Morri para viver - Andressa Urach

02/11/2016

As confissões surpreendentes de uma das personalidades da mídia que se tornou conhecida no Brasil por suas polêmicas.
A insana obsessão por dinheiro e sucesso, a rotina no bordel onde construiu seu nome de guerra e os bastidores da vida de Andressa Urach. Está tudo descrito em Morri para viver, livro que narra a trajetória desta, que chegou a ser considerada uma das prostitutas mais caras e cobiçadas do Brasil.
Dos casos secretos com clientes milionários e famosos, empresários, cantores, jogadores de futebol, artistas, bandidos, religiosos; passando por seu vício em cirurgias plásticas (Andressa chegou a cogitar amputar os dedos, só por que não gostava do tamanho dos pés!), o livro narra a chocante e constrangedora vida que ela levou até a inacreditável experiência de quase morte no coma e a sua busca por redenção.

*********

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje vim falar de um livro polêmico, uma biografia excitante (ao menos pra mim) e muito, mas muito bem escrita. 
Fazia meses que eu implorava pra Lica conseguir esse livro pra mim, e a Editora Planeta, muito gentil, enviou! Obrigada, Planeta! 

Quero começar falando da capa: super simples e super certeira. 
Pra quem não sabe, Andressa Urach foi uma mulher que fez de tudo pela fama, foi panicat, modelo, prostituta de luxo, participante de reality show, vice- miss bum-bum e tudo mais que vocês podem pensar. O sobrenome dessa menina deveria ser evidência, pois era sempre o lugar em que ela queria estar. 

No livro, de escrita bem fluida e com um linguajar bem simples de ser entendido, Andressa conta tudo sobre o mundo em que se meteu: drogas, prostituição, trabalhos ligados às seitas, a venda da alma ao diabo, as festas de luxo, alguns traços dos poderosos e famosos com quem saiu, além dos valores astronômicos que ganhava por às vezes, uma hora com ela. Comenta que chegou a ganhar 30 mil para ficar com um famoso por uma hora. Gente, dá pra notar: é um dinheiro rápido, mas não dá pra chamar de dinheiro fácil.

Mas de tudo, o que mais me chamou a atenção (além de ela ter sido abusada de todas as formas quando criança), foi essa constante busca pelo corpo perfeito. Foram mais de 20 cirurgias em menos de três anos para tentar alcançar uma perfeição que não existe. 

Tatuagens, marcas, sofrimento. Tudo isso relatado num livro que meu deu muito gosto em ler. Li em menos de 2 horas e meia. 

“Minhas lembranças são dolorosas demais. Machucam meu interior. Só aceitei escrever isso porque tantas recordações servirão para ajudar quem deseja se reencontrar na vida com o apoio da fé que nos transforma para valer.” (Pág. 72)

Resultado de imagem para foto antes e depois andressa urach
Foto: Folha Uol 
Além de falar da sua conversão para a Igreja, sua redenção e a busca por ser uma nova mulher, Andressa relatou o uso do hidrogel e do PMMA, substâncias que a deixaram em coma e que a fizeram ter um encontro muito íntimo com Deus.
Indico muito a leitura, pois não é um livro apelativo em relação à religião, e sim, mais um alerta sobre a vida fútil que muitas pessoas levam, e que nós acreditamos ser um caminho feliz. 

Ponto pra edição que está linda, com fotos de vários momentos da vida de Andressa, dos piores aos melhores. 
Indico a leitura pra quem gosta de uma biografia e uma história de guinada na vida! 

Um beijo e boas leituras! 

Sou a Fabi.... blogueira, escritora e eterna sonhadora!

Que tal conferir também...

12 comentários

  1. Ahhhh, quero muito ler esse livro também, mas como sempre entram outras obras de ficção na frente, acabo deixando a leitura para la, mas sempre que vejo uma resenha sobre ele fico animada e curiosa para ler. Não sabia que a edição estava bonita, ponto positivo pro livro ^^ Valeu pela dica :)

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Não sou muito de acompanhar as desveturas das subcelebridades, por exemplo esses youtubers da vida, não conheço nenhum, dançarina do Hulk, não sei nem quem são os caras do Panico, quanto mais as paniquetes. Mas eu acho que essa moça tem o que contar, a vida dela parece ter sido um tsunami. Mas ainda não tenho certeza de que quero ler, quem sabe mais para frente.

    ResponderExcluir
  3. Oi Fabi... eu não sou uma pessoa que está acostumada a ler livros de biografias, sobretudo, esse tipo de livro não me atrai em nada. Mas eu tenho muita curiosidade de ler o esse livro por conta de toda a polêmica que ele causou.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  4. Oi, Fabi!

    Não curto muito ler biografias, por isso passo a dica de hoje. Mas já fiquei sabendo sobre poucas e boas dessa moça... vida complicada a dela, né? Deve ter bastante coisa para contar. Quem sabe eu me interessa num futuro próximo pela leitura. Sua resenha ficou um amor, parabéns!

    Sucesso com o blog sempre!
    Beijos, Belle.
    floraliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Nossa, Fabi. Juro que não tinha parado para prestar muito atenção no livro e adorei agora sua resenha. Quantas coisas que ela fez em busca de um corpo e vida perfeitas. Quanto adoraria ler esse livro hoje. Adorei que você me recordou a existência dele rs
    Quem leva uma vida fútil assim, deveria mesmo ler esse livro.

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  6. Oi Fabi,
    Tenho muita curiosidade de conhecer todos os relatos desse livro, a forma como ela tinha uma percepção de vida deturpada e essa busca pela perfeição que você destacou, são pontos que me chamam a atenção.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  7. Olá, Fabi! Tudo bem?

    Livro controverso esse. É a primeira resenha que leio sobre a obra, e embora você tenha escrito super bem e tenha passado o quanto a leitura foi bacana pra você, ainda assim, não sinto vontade de ler. Sei lá, acho que pelo fato de ser uma pessoa que não me chama a atenção, que não admiro.

    beijo

    Leitoras Inquietas

    ResponderExcluir
  8. Olá.
    Não curto biografias e infelizmente essa é uma biografia que eu não pretendo ler.
    Mas admito que realmente ela tem o que contar, pois é tanta coisa que ela diz ter passado que realmente merecia um livro.
    Sua resenha ficou ótima, muito bem escrita.

    ResponderExcluir
  9. Ok, acho ótimo o alerta sobre a vida fútil que muitas mulheres levam, transformando seus corpos, vivendo pra uma imagem, fazendo loucuras pela beleza, correndo risco. Agora eu não leria esse livro, assim como não consigo levar muuuito a sério essa coisa de redenção e de entrar pra igreja depois de tanta..... enfim, minha opinião. ^^
    Bj

    ResponderExcluir
  10. Olá, eu adoro biografias e fiquei até curiosa quando ela foi lançada, mas como sou ateu não quis muito focar nela como ela falava muito de religião mas pela sua resenha não parece ser um assunto muito apelativo no livro,adorei saber mais sobre ele e a vontade de lê-lo voltou com toda a força, dica mais que anotada.

    ResponderExcluir
  11. Oi Fabi, sua linda, tudo bem?
    Confesso que só leio biografias de pessoas que admiro e que possuem uma papel importante na história da humanidade. Por isso dessa vez irei passar a dica. Mas gostei muito da sua resenha, parece ser uma boa leitura para quem gosta do gênro.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Essa é uma das biografias que tanto amo, pela forma direta e simples que a historia é trazida. E pela reviravolta na vida de Andressa, recomendo esse livro para todos. Ela sim, é um exemplo de vida, e que tudo ainda tem jeito.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras