Perfumes de Paris - Sayonara Salvioli

28/11/2016

No romance Perfumes de Paris, o luxo e a sedução da Belle époque francesa serão o pano de fundo para um amor proibido e envolvente. Junto com os protagonistas, o leitor caminhará pelo Quai des Tuileries e pela Pont Neuf; visitará a catedral de Notre-Dame e se encantará com os Jardins de Luxemburgo. Também será convidado a percorrer outros lugares marcantes da Cidade-luz, como o bairro boêmio de Montmartre e seu glorioso Moulin Rouge. Mas será fora dos círculos de glamour que a protagonista conhecerá o amor. A romântica e – ao mesmo tempo – moderna Charlotte, uma perfumista à frente de seu tempo, encontrará no pintor Pierre o maior sentimento que já conheceu. Porém, o amor chega com uma proibição causada por um antigo segredo. E, logo adiante, o casal enfrentará uma barreira ainda maior e mais severa... Com passagem também pelos canteiros floridos de Grasse – a Capital Mundial do Perfume – e pelos campos de lavanda da região de Provence, Perfumes de Paris apresenta uma história de amor em todas as suas fases: a surpresa, o encanto, o medo, a ameaça, a sensualidade e o êxtase!


Leitores e leitoras, como vão?  Espero que bem. 
Hoje venho falar de um livro que o blog recebeu em parceria com a Lilian Comunica, o Perfumes de Paris, publicado pela Primavera Editorial. 

Trata-se de um romance histórico, que se passa na Paris dos anos da Belle Époque. Conhecemos Charlotte, uma mulher cheia de mistérios e às vezes, muito incompreendida pela sociedade repressora da época. Nossa protagonista seria o pesadelo de qualquer família tradicional e de qualquer homem que viesse a casar com ela. Convicta, Charlotte não abre mão de suas decisões e pensamentos muito modernos para aquela época. 

Charlotte é uma perfumista de sucesso, frequentadora de bares, galerias de arte e todos os lugares bons de Paris, conhecerá Pierre, um homem que fará com que ela reconsidere tudo o que sabia até hoje, pois esse homem a tira dos eixos.


Minha visão sobre o livro: achei muito maçante, principalmente por conter poucos diálogos e a autora ter cometido excesso de palavras em Francês. Conforme lemos na sinopse do livro, você conhecerá Paris, mesmo sem sair de casa. Não tenho bem certeza se isso é um ponto negativo ou positivo, mas a nossa autora foi extremamente detalhista quando aos lugares, o que faz com que o leitor sinta-se envolvido na história, porém, às vezes a leitura perde a fluidez devido à riqueza dos detalhes.
Creio que faltou dar uma enxugada no livro, porém, cada autor é único e sabe a linha que quer seguir. 
Outro ponto que não gostei foi a capa: ela diz muito pouco sobre o livro, acho que o livro merecia uma apresentação diferenciada.  

Indico o livro para aqueles que gostam da ambientação em Paris, que querem um bom romance, do tipo que mescle sensualidade, paixão e ciúmes.
Aventure-se por esse universo que a autora criou.
Para mim, a leitura se arrastou bastante, mas vai que você tenha uma opinião diferente? 

Sou a Fabi.... blogueira, escritora e eterna sonhadora!

Que tal conferir também...

18 comentários

  1. Oieee, sou apaixonada por romances, mas não sei se leria esse livro no momento, pois estou lotada de leituras atrasadas. Mas sua resenha ficou ótima!

    ResponderExcluir
  2. Esse livro parece ser bom,mas só em você falar que é maçante e sem diálogos desanima,pois livros assim são muito lentos e tornam a leitura chata.
    Esse fato da descrição de Paris,para mim seria um ponto positivo,pois Paris já é gigante encantador,antigamente nem se fala❤.
    Ótima resenha

    ResponderExcluir
  3. Adorei a sua resenha e o livro parece ser muito bom, mas eu gosto mais de livros com amplos diálogos pois nos permite ter uma leitura mais rápida e prazerosa também. Vou anotar a dica pra quem sabe eu mude de ideia. Amei muito essa capa!
    beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Fabi, tudo bem? Então... Eu já sei que esse livro não é pra mim, a começar por ser um gênero que não lido muito ultimamente: romances. E vi algo na sinopse que me desagradou um pouco: aparentemente, todos os romances atuais contam com alguém que possui um segredo que pode mudar tudo, já reparou? Cansei um pouco disso... E entendo perfeitamente quando você diz que o excesso de detalhes tira um pouco da fluidez. Já li livros que pecaram nisso também e me incomodou bastante.
    A parte da ambientação é que me chama atenção, mas creio que, em excesso, me desagradaria um pouco :/


    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  5. Olá! Que pena que você achou o livro maçante, já estava me interessante pela leitura, mas ao ler os pontos negativos que você citou, me desanimei um pouco. Gosto de resenhas como a sua, que são verdadeiras. Parabéns!

    Beijos
    https://albumdeleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?
    Parabéns pelo blog e pela resenha maravilhosa.
    Confesso que não senti muito desejo em ler o livro, não gosto de poucos diálogos.
    Beijos,
    https://teattimee.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem? Amo Paris, então acredito que será uma leitura bem válida para mim, hehe.

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  8. Olá, Fabi.
    Como eu gosto de livros de época e de Paris, acho que vou gostar desse!
    Mas acho que é um problema ter poucos diálogos e haver muitas palavras em francês ainda mais sem a tradução.
    A capa realmente não fala muito sobre a história.

    ResponderExcluir
  9. Apesar de adorar romances, não curti a trama deste, ainda mais pelas suas considerações. Odeio leituras maçantes, e realmente a questão de ter poucos diálogos normalmente faz com que seja assim. Que pena, pois a ambientação é bem interessante, né?
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Fabi, tudo bem?
    Eu já me deparei com resenhas desse livro diversas vezes e tenho que concordar com você a capa realmente não é atrativa. Gosto de livros bem ambientados e que tenham como plano de fundo Paris, mas como você mencionou que isso deixa a leitura maçante me desanimou bastante. Eu também prezo bastante diálogos ao longo da leitura e de preferência bem elaborados e naturais. Adorei a resenha sincera.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá!

    Se você não me diz que a história se passa em Paris, eu não ia saber. E olha que tem Paris no título, mas tem uma moça cortando o próprio cabelo, o que não me diz nada. Enfim, não sei se arriscaria, não curto histórias arrastadas. E essa capa também não é das mais bonitas.

    ResponderExcluir
  12. Oiii!!

    Poxa, é possível fazer uma boa obra sem se tornar tão cansativa assim...
    Eu não conhecia a autora mas gostei muito da sua sinceridade. Por causa da repetição eu vou deixar o enredo de lado.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi Fabi, sua linda, tudo bem?
    Eu sou fã de romances épicos e ou históricos e Paris é o cenário perfeito para qualquer história romântica. Por isso fiquei animada com a trama. Mas é uma pena que tenha poucos diálogos e que a autora excedeu na discrição, prejudicando a fluidez do texto e o deixando por vezes cansativo. Confesso que por esse motivo, não conseguiria me envolver com o livro. Mas gostei muito da sua sinceridade. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. OOi!
    Que pena que não curtiu a leitura, pela sinopse promete ser uma boa história. Mas pelo jeito a escrita não ajudou muito, não é mesmo?
    Até leria, quem sabe comigo ele "funcionava" haha. Porém, não no momento, me desanimei um pouco por saber que é maçante.
    Ah, não gostei muito dessa capa! kkkk

    beijoos!

    ResponderExcluir
  15. Oieee!
    Confesso que tbm não gostei da capa, talvez se fosse algo mais abstrato ficasse melhor ou alguma coisa q remetesse mesmo à história. A capa nesse caso foi um fator decisivo e negativo para mim, nao leria pela capa. Ja sobre ser muito descritivo quanto a ambientaçao, acho que eu gostaria. Gosto de descrições detalhadas de locais. Mas as palavras em francês não tem tradução no rodapé?
    Assim é chato ne? Quem nao entende francês fica a ver navios... =/
    Acho que eu leria sim.
    bjs

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Estou fora de livros maçantes. Temos tão pouco tempo para lermos que sempre procuro leituras prazerosas que vão trazer algum conteúdo para a vida. Não gosto de livros com muitos detalhes, ele atrasa o desenvolvimento e realmente me cansa.
    Adorei a sua resenha e sua opinião foi bem verdadeira.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  17. Olá, Fabi!
    Romance é o meu gênero literário favorito e se for em Paris ainda melhor rs Apesar disso sua resenha me convenceu que talvez esse livro não seja o ideal para mim. Não gosto de livros que tem muitos detalhes e ficam presos por muito tempo em um ponto. Definitivamente Perfumes de Paris não é a melhor narrativa para alguém como eu.


    Luz e literatura!

    cantaremverso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Não conhecia o livro e a sinopse não me prendeu tanta atenção assim, além disso, me desanimou saber que o livro é maçante. E concordo que a capa não é lá essas coisas. Quem sabe numa próxima!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras