O que eu sei de Verdade - Oprah Winfrey

18/11/2014


Entre os talentos de Oprah Winfrey está sua capacidade de compreender a natureza humana como poucos e, ao mesmo tempo, colocar essa sabedoria em palavras. 
Desde que foi questionada sobre as coisas de que tinha certeza na vida, ela passou a escrever uma coluna mensal em sua revista com reflexões sobre relacionamentos amorosos, família, autoestima, medos, fracassos e superação.

Olá pessoal, tudo bem com vocês? Então, desde que eu me entendo por gente, eu admiro a Oprah. Negra e com uma história de vida maravilhosa, sempre a achei uma das melhores apresentadoras do mundo. Oprah, atualmente, conta com várias colunas em diversas revistas e jornais internacionais e já possui seu próprio canal de TV, em pensar que ela começou a vida de uma maneira muito doida.
Mas enfim, esse livro trata de algumas de suas colunas de crônicas. Desde o começo, o livro me encantou. Ele andou comigo durante alguns dias e creio que essas crônicas foram muito úteis para o estado atual a qual me encontro.

Trata-se se uma autoajuda muito inteligente: ela descreve sobre os fatos ocorridos no dia a dia dela, sobre a importância de nos presentearmos todos os dias, seja com presentes materiais ou com coisas simples como o tempo. Ela trata sobre a escuta, sobre amizade, amor e assuntos variados nos tempos atuais. Ela transcorre também alguns trechos de suas entrevistas com famosos, nos levando à reflexão sobre diversos temas. 


Impossível não se emocionar ao ler os maravilhosos textos de Oprah. Não sou a maior fã de autoajuda, mas admito que esse tipo de texto contribui, e muito, em nosso autoconhecimento. Não contente com me agradar, passei o livro adiante: conheci um taxista em minha viajem ao Rio de Janeiro que adorava a Oprah. Bom, eu deixei os livros nas mãos dele pra que ele pudesse fazer tão bom uso quanto eu. 

Foto: Pra começar o dia muito bem!  Bom diaaaa. 
Ps. Essa página é do livro "O que eu sei de verdade" da Oprah.

Não somente o livro é ótimo, como também é lindo! A capa já me ganhou por ser uma bela tulipa, e internamente, a diagramação simples e cheia de citações famosas dá um toque todo especial ao livro. Super recomendo mesmo, espero que ela lance mais livros dessa linhagem.

Na foto, o kit super fofo que a Sextante nos enviou para o lançamento, esse livro lindo, que já não está mais em minhas mãos, porém, que está bem vivo em minhas memórias.
Até mais pessoal!


Sou a Fabi.... blogueira, escritora e eterna sonhadora!

Que tal conferir também...

16 comentários

  1. Admito que também não sou fã de autoajuda mas acho que poderia dar uma chance pra esse livro, embora não seja prioridade da minha lista de desejados vou coloca-lo na minha lista pra me lembrar dele. Ótima resenha.

    ResponderExcluir
  2. Que bom ver um livro passando para outras mãos e a mensagem dele ser conhecida. No momento estou fugindo de auto ajuda, mas até que fiquei tentada em ler este.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. Que amor!, me emocionou um pouco a sua atitude com o taxista, eu não curto muito também livros de autoajuda, mas acho muito útil para nosso dia a dia.
    Beijos Fabi e até mais.
    ThaynáQ.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Oprah realmente é maravilhosa! Como não gosto de autoajuda sei que seria uma leitura arrastada... a capa é linda e achei sua atitude de dar o livro incrível.

    ResponderExcluir
  6. Obrigada pessoal... é que eu realmente tenho esse negócio de desapego com os livros.... se eu já li, quero mais é passar adiante mesmo! Mas sugiro que vocês dêem uma chance ao livro... a leitura é leve e nos faz pensar... super recomendo!

    ResponderExcluir
  7. Oi Fabi! :)
    Apesar de livros de autoajuda,nunca terem feito meu estilo de livro,gostaria muito de ler esse.
    Acho que é um desses livros que temos que deixar pertinho da gente,para abrir nos momentos que mais precisamos.
    Sem contar a sua resenha,que me deixou muito mais empolgada.

    Adorei! :)

    ResponderExcluir
  8. Também não sou grande fã de livros de autoajuda, mas esse eu leria.
    Admiro muito a Oprah, e de toda sua história.
    Adorei sua iniciativa de passar o livro adiante, são pequenos gstos assim que fazem de nós pessoas melhores.
    A capa é simples e linda.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Oi, Fabi.

    Eu não conheço muito da trajetória da Oprah, mas eu te confesso que esse livro não chamou a minha atenção. Acho que deve ser uma leitura muito rica, mas autoajuda não é meu forte. Já li alguns e realmente aproveitei a leitura. Se tivesse que comprar esse livro eu realmente não compraria, mas não me importaria de ganhar. Muito bonito seu gesto de passar ele pra frente.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. A capa achei bastante simples. Mas sinceramente a historia parece ser bastante legal de ser acompanhar, fiquei curiosa!

    ResponderExcluir
  12. Fabi, que linda vc.
    Eu preciso desapegar dos livros, estou trabalhando melhor essa parte em mim.
    Ja li algumas coisas da Oprah, mas nunca um livro dela. É um livro pra ler em bem pouco tempo né ?

    ResponderExcluir
  13. Eu não leio livros deste genero, mas achei linda sua atitude de passar o livro para outro leitor,
    livros neste genero acho que não devem ficar parados e sim serem lidos por varias pessoas, quem sabe um dia ainda consigo ler este genero..
    beijos.

    ResponderExcluir
  14. Os livros de autoajuda também estão longe de serem meus favoritos e, quando tem um Q de autobiografia, a coisa piora. Não conheço a história de vida da Oprah, mas sei de toda a sua fama. Confesso que, de início não o leria, mas quem sabe em um futuro bem distante, né?!?!

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  15. Fabi!
    Sou também admiradora da Oprah e não sabia que haviam lançado um livro de crônicas que servem de autoajuda.
    Fiquei bem emocionada com seu despreendimento em doar o livro para o taxista que também a admira, belo gesto.
    Desejo um final de semana de muita alegria!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. É uma injustiça limitar o livro ao gênero AUTOAJUDA. Na minha opinião, o livro é muito mais que isso - é a visão super-hiper-mega abrangente de mundo da Oprah. É sobre tudo e mais um pouco. A leitura tá longe de ser maçante. Algo vindo de uma mulher fantástica e inteligente como a Oprah só poderia ser excelente. Recomendo a leitura sem temer o rótulo de AUTOAJUDA. Também ODEIO livros de autoajuda.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras