Evento de Lançamento "O preço de uma lição" - Federico Devito e Rogério Mendonça

02/12/2011

Bom dia Leitores!

Aqui estou eu para mais um post sobre evento.

Neste dia 1 de dezembro aconteceu o lançamento do livro "O preço de uma lição" pela Novo Conceito nas Livrarias Curitiba do Shopping Palladium (praticamente do lado de casa) em Curitiba.

Meu dia foi de mãe, então quando podia eu verificava as informações sobre o evento no twitter da @Novo_Conceito, para não chegar desavisada por lá. Pelas 16h eu e a minha filhota Ane já estávamos prontas para nosso 'passeio' na livraria (que ela já está pra lá de acostumada, já que não é o primeiro que ela vai) segundo ela 'para o trabalho da mamãe com a Lica' (linda).

Pensem, eu fui da minha casa até a livraria explicando para a Ane o que iria fazer lá. Como nos outros eventos ela sempre teve a companhia do pai dela, ela nunca havia se interessado no que se tratava.
Expliquei que iria conhecer as pessoas que escreveram  o livro que havíamos ganhado (foi ela que abriu a caixa da editora...) e que iriamos conhecer também o responsável pelo envio desses livros. Ok, ela só falou, vamos lá.

Chegando no shopping (20min depois) fomos direto pegar a senha para o evento. Senha em mãos, fomos a um 'Frozen Yogurt' para refrescar (já que a caminhada foi no sol do entardecer), ver a decoração de natal e  esperar até dar a hora do inicio do evento.
De volta à livraria, minha pequena leitora foi devorar as novidades na sessão infantil (que é ao lado de onde se realizam os eventos) enquanto eu aguardava a chegada dos autores. Nesse meio tempo conheci o Francisco da Novo Conceito, que fez uma série de perguntas pra Ane e ela solta um: 'Eu não posso escrever no blog porque eu não recebi livros para mim!' Educado, Francisco perguntou 'Mas você já sabe escrever?' 'Sei sim, algumas palavras e Ane!' Posso com isso, gente???

Vamos falar do evento propriamente dito. Posso confessar que depois de tantos eventos eu me assustei um pouco com esse. Porque? Pelas fãs! Ansiosas, ruidosas, estéricas, muito jovens e despreocupadas com o trabalho de escritor dos meninos (uma pena!). Elas estavam lá simplesmente para vê-los, tanto é verdade, que um grupo de mais ou menos 10 meninas foram pegar senhas e deixaram a mãe lá para avisar quando o bate papo acabasse para elas poderem ir passear no shopping e voltar somente para os autógrafos... ( ¬¬' né? Mas fazer o que? Fã é fã! E como os meninos falaram ' Buscamos escrever para todos os públicos: dos que já gostam de ler e os que ainda vão gostar...' Quem sabe eles conseguem, não é?)

Outro fato curioso é que o autor Federico se perdeu e estava atrasado. 
Dado inicio ao bate papo sem ele, as perguntas (no esquema de 8 senhas para as presentes no evento e 2 para quem acompanhava pela twittcam) foram feitas para o autor Rogério (conhecido como Gutti) e quando chegamos ao fim da quarta pergunta o Federico apareceu. Não posso esquecer de dizer o quão estranho para mim foi a situação em que uma fã levou um refrigerante para o Federico, pois quando ele abriu a tampa, molhou tudo na mesa e no chão... rs Cada coisa...


As perguntas rolaram em torno das inspirações para escrita (uma mistura de realidade/experiência dos dois e ficção), da dificuldade de se trabalhar em dupla (o Federico fez a brincadeira de que o Gutti é o cabeça dura da dupla), dos elogios ao trabalho (já que todas que estavam ali e leram o livro gostaram), das consequências do sucesso em suas vidas (aumento de acesso no blog deles e número de seguidores no twitter), do assédio (que é muito diferente em cada cidade por onde passam), se a aparência ajuda nas vendas ('achamos que sim' o.O acham? E ainda brincaram 'na capa nem tem foto nossa de cueca...'), de onde essa história de que as meninas duvidam que os meninos podem se apaixonar (uma condição imposta pela sociedade parece  disse Gutti) e se há planos de continuar como escritores ('começamos bem e queremos mais' afirmou Federico).

Para mim a melhor pergunta foi " Vocês tem o sentimento de dever cumprido?  De passar a mensagem de que os garotos sofrem tanto quanto as garotas quando o assunto é paixão?"
- De nossa parte acho que o que poderíamos fazer, nós fizemos - disse Federico. O que podemos esperar é que as pessoas parem de rotular todo mundo que ama e expressa seu sentimento como fraco, é preciso ter muita coragem pra admitir um sentimento. Admitir é o mais difícil, escrever sobre isso é ainda pior, ainda mais se é escrito por dois garotos. Rola muita brincadeira de mal gosto...


Terminada a conversa (que eu tive que acompanhar da cafeteria pois a Ane estava com fome) o João fez o sorteio dos brindes (livros e pôsteres) para então iniciar-se a sessão de fotos e autógrafos (as meninas que saíram já estavam de volta...rs).
Enquanto eu aguardava na fila, minha ajudante mirim foi tirando algumas fotos e quando perguntada pelos autores se ganhariam um abraço ela disse um sonoro 'não!' (não poderia ser diferente, ela já havia negado um abraço para Francisco e ele já havia passado dos primeiros cinco minutos de timidez dela (que a Lica sabe bem como é...)).
Antes de irmos embora, Convidei o Francisco para uma foto, que estava bastante comprometido com a  função de mostrar o evento na twitcam... Ele elogiou o trabalho da livraria em sua organização e receptividade, dizendo que em muitos lugares ele tem que segurar o note no colo para realizar tal função.

Ane quis dar mais uma passada na casa do Papai Noel.

Chegando em casa fui direto para o note e consegui acompanhar o final das atividades do evento, assim como pude notar a repercussão da minha ajudante mirim nos tt's.

Feliz com o dia de hoje, só tenho a agradecer à Livraria Curitiba com seus simpáticos funcionários: o João que é um bom mestre de cerimônia e nem me olha mais com cara de espanto quando me vê e a Kelly que ajudou a organizar a fila e nos conseguiu presentinhos da loja, e claro, ao simpático Francisco, que em nome da Editora Novo Conceito fez um ótimo evento na cidade, que apesar do incidente com um dos convidados se manteve calmo e compenetrado, e que com a parceria com o Sael rendeu-nos um livro autografado para sorteio (que deve sair logo logo, junto com a resenha...)

Por hoje é só. Me diverti muito e espero ter feito uma boa cobertura do evento junto com minha colaboradora cheia de atitude (que vou levar a outros eventos com certeza!).

Até a próxima!

Beijimmm

Que tal conferir também...

5 comentários

  1. Olha o Chicão!!!!!!!! ^^
    Evento lotado!!!! #adoro
    Pena que foi longe da minha cidade =/
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Olha o Chicão ai gente! hahahaha Como enchemos ele pela Cam ontem! Acompanehi o evento, vi vc Gi e a Ane! Adorei! Acho o trabalho desses 2 rapazes demais! E tb vi as fãs lá usando e abusando deles! hahahaha Excelente cobertura!

    ResponderExcluir
  3. Maravilhosa a sua ajudante hein... Espera ela conseguir ler mais palavras e escrever um pouco mais que vai ajudar com certeza no trabalho da mamãe com a Lica.
    Continue sendo uma mãe maravilhosa.

    ResponderExcluir
  4. Super bacana o post Gi! E a Ane estava super fofa como sempre.
    Para variar estava trabalhando e não consegui sair. Durante a semana é quase impossível me ausentar da biblioteca.
    Acompanhei o que consegui pela twitcam, mas estava falhando muito. Acho que vi você... rs
    Bjkas!!

    Monique Martins
    MoniqueMar
    @moniquemar
    http://mimosliterarios.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Ai que coisa mais fofa que a Ane está Gi...
    Posso esmagar???? =)

    Eu acho esses eventos super legais, pena nunca poder ir =(
    Vou ficar de olho no blog para não perder a promo...

    Beijinhos
    Sil

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras