A Espetacular e Incrível vida de Douglas Adams e do Guia do Mochileiro das Galáxias - Jem Roberts

03/11/2016

O Guia do mochileiro das galáxias foi, além de um marco do entretenimento britânico e mundial, uma das séries de comédia mais importantes, influentes e absurdamente legais já escritas. 
Revelando desde influências dos Beatles até relações com Doctor Who e Monty Python, Jem Roberts nos convida a descobrir a incrível história de Douglas Adams e de sua maior obra, anos depois da repentina e chocante morte do autor. Esta biografia, publicada com total aprovação de sua família e de seus amigos mais próximos, lança um novo olhar sobre Douglas e sua mundialmente aclamada criação. Pela primeira vez os arquivos pessoais do autor do Guia foram examinados, e ideias, trechos inéditos, relatos e novas piadas foram reunidos aqui, para a apreciação dos fãs, como uma celebração à mais louca odisseia da história da comédia britânica. 
Não entrem em pânico. E preparem suas toalhas... 


Na metade do ano, a Arqueiro e a Aleph se juntaram para um super evento de lançamento por todo o Brasil. O evento consistia em apresentar a edição especial da Arqueiro com os cinco livros do Guia do Mochileiro das Galáxias - em capa dura e muito lindo que logo trago mais detalhes para quem ainda não conhece - e da Aleph uma biografia de Douglas Adams.


Fiquei muito feliz em poder mediar o evento aqui em Santa Catarina e encontrar leitores tão apaixonados pelo autor de uma série que, além de um marco para o entretenimento, foi uma das séries de comédia mais influente e importante já escritas. E acreditem... Até então eu não tinha lido nada do autor.


Como sou uma menina aplicada (me preparo para os eventos, mas ainda falta colocar as resenhas sem tanto atraso por aqui), li o primeiro livro do Guia dos Mochileiros e grande parte da biografia (além dos outros títulos que foram apresentados no evento como A Trama, Caminho das Sombras e O Quarto Dia). Os três livros citados já tem resenha aqui no blog e vocês podem conferir clicando nos links e hoje irei falar um pouquinho mais sobre a biografia - que é uma das mais lindas edições que eu tenho na estante.


Quando recebi o livro, meu primeiro pensamento foi: "que livro enorme e que fonte minúscula". Sim, porque eu já vou julgando o livro, que mesmo tendo uma capa legal e muito bem elaborada fez com que eu notasse primeiro o tamanho da fonte. Logo em seguida, fiquei pensando que se o livro já era grande com a fonte como estava, ele ficaria ainda maior com um espaçamento e tamanho de letra maior. E ele já foi um tanto difícil de ler  - por ele ser grande e pesado (pelo menos mais dos que eu costumo carregar na bolsa) não deu para carregar para qualquer lugar e ler deitada também foi um tanto difícil - imagina se ele fosse ainda maior? Dificultaria minha vida ainda mais. Agora, quero ressaltar que isso foi algo comigo, com as minhas preferencias pessoais. Principalmente porque logo que comecei a analisar melhor o livro, só fui ficando mais e mais apaixonada.


Como o livro é grande, o fato da orelha ser mais larga foi de grande importância pois reforça a capa. E não tem como não dar atenção para ele, principalmente pois a primeira frase que ele tem é 'não leia esse texto'. Como eu não sou uma pessoa curiosa, é claro que eu cumpri as instruções e não li o texto. (ok, essa seria eu em um mundo paralelo). E o texto da orelha está incrível, deixando no ar toda a curiosidade que eu precisava para mergulhar no livro.


Logo após isso, temos folhas pretas. Eu amo folhas pretas em livros. Ainda mais quando elas servem para destaque como nesse caso. As folhas pretas com a toalha branca, a folha de chamada do título do livro com detalhes e os dados bibliográficos em branco... Eu amo esses pequenos toques que podem parecer frescura para alguns, mas para mim é algo que me conquista e vai me empolgando ainda mais para conhecer o que vem depois.


O sumário também está nas folhas pretas e isso segue na edição para cada nova parte/capítulo. E, na introdução temos o início do livro em folhas pretas com o título diferenciado em branco, e novamente um aviso para não ler. Jem Roberts soube exatamente como fazer uma leitora que não costuma ler biografias e não conhecia quase nada de Douglas Adams querer sentar para ler um livro com mais de 500 páginas quando diz que não é para ler a introdução - e a editora Aleph fez um ótimo trabalho gráfico para que eu ficasse ainda mais empolgada com o livro.



Eu tenho uma mania um tanto diferente de ler biografias. Não costumo ler ela do início ao fim, como se fosse um livro comum. Vou pulando partes, lendo capítulos e conteúdos aleatórios até que tenha lido todo o livro. É uma lógica meio avessa mas me parece muito mais interessante assim, então foi o que eu fiz com esse livro e preciso usar as palavras do título... O livro é espetacular! Ele foca muito mais no lado profissional de Adams do que no pessoal. Com isso, temos um livro recheado de citações de entrevistas ou então de anotações originais do autor, e até uma espécie de diário. O interessante é a mudança de fonte utilizada nessas partes - mais um toque incrível para o livro.


A Espetacular e Incrível vida de Douglas Adams e do Guia do Mochileiro das Galáxias é um presente para qualquer fã do autor ou da obra por ele criada. É uma leitura indispensável para qualquer mochileiro que se preze, mas não é apenas isso. É uma leitura incrível até para quem não conhece as obras ou o autor. Eu gostei de cada parte, inclusive muitas delas me fizeram olhar a "trilogia de cinco livros" com outros olhos, me fazendo ter ainda mais vontade de continuar a leitura dos livros conhecer a visão do universo que Adams criou.


Para quem já é fã, o livro ainda conta com uma parte de imagens. Essas estão reunidas no capítulo chamado de "Quarto Episódio" e vem em folhas lisas - daquele tipo de folhas de revistas. Isso fez com que as fotos ficassem lindas. Acho que estou sendo um pouco repetitiva, mas eu já falei que a editora caprichou mesmo na edição do livro???


E, claro, para finalizar ainda tem trechos inéditos dos livros do mochileiro e outras anotações. Uma cereja no topo do bolo que já estava maravilhoso e perfeito de degustar. Jem Roberts fez um incrível trabalho de produção com a forma escolhida para escrever esse livro. Não conheço a edição original e confesso que nem pesquisei para saber mais sobre ela uma vez que o trabalho da edição em português está muito bem feito. Para mim, a Aleph só teria se superado se a edição fosse em capa dura.

"A tentativa de amar pessoas que você não conhece é perigosa, porque, se você consegue se induzir a pensar que é capaz de amar alguém que você não conhece, você também consegue se induzir a pensar que é capaz de odiá-las e a achar que deve matá-las. Você constrói os eios para destruí-las, e, de repente, eles viram os meios para destruir você também." (pág. 244-245 - anotações de Adams durante a escrita do terceiro livro)

Quanto ao conteúdo, peço desculpas por não falar muito sobre ele nessa postagem - preferi focar mais na parte visual para vocês conhecerem melhor o livro e ver que vale muito a pena adquirir. Para mim, foi mais que um presente poder conhecer a obra de Roberts de perto e um presente ainda maior poder conhecer a grandiosidade de um autor que provou que ficção científica e comédia podem andar juntas - e ser um grande sucesso.

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

17 comentários

  1. Oi Aline.
    Cara eu também julgo o tamanho da fonte, não se sinta mal por isso. Quando li Mundo sem Fim foi assim.
    Douglas Adams certamente escreveu uma série maravilhosa e acredito que o livro seja fantástico. A série tá na minha lista de desejos a muito tempo.

    ResponderExcluir
  2. Ai, eu tenho todos os livros do Mochileiro das Galáxias na estante, e ainda nao tomei vergonha na cara para ler. Ainda é meta para esse ano, e parece que alem deles, tenho mais um para adicionar na lista haahaha! A editora capricha demais né? Sou muito fã de ficção cientifica, então nem preciso dizer que sou doida pela editora! Hahaha! Muito boas as fotos, e achei interessante sua ideia de leitura para biografias... Parece mais dinamica, acho que vou tentar um dia!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Aline!
    Esse livro é uma beleza! <3
    Tbm mediei o evento aqui no Amapá e não podia ter ficado mais feliz de conhecer esse autor incrível. Sou fã do Mochileiro!
    E essa edição da Aleph é maravilhosa. Amo o trabalho da Editora!
    Amei a resenha super detalhada, rs.
    Bjocas!

    www.umdiamelivro.com.br
    www.youtube.com/literamigas4

    ResponderExcluir
  4. Parabéns por ter mediado o evento em sua cidade, já li o autor e o considero fantástico. Rindo com seu pensamento "que livro enorme e que fonte minúscula", às vezes, isso também acontece comigo.

    ResponderExcluir
  5. Eu adoro essa série, ganhei a coleção do meu noivo e li um atrás do outro. Confesso que essa edição única não me interessa, ainda mais sabendo que a fonte é minúscula, não curto isso. Mas a edição ficou linda!
    A respeito da biografia, não curto muito esse tipo de leitura, mas achei a edição tão linda que relevaria isso! <3
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  6. Esse livro <3 <3 <3 Não ha corações suficientes para eu colocar aqui. Sou apaixonada por mochileiro das galaxias e esse livro me aqueceu o coracao, adorei tudo, a diagramação, a capa, o texto, tudo. Mesmo não sendo um dos meus livros mais compactos ele esta em destaque na minha prateleira :)

    ResponderExcluir
  7. Olá! Adorei a capa e as folhas pretas destacando um trabalho belíssimo da editora. Achei super interessante a ideia de modificar a fonte para falar de cada assunto no livro, ideia mega original! Amo quando temos ilustrações na obra, elas servem para dar um entendimento a mais sobre a história, em minha opinião.
    Beijos!
    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Estou adorando essa nova fase das editoras, todas muito colaborativas e trabalhando juntas, acho que esse é um dos caminhos para também interessar os leitores. Pelo que você disse a edição está realmente muito linda e fiquei curiosa com a história por trás do genio. Adans escreveu uma série muito interessante e que é atual a cada novo ano. Adoro a série e pretendo ler esta biografia em breve!

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Douglas Adams é um autor que eu admiro muito, não só por gostar muito do Guia do Mochileiro das Galáxias e de outros livros dele, e por isso fiquei em êxtase quando essa biografia dele saiu. Ainda não pude adquiri-lá (o volume único do Guia eu tive a sorte de ganhar em um sorteio) por isso só pude admirá-la nas livrarias e fiquei espantada com a qualidade e beleza da edição que está magnífica. Adams já é um ícone na literatura por isso é certeza mais do que absoluta que leia a biografia dele.
    Achei muito legal a ideia das editoras de se juntarem para esses eventos de lançamento. Tenho visto que as editoras de modo geral têm andado mais unidas e colaborativas umas com as outras e isso só tem a ajudar aos leitores e à literatura como um todo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Eu também ainda não li esta série. Nossos caminhos ainda não se encontraram. Está na lista. :) Parabéns pela resenha, ficou linda!

    ResponderExcluir
  11. Oie

    Ainda não li a série mas achei essa edição fantástica. Fiquei babando nas fotos, adoro folhas pretas também.
    A única coisa que achei de negativo foi o tamanho da fonte, infelizmente quando é minúscula torna-se uma leitura cansativa pra mim :(. Tenho que ir mais devagar.
    Adorei seu post e as fotos ficaram ótimas!!!

    bjs
    Fernanda Y.

    ResponderExcluir
  12. Eu tentei me conectar com autor Douglas Adams, mas não consegui ir adiante com essa leitura. Mas indiquei para meu filho que curtiu e depois falamos a respeito. Bjkas

    ResponderExcluir
  13. oieee
    Amei a edição ficou show. Eu gosto de biografias, gosto das edições principalmente as especiais tenho muitas mais não leio todas. Isso mesmo só leio biografia de "personalidades" que sou fã. Nunca li a serie Mochileiros da galaxia mais tenho muita vontade.
    Amei o post
    Bju
    Mary ReIS

    ResponderExcluir
  14. Oii Lica, tudo bem? Adorei seu post! Queria mesmo conferir mais dessa edição, que apesar das letras pequenas (isso realmente atrapalha, principalmente quem já não enxerga muito bem, como é o eu caso) parece ser maravilhosa. Eu estou lendo O Guia do Mochileiro agora e estou adorando a experiência. Estou indo para o terceiro livro. Quando terminar a leitura eu com certeza irei ler essa biografia.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Olá, Adorei seu post, muito bem elaborado!
    O Guia do Mochileiro das Galáxias está na minha lista para ler há algum tempo e confesso que venho o adiando rsrs. Mas agora vou adiantá-lo, graças a vc!

    ResponderExcluir
  16. Você deve ter ficado muito feliz mesmo em mediar o evento, parabéns! Eu sou super fão da série do Mochileiro das Galáxias, e achei fantástica a ideia de fazer um livro só com todos os volumes. Não conhecia a biografia, mas já me interessei.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  17. Ola Lica lindona ainda não li nada do autor, leio muitos elogios a essa série, o que me agrada bastante é o humor em toda série. Para os fãs com certeza esse guia deve ser uma leitura obrigatório, eu teria dificuldades com a fonte pequena, devido aos óculos mas nada que impeça um fã de ler. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras