Ladrões de Elite – Opiniões

02/09/2011

Sinopse

Capa_LadraoDeElite_14mm.pdfQuando tinha 5 anos, Katarina Bishop distraiu os guardas da Torre de Londres para que o pai pudesse roubá-la. Aos 7, ela ouviu o tio Eddie planejar a interceptação de 80% do caviar do planeta. Quando fez 15 anos, Katarina armou um golpe por conta própria - um esquema para entrar no melhor colégio interno dos Estados Unidos e deixar para trás os negócios da família. Só que trocar de ramo e ter uma vida normal acabou sendo mais difícil do que Kat esperava. Hale, seu amigo charmoso, bilionário e antigo comparsa, logo aparece para levá-la de volta à realidade da qual ela havia se esforçado tanto para fugir. Mas é por um bom motivo: uma inestimável coleção de arte de um temido mafioso foi roubada e ele quer recuperá-la, custe o que custar. Somente um mestre do crime poderia ter realizado essa proeza e o pai de Kat é o único suspeito, embora insista em negar qualquer envolvimento. Encurralado entre a Interpol e um inimigo assustador, ele precisa da ajuda da filha. Para Kat, só existe uma saída: encontrar os quadros e roubá-los de volta. Não importa se parece impossível, se ela não tem pistas do ladrão e se o prazo é de apenas duas semanas. Com uma equipe de adolescentes talentosos e uma mãozinha da sorte, Kat está determinada a realizar o maior golpe da história da família e provar que jamais a abandonou.

Basta fingir bem para tornar qualquer coisa realidade. (pág. 186)

Leve e apreensivo ao mesmo tempo, dá para entender???
É assim o mais próximo que consigo descrever a história criada por Ally Carter em Ladrões de Elite.

Como boa estudante de história da arte que fui quando comecei a faculdade de Artes, foi impossível não me sentir tentada a ter esse livro logo em minha estante devido a sua capa. Eu imaginava mil caminhos possíveis e tinha medo que a história acabasse caindo em um misto de arte com um que de 007. Fico feliz por isso não ter acontecido.

Katarina é filha de um grande ladrão que tenta mudar de vida. O livro começa contando um acontecimento em que ela parece totalmente culpada o que a faz ser expulsa do internato que tinha conseguido uma vaga na tentativa de livrar-se da “vida bandida” (ok, péssimo trocadilho, mas é o que tem pra hoje). É claro que a narração é do ponto de vista de Kat e logo sabemos que ela não é a culpada e quem de fato o é.

Kat precisa ajudar a provar que não foi seu pai (o único suspeito) que roubou cinco telas de valor inestimável dos grandes mestres (Monet, Degas, Renoir, Rafael e Vermeer). Acontece que não é para a policia que ela tem que provar e sim para Arturo Tacone, um daqueles caras que fazem a máfia parecer parque de diversões (é… tô péssima mesmo com os trocadilhos e comparações hoje).

Mais do que provar a inocência de seu pai (ela precisa salvar sua vida e tem apenas duas semanas para isso) ela parte em busca de uma missão quase impossível, que seria roubar os quadros de volta. Quadros que foram roubados de um salão a prova de roubos (mas daqueles que nem Ethan Hunt – Missão Impossível – poderia roubar) por um ladrão que consegue ser melhor do que o próprio pai de Kat (que é considerado um grande mestre na arte do roubo).

A narrativa, separada em capítulos com a contagem regressiva do final do prazo prende de forma surpreendente. Não foram poucos os momentos em que me vi torcendo para chegar logo a conclusão e ficando sem folego tentando entender o que não estava escrito.

Ao mesmo tempo, a história é leve, sem nada de muitos sustos (do tipo “eles não vão conseguir”) mas sem clichês que fazem você perceber logo de cara qual será o próximo passo dos protagonistas.

Eu falei de Kat e que ela tentaria roubar o melhor ladrão do mundo, né? Mas eu falei que ela é apenas uma menina baixinha de 15 anos??? E contei que seus amigos, que a ajudarão nessa história toda também tem essa faixa de idade??? E é ótima essa perspectiva. Pensar que mesmo eles estando nesse meio desde que se lembrem (Kat mesmo comenta que sua primeira ajuda em um roubo foi aos 3 anos) o próprio Tio Edie (irmão do pai de Kat e outro grande ladrão) quando a coisa aperta, manda eles desistirem pois são “apenas crianças”.

O bom da leveza da história é que você passa por ela sem perceber que as páginas estão acabando. Paralelamente a isso, fiquei apreensiva em ver que o final estava chegando e que muita coisa ainda poderia acontecer. Até a última página tem dados importantes, que são o gancho para o próximo volume. O melhor de tudo, é que o gancho é algo que fica no ar, bem do estilo que você quer saber mais sobre o caminho que Kat tem pela frente, mas não desesperado pela continuação para terminar a história. Se é que dá para entender. Ou seja, uma parte do caminho de Kat termina com o livro, mas quais serão seus próximos passos???

Adorei a escrita de Ally Carter, e Uncommon Criminals já está em minha lista de desejados. Por favor, lancem logo!!!!!Lica

 

 

 

ficha ladrões de elite

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

10 comentários

  1. Num primeiro momento o que me chamou a atenção nesse livro foi a capa, super bonita... Depois, lendo algumas resenhas, a estória pareceu, realmente, envolvente, cheia de ação, suspense, e sua resenha só reforçou o que eu imaginava à respeito do livro. Além disso, é uma ótima opção pra fugir um pouco da temática sobrenatural, vampiros, anjos...
    Ótima resenha, Lica! =)

    @BobbyDupeaGirl

    ResponderExcluir
  2. Oi Lica

    Vi esse livro hoje na Bienal e quase comprei!
    Gostei da resenha :D acho que amanhã vou colocar ele como prioridade

    bjos
    Raffa Fustagno
    http://livrosminhaterapia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. To doida pra ler esse livro!
    Depois de ler Se Houver Amanhã do Sidney Sheldon, os livros de golpes e grandes roubos começaram me fascinar rs
    Adorei a resenha

    ResponderExcluir
  4. Muito divertido e envolvente. Adolescentes super ativos e despachados envolvidos em uma aventura misteriosa.
    Bjkas!!

    Monique Martins
    MoniqueMar
    @moniquemar

    ResponderExcluir
  5. Primeiramente a capa já chama bastante atenção...e pelo que percebi, a história em si parece bem original.
    Gostei bastante da indicação e com certeza já faz parte da minha lista...
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. eu ganhei este livro hoje no blog leitura e fofuras! fiquei super feliz por vc ter gostado, adoro suas resenhas e sempre que leio um livro que vc ja resenhou e gostou eu tambem adoro! fiquei super afim de ler ele agora, assim que ele chegar eu posto o que eu achei!

    ResponderExcluir
  7. OlÁ!
    Desde o início adorei a capa, muito linda!! Me apaixonei pela sinopse e agora com sua resenha eu quero muito esse livro na minha estante!!bj
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Esse parece ser mais um daqueles livros que irão me tirar do universo ao qual estou acostumada e que eu não vou me arrepender!! Gostei da resenha e acho vou ler ele muito em breve!

    ResponderExcluir
  9. Esse livro parece ser realmente bom, estou louca para lê-lo mas tenho tanto livro para ler no momento :s
    mas certamente este é um dos próximos (:


    ;*

    ResponderExcluir
  10. Esse livro é tão fofo!!!!!!
    Tenho ele aki em casa, mas não tive tempo para ler...todos dizem que a história é muito boa!!!!!!!

    bjus

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras