Fortaleza Digital – Opiniões

05/12/2011

Fortaleza Digital 13Em Fortaleza Digital, Brown mergulha no intrigante universo dos serviços de informação e ambienta sua história na ultra-secreta e multibilionária NSA, a Agência de Segurança Nacional americana, mais poderosa do que a CIA ou qualquer outra organização de inteligência do mundo.
Quando o supercomputador da NSA, até então considerado uma arma invencível para decodificar mensagens terroristas transmitidas pela Internet, se depara com um novo código que não pode ser quebrado, a agência recorre à sua mais brilhante criptógrafa, a bela matemática Susan Fletcher.
Presa numa teia de segredos e mentiras, sem saber em quem confiar, Susan precisa encontrar a chave do engenhoso código para evitar o maior desastre da história da inteligência americana e para salvar a sua vida e a do homem que ama.
Uma corrida desesperada se desenrola paralelamente nos corredores do submundo do poder, nos arranha-céus de Tóquio e nas ruas de Sevilha. É uma batalha de vida ou morte que pode mudar para sempre o equilíbrio de forças no mundo.

                                                  

Comprei Fortaleza Digital porque estava super curiosa com este trabalho do Dan Brown e para aproveitar e colocar a resenha durante nossa homenagem ao escritor aqui no blog. O livro é o primeiro trabalho do autor, e como os outros, é no mínimo eletrizante.

A resenha é complicada… Eu achava que as resenhas de O Código da Vinci e Anjos e Demônios seriam complicadas devido ao filme, mas começo a pensar que esse fator é uma característica dos livros do Brown. Quer dizer, não sei até onde posso falar sobre o livro sem entregar demais e sem soltar spoilers que farão toda uma diferença na leitura.

O início é meio lento embora já apresente o ‘problema’ da história. Não fui muito com a cara da Susan, achei ela meio tapada demais para uma matemática brilhante. Quer dizer, o que mais se usa na matemática é o raciocínio lógico, não é? E se ela é uma das mais brilhantes criptógrafas ela deveria desvendar os mistérios mais rápidos, estou certa? Infelizmente, Susan parece se deixar enganar.

Talvez seja só implicância minha… Talvez seja o fato de David parecer muito mais esperto, o que eu não esperava, já que no início tem algumas referencias de que ele é “apenas um especialista em idiomas”. (Como se ser um especialista em idiomas pudesse ser considerado “apenas”.) E eu não sei até que ponto ele é realmente mais esperto ou mais sortudo, já que o acaso o ajuda mais do que qualquer raciocínio. Junto a esses detalhes, temos o fato do ambiente principal em que a história se passa: um centro de inteligência mais poderoso que a CIA e responsável pelo monitoramento de todas as comunicações do planeta.

Como eu disse, o inicio é um pouco lento, mas algumas páginas depois a sequencia de acontecimentos te arrebata de um jeito impossível de parar sem chegar ao fim do livro. Um misto de perseguições, assassinatos, mistérios, além do velho e bom “nada é o que parece”. Tudo em busca de um código. Foi praticamente impossível não lembrar dos filmes de 007, e ao mesmo tempo impossível não se encantar. Outra referencia incrível que Brown faz é a busca de David pelo anel que contém o código. Como eu li em algum lugar, uma referencia moderna a Tolkien.

O que mais eu posso dizer sem entregar demais??? Bom, se você já leu os livros do Dan Brown, algum deles pelo menos, vai encontrar muitas coisas semelhantes e talvez, assim como eu decifre o enigma antes da resolução nas páginas. Se você gosta de histórias envolvendo o universo da computação, o livro é um prato cheio. Se você não é tão ligado assim nesse mundo, não se preocupe, embora tenha muitas palavras técnicas no meio da história, Brown consegue explica-las de uma maneira simples e sem parecer que quem não sabia era um tolo.

Eu gostei da história, gostei da narrativa mesmo tendo decifrado muitas coisas antes e ter tido vontade de pular algumas partes…rs O livro é bom, mas vale lembrar que este foi o primeiro livro escrito e não é difícil de notar a evolução que ele teve em suas próximas narrativas.Lica

 

 

fortaleza digital

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

10 comentários

  1. Ainda não li esse livro, muita gente vem falando mal dele, mas após esse post, a minha vontade de ler esse livro ressuscitou, quem sabe um dia? Do autor já li Ponto de Impacto, Código da Vinci e O Símbolo Perdido que indico a todos.

    Abraços
    http://entrepaginasdelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Esse não é o tipo de história que me cativa... Não sei... Gosto desse lance de investigação e tal, mas a capa e a sinopse não me prendem! E pelas suas opinio~es acho que para ler iria preferi os demais livros do escritor!

    ResponderExcluir
  3. Ganhei esse livro de aniversário logo que foi lançado. Ficou tempos na estante até que resolvi ler e foi bem em uma época que estava carente de leituras. Gostei muito na época, foi como 'voltar' para uma coisa que amo: ler!
    No entanto acho que ele não parece livro do Dan Brown...

    Monique Martins
    MoniqueMar
    @moniquemar

    ResponderExcluir
  4. Li dois livros do Dan Brown, e eu gosto bastante da forma como ele conduz a história, que são sempre muito inteligente e estudadas! Tenho curiosidade de ler todos os livros dele.

    Beijos

    Amigas entre livros

    ResponderExcluir
  5. Esse livro é epico! Sou mais o Dan Brown em livros como esse o Ponto de Impacto do que nesses mais religiosos e afins.

    ResponderExcluir
  6. O livro é muito bom mesmo, adorei a narrativa, aliás gosto muito deste autor. Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Bom, ainda não li essa obra do Dan Brown, mas, como todas que ainda não li, tenho uma super vontade.
    Não sei se consigo decifrar os enigmas antes do autor escrevê-los. Eu tento não fico pensando muito em quem está atrás de todos os acontecimentos para deixar a história me surpreender, e tbm pq eu sempre erro, mas tudo bem... UHASUHAS...
    Eu li O ponto de impacto e notei realmente uma evolução do escritor em relação as suas obras mais recentes. É provável que eu sinta essa diferença mesmo me Fortaleza digital tbm. ^^
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Eu li o código da vinci e adorei... Não sei se gostaria desse livro, porém adorei sua resenha!!!!
    Parabéns!!!!

    ResponderExcluir
  9. Ahhh eu tinha escutado que esse era o melhor livro dele '-'
    Bem então se eu vou deixar pra ler ele depois >.< não gosto muito de livros previsiveis '-'
    Obrigada pela resenha *_____*

    ResponderExcluir
  10. Muitas criticas foram feitas a esse livro, e muitos pontos de vistas diferentes, eu gostei do livro, e quem trabalha com informatica nessa área que falou criticando não entendeu o livro muito bom.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras