do primeiro livro também, não vou falar do enredo e nem me aprofundar tanto já que eu realmente acho que vale a pena você ler a história de Mara. Então vou fazer somente alguns comentários sobre os personagens e alguns de meus sentimentos. Ah e foi por isso que ali em cima não coloquei a sinopse e sim a contra-capa do livro. Se quiser ler a sinopse é só clicar aqui.

“ – Às vezes os maiores segredos a gente só consegue contar para um estranho.” (pág. 202)

Mara... Eu gosto dela. Ela me deixa confusa e nesse livro me faz pensar que nem sempre os narradores são confiáveis, que nem sempre eles estão certos mas isso não quer dizer que estão errados. E com Mara eu tive vários sentimentos... Torci por ela, gritei com ela, fiquei com raiva de sua mãe no lugar dela e me apaixonei ainda mais por Noah junto com ela.

“Aquele era o garoto que eu amava. Um pouco bagunçado. Um pouco quebrado. Um lindo desastre.
Exatamente como eu.” (pág. 276)

Noah... Ah Noah... Ele ganhou meu coração logo nos primeiros momentos em que apareceu, lá no primeiro livro. E nesse? Fiquei ainda mais apaixonada, ainda mais encantada, ainda querendo um livro só dele.

“ – É meu modo de dizer que não suporto olhar para a minha cama sem você nela.” (pág. 58)

Mara e Noah juntos é uma das coisas que mais gostei no livro. A gente não tem muito do ponto de vista de Noah (o que eu gostaria muito de ler), mas temos uma pontinha de seus pensamentos e tudo se encaixa, eles funcionam juntos e é impossível não torcer por eles.

“ – Fodam-se os 17 anos. – Os olhos e a voz de Noah eram desafiadores. – Se eu fosse viver mil anos, pertenceria a você durante todos eles. Se fôssemos viver mil vidas, iria querer torná-la minha em todas elas.” (pág. 273)

E não são só os dois. Os personagens secundários também merecem ser falados e fiquei contente em saber um pouco mais de Jamie (mesmo que algumas coisas eu tenha notado somente depois de terminar a leitura e não durante ela...rs). Atenção para alguns participantes do Horizontes, algumas coisas só entendi enquanto relia algumas marcações selecionadas para a resenha. Ah, e vale lembrar que Daniel continua sendo o irmão que toda garota deveria ter por perto.

tumblr_mueptl9msR1rt6tvco1_500

Intenso... Misterioso... Estranho... Sexy... É a mistura perfeita de tudo isso sem ser somente uma dessas coisas. A escrita de Hodkin me encantou por ficar exatamente entre a linha tênue que divide as fases. É naquela linha da coisa estranha que você gosta e não consegue largar. Mistério e suspense onde as coisas vão se revelando mas quando você pensa que entendeu tudo, surgem outros fatores a se questionar. É sexy e quente sem ficar demais na inocência, mas sem chegar ao ponto de ser censurado.

“ – Todo mundo é um pouco doido. A única diferença entre nós é que eles escondem melhor.” (pág. 367)

Michelle Hodkin me deixou um pouco confusa no final. Quer dizer, muita coisa é respondida nesse segundo livro mas ao mesmo tempo muitas novas perguntas acabam surgindo e eu fico imaginando para onde tudo irá se encaminhar e torcendo para que nem tudo seja o que parece. Mas de uma coisa tenho certeza, preciso do terceiro livro e espero que ele não demore a chegar por aqui. Leitura mais do que indicada!Lica

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

5 comentários

  1. Eu já li ótimas resenhas sobre o primeiro livro, estou tão curiosa pra ler, acho que quando um livro agrada a tanta gente que tem gostos literários tão diferentes você não pode deixar de ler!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Prezo muito uma resenha sem spoiler - inclusive, já deixei de seguir muitos blog por conta dos dedinhos nervosos das resenhistas - parabéns!
    Adorei a sua resenha, destacando os pontos que mais gostou e me deixando mais curiosa ainda pelo livro hahahahahahaha

    ResponderExcluir
  4. Oche, Lica, confesso que estou bem confusa, terei quer muitooooo ainda para entender realmente o sentido do livro. Não li a trilogia de Fragmenta-me, mas me parece bem parecida, tem alguma coisa haver?????

    Bjsss

    ResponderExcluir
  5. Pelo que deu pra perceber nessa resenha é que as personagens são um dos pontos mais fortes dessa série. Gosto disso. Outra coisa legal é essa química entre o casal protagonista. Estou com vontade de ler desde o lançamento do primeiro volume. Espero que consiga muito em breve.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras