Uma Noite e Nada Mais: Reasonable Doubt #1 - Whitney G

24/11/2016

Nesta série, a autora best-seller do The New York Times e do USA Today, Whitney Gracia Williams, mistura os mundos do Direito e da dança em uma narrativa apaixonante e erótica que vai fazer o leitor rir, chorar e querer (sempre) um pouco mais.
Andrew Hamilton é um advogado extraordinário que só se envolve com mulheres que conhece pela internet. Sua astúcia e beleza, porém, preservam um segredo do passado aquilo que fez dele o homem que hoje é. Seu lema com as mulheres é simples e direto: Uma noite e nada mais. Até o dia em que uma mulher especial entra em sua vida, fazendo-o rever suas convicções sobre relacionamentos e virando seu mundo de pernas para o ar...

"Sexo casual. Nada mais, nada menos."
Quando vi o lançamento de Uma noite e Nada mais, fiquei super curiosa. A ideia de misturar dança e direito, além de um romance quente poderia render uma boa história. Aí vi o livro (que na versão física tem pouco mais de 100 páginas) e me desanimei um pouquinho. Não pelo tamanho, até mesmo porque não é o tamanho que faz o conteúdo, mas por imaginar que, como não era um livro único com certeza teria um final aberto.

Como eu estou lendo muitos e-books, acabei optando por colocar esse na lista e ver se eu iria ou não curtir a história. E um par de horas depois, qual não foi a minha alegria em ter esperado um pouquinho para já poder partir para o segundo livro... Fiquei com a sensação de que se tivesse lido no lançamento, minhas unhas não iriam sobreviver até o segundo sair por aqui... O bom é que os três já estão disponíveis tanto na versão física como em e-book (que estão com um preço lindo na Amazon, cada um dos três por apenas R$ 4,90).


De um certo modo, Uma noite e nada mais não é nada tão novo assim. Quer dizer, temos Andrew um cara rico e interessante, mas que tem um lema que segue a risca: "um jantar, uma noite, sem repetições". Ele marca seus encontros pela internet e não fica com a mesma mulher mais de uma vez.
Após dizer isso, vocês já devem imaginar o que vem a seguir, não é mesmo?
Sim, ele encontra uma mulher que faz ele repensar toda essa coisa de apenas uma noite.

Mas, embora a premissa tenha alguns clichês, a história não é apenas isso.
O grande diferencial é a narrativa de Whitney G. Ela te fisga desde o prólogo, e durante toda a narrativa você vai rir, vai ficar com raiva do Andrew e querer dar uns tapas mas também vai torcer para que tudo acabe dando certo, vai se encantar e também vai se apaixonar. E, claro, sem esquecer as cenas mais quentes que foram escritas com uma química evidente entre os personagens fazendo com que a temperatura suba...


Andrew não tem amigos e é aquele tipo de personagem que em um outro livro você provavelmente iria odiá-lo. Ele é um idiota - em muitos momentos. Sabe aqueles caras que você tem vontade de bater e de lamber ao mesmo tempo? Então...
Ele é advogado, mas odeia mentiras. Na verdade ele não tolera mentira em sua vida pessoal.
Esse é um dos motivos de ele passar apenas uma noite com uma mulher - já que isso não dá muitas oportunidades para mentiras.

Aubrey - sonha em ser bailarina, mas sua família sonha que ela seja uma grande advogada. Então, tentando encontrar um equilíbrio entre os dois lados, enquanto ensaia para uma grande peça ela também começa um estagiário em uma grande firma. Adivinha com quem???
Sim, com o quente Andrew.
Aubrey e Andrew tem uma tensão entre eles que é muito bem construída. Não precisa de muitas páginas para a gente perceber a ligação que os dois tem entre eles - e olha que eles estão no ambiente de trabalho e nem se tocaram ainda.

"Como você é?"
"Como um homem que quer te foder."
Juntando tudo, lembra que eu comentei que Andrew marca seus encontros pela internet?
Então... É através dela que ele conhece Alyssa.  Mas não em um site de encontros, e sim em um chat de advogados.
Eles começam conversando sobre um caso que Alyssa tem algumas dúvidas, mas a conversa continua e durante seis meses eles passam a se conhecer um pouco mais e formar uma certa amizade.
Eles se falam todos os dias, e é inevitável para Andrew desejar Alyssa em sua cama.
Mas eles nunca se encontraram e Alyssa é meio inflexível quanto a um encontro.

Depois de muito tentar, Alyssa e Andrew finalmente se encontram. Acontece que Alyssa mentiu... Seu nome não é Alyssa. E eu já disse como Andrew odeia mentiras, não disse?
Só que ela não foi a única a mentir... Andrew também mentiu e é nesse ponto que as coisas realmente começam.
" - Por que quer ser advogada, senhorita Everhart?
- Gosto de ferrar com as pessoas - ela disse - E acho que poderia ser muito bem paga por isso."
Sim, o livro é curto e tem um monte de detalhes acontecendo, mas não pense que eu dei muitos detalhes na minha resenha. Como o livro é narrado de forma intercalada entre os dois personagens, logo nos primeiros capítulos a gente já conhece o que pode parecer spoilers.
A narrativa da Whitney é muito gostosa de acompanhar e os detalhes vão sendo inseridos de forma rápida, direta e que faz sentido com o que está acontecendo. A explicação vem quando é necessária e sem muita enrolação.

A química entre os personagens é incrível, a Aubrey conquista com seu jeito e sua determinação ao tentar alcançar seus objetivos e até a boca suja do Andrew me agradou. Ele tem bem o tipo de quem tem conversas maliciosas - e até assuntos jurídicos parecem bem mais interessantes.
Outro ponto legal é que cada capítulo começa com uma nomenclatura usada no Direito e com a sua explicação. E ela sempre combina com o capítulo.

Essa primeira parte é rápida e até poderia ter mais algumas páginas, mas na minha opinião tem todo o necessário para um ótimo início. Foi o tanto certo para conhecer a escrita da autora e conhecer a trilogia. Uma noite e nada mais é uma leitura que flui rapidamente, que conta com uma trama cativante, ótimos diálogos e personagens interessantes, além de ser uma história gostosa e envolvente.
E tenho certeza que você, assim como eu, vai querer o segundo o quanto antes já que o final é daquele tipo "não acredito que acabou agora, cadê o resto?"
Eu adorei, e com certeza quero ele também na minha estante!!!!

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

15 comentários

  1. O libro parece ser muito interessante e o fato dele ser curto ajuda rs... às vezes a gente lê tantas páginas que fica em busca de uma história mais curtinha. Obrigada pela dica.

    Beijos,
    Juliana.
    Fabulônica
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
  2. Li este livro recentemente, e já fiz a resenha dos dois primeiros e lhe entendo quando disse que entraria em desespero se tivesse que esperar o segundo livro, foi desesperador para mim também.
    Apesar de não ter nada inovador eu gostei bastante da história. Ótima resenha.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia a autora nem os livros. Seu texto foi ótimo. Muito obrigada pelas dicas!

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Adoro um clichê bem escrito e elaborado, mesmo não sendo inovador enredos assim podem dar boas histórias e proporcionar boas leituras. Conhecia esses livros somente pelas capas que sõ muito bonitas mas não sabia de que se tratava a história e fiquei curiosa pra saber no que essa junção de direito e balé resultou.
    Beijos!
    Por Livros Incríveis

    ResponderExcluir
  5. Parece ser uma trama bem corrida. Além de não ser meu gênero favorito a história não conseguiu me fisgar. Mas gostei da resenha. Espero a próxima indicação ;)

    ResponderExcluir
  6. Oiii!!!

    Eu não li esse livro ainda nem mesmo sabia muito sobre o que tratava, mas fiquei muuuuito animada com a leitura.
    Saber que é ágil e de fácil entendimento.
    A resenha está ótima!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Ol´, tudo bem? Nossa amei a sua resenha. Parabéns! Já li essa serie e concordo em gênero, numero e grau com você. Apesar de ser um tanto clichê, a escrita da autora te fisga desde a sinopse e você não consegue parar até que a leitura esteja concluída.

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bom?

    Amei a temática do livro, amo esse estilo new adult. Já anotei na minha lista de compras.

    Beijos:*
    Treslivrolatras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. "De um certo modo, Uma noite e nada mais não é nada tão novo assim. " concordo, mesmo sem ler a obra, pois não é algo que me atrai, pela sinopse dá para perceber que fica naquele velho repetitivo de histórias.

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    A premissa da obra é bem interessante e acredito que essa mistura de dois mundos completamente diferentes pode ter rendido sim um bom enrendo.
    Uma pena o livro ser tão curtinho e ter o final dessa forma que quase mata o leitor!
    Quero muito saber quais foram as mentiras de ambos os personagens e como serão reveladas.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. OOi, Lica!
    Ameeeei a dica! Inclusive acabei de aciona-lo no skoob. haha
    como amante do gênero, claro que achei a premissa ótima.
    Espero ter a oportunidade de lê-lo em breve.
    Ótima resenha!
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  12. Típico livro clichezão que eu super leria hahahahaha! Sério, de verdade eu já quero ler!
    Adorei a sua resenha, entregou o assunto sem contar a história. Beijos
    Angel Sakura
    www.euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá, apesar da sua resenha mega positiva esse não é o meu estilo de leitura e talvez por isso eu não consegui ficar empolgada para lê-lo =/ Mesmo assim sua resenha esta ótima *-*

    http://meumundo-meuestilo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Aline.

    Sua resenha deu maior vontade de ter o livro para conhecer a história inteira e não ligo que tenha momentos clichês, por que tudo indica que há momentos muito bons nela. Dica anotada, fiquei bem empolgada com o livro.

    Bjos

    ResponderExcluir
  15. Oi, Lica ^^
    Faz um tempo que não leio romances hot e o fato que me levou a esse afastamento é o fato de eles se tornarem tão clichês. As sinopses são as mesmas mas o que parece mudar é o nome dos personagens. Nem preciso mencionar em qual obra fiz ligação quando você escreveu que uma pessoa vinha para mudar a rotina do Andrew, né?
    Mas reconhecendo que de vez em quando sou tomado por casais que me arrancam suspiros quando eles tiram as suas mascaras de proteção e ficam vulneráveis. <3
    Andrew está mais do que certos em se proteger de mentiras. Se as gurias que ele fica estão de acordo com o combinado então não vejo nenhum problema ou julgamento mas quando esse cenário é diferente.... Aí eu julgo mesmo.
    Achei bem incomum essa junção de personagem da dança com personagem da advocacia. Creio que o choque de mundos deve ser imenso e intenso.
    Não tenho uma opinião formada sobre os personagens até porque não li a obra, mas quem sabe no futuro eu dê uma chance para essa trilogia.
    E que curtinho! 100 e poucas páginas?? Fica impossível de defender. Já estou imaginando algo bem comercial, a editora está mais do que certa ter colocado a trilogia em formato digital mas me desanima saber que existe o físico pois os leitores vão gastar tanto para ler um material rapidamente. Eu, por exemplo, ficaria muito frustrado com tão poucas páginas, assim como fiquei recentemente lendo O PRÍNCIPE DAS SOMBRAS que é um prólogo para o livro A TRANSFORMAÇÃO DA RAVEN. Transmite um apelo muito comercial para o produto, sabe. Enfim.
    Parabéns pela resenha, Lica. Que você faça logo as do livro 2 e 3. E o preço em e-book dessa trilogia está ótima! A Universo dos Livros arrasou nessa forma!
    Bjs

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras