The Biker's Desire - Sam Crescent

21/12/2017

Rock tem observado Adele Sparks por um tempo. Ela é a faxineira, e não tem uma coisa que ele não sabe sobre ela. Qualquer um que vem até a casa do clube, ele faz um check out, e ela está limpíssima. Adele não é como nenhuma mulher que ele conheceu. Ela não tenta flertar com ele, nem julga o clube. Ele quer a faxineira curvilínea, e ele vai ter ela. 
Adele gosta de Rock, o impressionante Prez do MC para quem ela trabalha. Ela ouviu as mulheres falarem sobre ele e o que ele pode fazer no quarto, mas ela não acredita nisso. Afinal, ela foi casada antes, e os únicos orgasmos que ela experimentou foram pela sua própria mão.
Então Rock diz a ela o que ele quer. Ele quer ela nua. Ele quer suas coxas em volta da cintura dele enquanto ele a toma com força. Prazer como ela nunca conheceu está ao seu alcance.
Mas ela pode manter seu coração sob controle? Afinal, não tem como um homem como Rock querer o para sempre - ou tem?
*Livro lido no Kindle - em inglês*
*Tradução feita para a postagem*
Compre e-book 

"Eu terei certeza que você não se arrependa de me escolher."
Com o modo que ele beijou ela, ela sabia sem nenhuma dúvida que não iria se arrepender de nada.
Esse ano eu descobri que adoro livros com motoqueiros, então passei por uma fase de ir atrás de ler tantos quanto eu conseguisse. Uma das autoras que conheci com isso foi a Sam Crescent e como curti seu estilo de escrita, comecei a ler vários livros da autora. O legal é que ela tem alguns livros bem curtinhos - que são rápidos de ler sem deixar de ser uma leitura gostosa de fazer.

The Biker's Desire faz parte da série Curvy Women Wanted. Nessa série, todos os livros são independentes - e os personagens não se conectam - e o ponto de ligação, como o próprio nome da série já sugere é que as 'mocinhas' não estão no padrão tamanho P. São histórias curtas (ou seja, intalove), focadas no envolvimento e romance do casal, com praticamente nenhum drama. É aquela leitura sessão da tarde, para ler depois de um livro mais denso, ou quando você não quer mergulhar em nada muito longo...
Ela estava olhando para a moto dele do jeito que ele queria que ela olhasse para ele, como se ela não pudesse esperar para chegar na moto - ou nele.
Adele é uma mulher de 35 anos e e dona do seu próprio negócio de limpeza. Faz 5 anos que ela se separou do marido que a traía e agora praticamente se dedica somente ao trabalho. E ela gosta do que faz. Então, todas as manhãs, ela limpa a casa do clube de motoqueiros da cidade - onde o Presidente é bem impressionante. Ela já percebeu o jeito que ele olha para ela, e também já ouviu um monte de coisas enquanto estava pelo clube, fazendo com que Rock esteja no centro de suas fantasias. Acontece que além de seu marido a trair, ele a deixou com a sensação de que ela não vale muito. Isso somando ao fato de que Rock é seu chefe a faz pensar que talvez ela não seja o tipo de mulher que ele irá se envolver.

Rock tem 45 anos e é o presidente do Santan's Demons MC. Adele chamou sua atenção desde que começou a limpar a casa do clube, ela não é como nenhuma outra mulher que ele conhece. Ele fica espantado que ela nenhuma vez reclamou do que encontrou e impressionado de que nunca julgou nada por lá. Faz tempo que ele a observa, ele já deixou bem claro para todos os rapazes que ela está fora dos limites pois é dele e já está na hora de fazer a sua vontade conhecida, afinal, o que ele quer, ele tem. Ele quer Adele e ela precisa saber disso.
“Você sabe, Rock, se uma mulher quer que você esconda sua moto porque ela não quer que o mundo saiba que você está aqui, então você realmente deveria considerar com quem você está.” Ela abriu a porta amplamente. “Só pensei que você deveria saber disso.”
O primeiro encontro do casal é bem fofo. Ele a convida para dar uma volta na sua moto e os dois vão tomar um sorvete. É nessa hora que Rock abre o jogo com Adele e diz as coisas que ele quer fazer com ela. De fofo o clima muda para pegando fogo de tantas faíscas que saltam entre os dois.

Rock é o homem da fantasia de Adele e depois do que ele diz para ela, ela não tem como dizer não. E é aí que começa o relacionamento dos dois. É meio que luxúria instantânea que vai se transformando em amor - e eu gostei bastante de como tudo foi acontecendo. Mesmo que tenha sido bem rápido - o que já esperava uma vez que o livro é bem curto (no GoodReads está cadastrado 62 páginas).
O Prez era só um lado dele. Ela conseguiu todas as partes. Quando ele estava com seus rapazes, ele não brincava ou provocava. Havia uma seriedade para ele.
Mas no momento que ela conseguia ele sozinho, era quando o homem que ele guardava para ela vinha para fora.
A Sam tem algumas séries de motoqueiros e, para mim, essa história bem que poderia ser o primeiro livro de outra série de MCs. Adorei os personagens e fiquei com aquela vontade de conhecer mais deles, mais do clube, ver o casal novamente.

É uma leitura rápida, com momentos doces e quentes. De todos que li na série até agora é meu favorito. Adorei a forma como Adele não tem medo de se entregar às suas fantasias e de como Rock - com seu lado todo poderoso de Presidente de um MC - não se sente envergonhado em assumir que está apaixonado por ela. É curta e rápida, mas vale a leitura para quem curte romance hot e gosta de um homem alfa que sabe o que quer e vai atrás. Continue trazendo mais livros assim Sam!

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

5 comentários

  1. Adoro os livrinhos da Sam Crescent! Esse ano li varios livros dela porque igual você adoro um livro com motoqueiros ~estou esperando encontra um de verdade pra mim kkk

    Comecei a ler essa série no começo do ano mais li só até o "The Nanny" acho que ele é 4° mais como eu não sou muito boa em ler em inglês eu demoro muito pra ler, vou ler na ordem mais vou pular alguns livros pra pode ler esse longo. :)

    ResponderExcluir
  2. Apesar de não gostar muito dessa autora, gosto de livros com casais experientes e gosto um pouco de livros de MC! E amo livros eróticos, é claro!

    ResponderExcluir
  3. Não conheço e não sou a maior fã de livros eróticos, muito pelo contrário acho eles super repetitivos e maçantes, não li nenhum que fosse com uma história que me surpreendesse, então nao sei se leria

    ResponderExcluir
  4. Lica!
    Gosto também de livros com motoqueiros e o que achei mais legal é que Rock não é adolescente ou jovem adulto, é um homem maduro e se torna o sonho de Adele.
    Quero leer só para ver no que vai dar...
    Um Novo Ano repleto de realizações!!
    “Para ganhar um ano novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo de novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre.” (Carlos Drummond de Andrade)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  5. Olá Sam Crescent, e seus motoqueiros, adoro que seus protagonistas são mais experientes, por isso mais decididos, gosto também que são livros curtos, daí não sobram muitas páginas para enrolação.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras