Lentes Mágicas #16: Livros, câmera, imaginAção!

01/09/2011

Em continuação às homenagens especiais pelo niver do Blog e com o inicio da Bienal do Livro do Rio de Janeiro, nosso filme de hoje é um livro! Literalmente! (perceberam a dualidade de interpretação da palavra?)

Existem muitos, muitos livros que renderam boas histórias ao cinema, isso é de conhecimento geral, por que este seria especial? Porque assim como a protagonista desta história, todos os leitores do mundo gostariam de ter o dom de fazer suas histórias favoritas criarem vida e interagir com elas! (pelo menos eu gostaria e conheço algumas mocinhas que adorariam também!)

Nosso filme de hoje é "Coração de Tinta - O Livro Mágico!"


Título original: (Inkheart)
Título em Português: Coração de Tinta
Lançamento: 2008 (Alemanha, EUA, Inglaterra)
Direção: Iain Softley
Atores: Brendan Fraser, Sienna Guillory, Eliza Bennett, Paul Bettany.
Duração: 106 min
Gênero: Aventura 




Mo Folchart (Brendan Fraser) e sua filha Meggie (Eliza Bennett), de 12 anos, são apaixonados por livros. Desde pequena Meggie teve o hábito de leitura estimulado pelo pai, que trabalha como encadernador de livros. Além disto eles têm o poder de trazer à vida personagens dos livros caso o leia em voz alta, só que sempre que isto acontece uma pessoa real é inserida nos livros. Até que um dia, ao passear por um sebo, Mo ouve vozes de "Coração de Tinta", um livro que não lhe traz boas recordações. Sua história possui castelos medievais e estranhas criaturas, com este universo tendo aprisionado a mãe de Meggie quando ela tinha apenas três anos. Mo sempre desejou encontrar o livro e salvar a esposa, mas agora precisa lidar também com o sequestro de Meggie por Capricórnio (Andy Serkis), que deseja dar vida a diversas criaturas malignas.



'Quando foi publicado em 2003, Coração de Tinta tornou-se sensação imediata por conta do talento de Cornelia Funke ao narrar as aventuras da jovem Meggie Flochart e seu intrépido pai, Mortimer, que literalmente combatem as forças do mal num mundo ficcional, mas bastante parecido com o nosso. O livro estreou na nona posição dos best sellers do The New York Times - chegando à segunda posição - e foi traduzido para mais de vinte idiomas (20!), incluindo o Brasil, onde foi publicado pela Companhia das Letras. Essa foi a primeira parte da trilogia "Mundo de Tinta", que inclui "Sangue de Tinta", publicado em 2005, e "Morte de Tinta", lançado em 2008. Cornelia, que escreveu mais de quarenta livros (40!) em seus quinze anos de carreira, também é conhecida pelo best seller internacional O Senhor dos Ladrões e foi eleita pela revista Time como uma das "Pessoas Mais Influentes do Ano", em 2005. (A mulher é feraaaa!)

Diana Pokorny é a produtora do filme e conhece muito bem os efeitos e influências dos romances nos jovens leitores. "Minhas filhas são leitoras vorazes e o livro favorito da mais velha é Coração de Tinta. Ela conhece a história de cor e salteado e não pára de falar sobre ela, então pareceu coisa do destino estar envolvida na produção desse filme. Como produtora, mãe de duas fãs de carteirinha - e também fã do livro por tabela -, claro que encarei tudo isso de forma quase mágica, afinal de contas, ver o conteúdo daquelas páginas que tanto amamos ler e discutir como família se tornar realidade foi fantástico". 

O longa-metragem Coração de Tinta é dirigido por Iain Softley, que também foi um dos produtores. "Asas do Amor é um dos meus filmes favoritos e uma das adaptações literárias mais brilhantes que assisti, então, quando fiquei sabendo que Iain estava interessado em dirigir Coração de Tinta, fiquei empolgadíssima", comenta Cornelia Funke, a terceira peça do time de produtores, que considera Softley como a pessoa ideal para comandar.

Foi a concepção de Softley que conquistou Cornelia: "Tinha tanta certeza que ele representaria a Itália da forma como eu esperava, não como um cartão postal ou uma mera recriação, mas algo real, cru e maravilhoso ao mesmo tempo. Sabia que ele não deixaria de lado a parte mais sombria da história, mas que recriaria isso com o cuidado e envolvimento emocional necessários. Ele é um excelente diretor e consegue desempenhos incríveis, mas também dedica muito de seu talento ao lado visual que sempre aparece lado a lado com um excepcional senso de textura e cores. É o sujeito que pedi a Deus e não conseguiria imaginar Coração de Tinta nas mãos de outra pessoa".

Softley não precisou de muito convencimento para embarcar no projeto. "Coração de Tinta é uma realidade mágica, cheia de maravilhas e personagens vibrantes", diz o diretor. "É uma história encantada capaz de misturar o dia-a-dia com a fantasia por meio de uma história central ao mesmo tempo cativante e emocional. Cornelia Funke criou um material tão rico e vivo que realizar o filme se tornou algo bem fácil. Suas ilustrações e descrições serviram como linha condutora para todos os envolvidos entenderem esse novo mundo e é exatamente isso que estamos criando - um novo mundo originário de um livro dentro do livro".

Curiosamente, Cornelia Funke imaginou o visual de Brendan Fraser (safadinhaaa!) quando começou a escrever sobre o personagem Mortimer "Mo" Folchart. "Brendan inspirou esse personagem desde o princípio", atesta a autora. "Mo tem o rosto e a voz de Brendan - ele tem um timbre excepcionalmente belo e expressivo, algo que, claro, é muito importante para Mo. Ele foi o melhor guia de todos enquanto criava a trilogia 'Mundo de Tinta'".
De acordo com Softley, "Brendan sempre foi o modelo perfeito para Mo na mente de Cornelia e concordo plenamente com ela. Ele tem um perfil bastante marcante, mas ao mesmo tempo sensível".
"Imaginei tanto a tristeza quanto a leveza na vida de Mo e Brendan transita facilmente entre esses dois perfis. Precisava de um Mo que pudesse ser, ao mesmo tempo, um livreiro calmo e pé no chão e alguém em que acreditemos ser capaz de lutar contra um bando de vilões medievais. Brendan também foi um ótimo modelo físico para tudo isso. E, por fim, imaginei um pai jovem o suficiente para, às vezes, trocar de lugar com sua filha, para que ela também possa tomar conta dele", explica Cornelia Funke, que enviou um exemplar de presente para o ator e, pouco depois, se tornaram amigos.

Eliza Hope Bennett interpreta Meggie, a filha de Mo, uma bela jovem que herdou o maravilhoso dom do pai, mas não sabe disso. "Eliza incorpora toda a bondade, inteligência e carisma de Meggie", diz Softley. "Ela é capaz de representar diversos tipos de emoções e atitudes de modo bem natural, do humor e esperteza até a raiva e tristeza".
O filme foi um desafio para Bennett especialmente pelo fato de participar de todas as cenas, mas, de acordo com Diana Pokorny, foi algo que ela realizou de modo admirável. "Todo trabalho com crianças envolve um certo medo de que elas não consigam manter a força e a intensidade necessária durante todo o filme, mas Eliza foi extraordinária. Ela não só deu um show em seu trabalho como também se posicionou de igual para igual com os astros veteranos do elenco. Definitivamente, ela brilhou e provou ser uma profissional competente e muito talentosa", diz a produtora.
Em termos de elenco, um dos maiores desafios foi, sem sombra de dúvida, garantir Helen Mirren para o papel de Eleonor, a tia-avó de Meggie. "Helen Mirren é uma atriz fantástica, mas ficamos receosos se ela aceitaria participar, ou melhor, se teria tempo para trabalhar conosco por conta de sua merecida maré de sucesso com A Rainha", conta Pokorny. "Entretanto, tudo deu certo e ela adorou o roteiro, inclusive dando várias idéias para sua personagem. Tivemos muita sorte em poder contar com ela, afinal, não havia ninguém melhor que ele para esse trabalho."
O elenco principal de Coração de Tinta também inclui outros três atores ingleses de renome internacional: Jim Broadbent é Cornelius, o autor fictício de Coração de Tinta - o livro dentro do livro, que recebeu este nome em português como uma homenagem à autora Cornelia Funke; Andy Serkis vive o nefasto Capricórnio, o vilão literário que ganha vida e planeja trazer todos os seus comparsas malévolos para nosso mundo; Paul Bettany interpreta Dedo Empoeirado, o engolidor de fogo que também deixou as páginas do livro Coração de Tinta e deseja, acima de tudo, voltar para lá e ficar com sua família, para isso se une a Mo e Meggie para derrotar Capricórnio. Outro integrante do elenco é o novato Rafi Gavron, no papel de Farid, um ladrão adolescente que escapou das páginas do clássico As Mil e Uma Noites.

As filmagens de Coração de Tinta começaram em locações na Ligúria, região montanhosa da Itália, e depois seguiram para o Shepperton Studios, na Inglaterra. "Achei muito importante filmar essa história onde ela foi idealizada e situada", explica Softley. "O livro apresentava todos os traços e características da Ligúria, lugar onde Cornelia Funke viveu enquanto escreveu o romance. Depois de algumas sondagens na região, notamos que a paisagem e a geografia ofereciam uma variedade incrível; a combinação de vilas montanhosas com cidades litorâneas era perfeita para filmarmos todas as locações externas do filme".'
(fonte: cinepop.com.br)



É um filme lindo, cheio de efeitos e de histórias clássicas, personagens que conhecemos a muito tempo em meio a vida da garota. A trilogia é fantástica, envolvente, de narração extraordinária. Leiam os livros, vejam os filmes, delicie-se com o desejo de todo leitor: ver seus personagens favoritos ganharem vida! Sem falar no delicioso Brendan Fraser! (posso colocar isso?)


Fico por aqui!


Quem vai para a Bienal: pega um presentinho pra mim!


Quem não vai: é só acompanhar o blog que tem muita promo bacana, muita resenha e algumas surpresas... Não vai querer perder tudo, vai?


Abraços...

Que tal conferir também...

8 comentários

  1. Olá!!
    Eu amei esse filme, fiquei louca para assistir!! Boa dica!!bjinhs
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oin.....
    Eu ainda não consegui assistir esse filme inteiro, tempo que é bom cade???? Mas o pouco que vi me apaixonei...
    E quem de nós não queria que nossos heróis da ficção criassem vida??? Eu mesmo tem um certo vampiro que queria encontrar (ah, e não, não é o Edward.... é só espiar meu top 5....rs) ou então um certo caçador de sombras..... =X

    Adorei a escolha Gi....
    =***

    ResponderExcluir
  3. ainda nao assiti este filme apesar das recomendaçoes das minhas amigas! mas fico a dica aqui comigo, quem sabe animo ver, parece ser bem legal mesmo principalmente para os amantes de livros como eu kkkk

    ResponderExcluir
  4. Ixi, vou ter de discordar, tirando os efeitos especiais, achei esse filme rsrsrs um tédio *pronto falei*, tanto que não consegui assisti-lo até ao fim. D:
    Quem ainda não assistiu, não custa dar uma chance, afinal, gosto é gosto, né? E a sua opinião pode ser diferente!

    Bjs,
    @BobbyDupeaGirl

    ResponderExcluir
  5. Eu já assisti! E adoro! Muito legal, muito mesmo!!! Adoro todos os filmes desse estilo!!!

    ResponderExcluir
  6. Ainda não assisti... :(
    Mas já ouvi falar e não tinha me interessado tanto...mas agora fiquei completamente louca pra assistir...providenciar já...rsrsrs
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Já assisti uns trechos desse filme e nem sabia o.O hauauhaua sabe quando vc pega o filme não meio não entende nada e muda de canal?

    Espero conseguir assistir inteiro logo pq parece ser INCRIVEL!

    ResponderExcluir
  8. Todo mundo fala muito bem desse filme!!!!!!!
    Tenho ele no computador, mas não assisto pq quero ler o livro 1º para não me decepcionar muito!!!!!

    bjus

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras