Lentes Mágicas #8: Amor inclusivo.

22/06/2011

Sem mistério, eis o filme de hoje:

Ai vocês se perguntam: 'O que faz um filme de animação sobre dragões e vikings está fazendo na coluna de filmes no mês em que o tema é amor?' Eu explico. Um dos motivos é a resenha desta terça da Lica, outro é que esse filme fala de amor. 
Ai eu pergunto pra vocês: 'Ela faria um post sobre este filme se a Lica não tivesse pedido?' Claro que sim! Mas já que ela escreveu sobre o livro e deu a idéia de eu falar sobre o filme hoje, o fiz. Afinal, ela é quem manda! (rsrs)


Filme: Como Treinar Seu Dragão

Original: How To Train Your Dragon

Diretor: Peter Hastings

Gênero: Animação

Duração: 98 min.

Distribuidora: Paramount Pictures

Estréia: 26 de março de 2010. 




Sinopse: "Na Ilha de Berk, lutar contra dragões é um estilo de vida. Por isso, o ponto de vista progressista e o senso de humor fora de padrão do adolescente viking Soluço não combinam muito bem com sua tribo e o chefe dela, Stoico – por sinal, pai do menino. Quando Soluço é inserido no Treino com Dragões com outros jovens vikings, enxerga a oportunidade de provar que tem o que é preciso para ser um guerreiro. Mas, ao se tornar amigo de um dragão ferido, seu mundo vira de cabeça para baixo, e o que teve início como a chance de Soluço provar do que é capaz acaba virando uma oportunidade de criar um novo rumo para o futuro de toda a aldeia."


 Soluço (se isso é nome de gente!?)é um viking adolescente que não combina muito bem com a longa tradição de sua tribo de heróicos matadores de dragões. Tem esse nome por seus pais acharem que isso o protege de gnomos. Seu mundo vira de cabeça para baixo quando ele encontra Banguela (só um menino chamado Soluço poderia dar um nome assim a um dragão do tipo 'Fúria da Noite'!) , um dragão que desafia sua compreensão por não estar em nenhum de seus livros de defesa contra os dragões. Nos livros há classificação, características e medidas a serem tomadas, como um livro de receitas, um catálogo. O Fúria da Noite não foi catalogado por ser considerado o mais perigoso dos dragões. 

O filme começa de maneira divertida(!?), com ele contando a história de seu vilarejo em pleno ataque de dragões (as baratas mais esquisitas que eu já ouvi falar!). Ele é ajudante de um ferreiro. Nada muito glamouroso para quem é filho do homem mais forte do lugar! Uma lástima para um pai (rs). Como a vida lá depende do treinamento por qual os vikings passam, Soluço também quer treinar, mas é impedido pois sempre acaba arrumando muita confusão!
Ele é bom em design, mas para todos tudo que ele faz não passam de engenhocas. Ele arranja o problema que vira o estopim para a continuação do filme, quando resolve sair durante o ataque para testar um atirador de boleadeiras e acerta o tal Fúria da Noite, que se fere e cai em um dos lados da montanha. 
Preso dentro de uma fenda, Soluço vê a bela oportunidade de estudar tal criatura! Assim começa uma bela amizade, alguns desafios e muitas cenas hilárias!

Nosso tema entra ai, no amor de amigo, respeitando o espaço, as diferenças e convivendo pacificamente. Também está no amor adolescente que é confuso e cruel, que ama e odeia ao mesmo tempo. Está na descoberta do interesse num parceiro, no acerto de contas com a família depois de um período de transloucado. Está nas novas amizades, importantes para as descobertas, e nas antigas, importante para manutenção dos objetivos. Sei que parece profundo demais pra uma resenha tão curta, mas quando você assistir o filme (pela primeira vez ou pela 15a) devo abrir seus sentidos para perceber mais. Não só deste filme, de todo e qualquer  filme, se vc gosta ou não... #ficadica

Uma história (assim como disse a Lica) agrada desde iniciantes no mundo viking até os mais experientes. Delicioso (assisti 5 vezes) e aprovado inclusive pela minha filha (assitiu 3), deixo vocês com algumas imagens. Escrevi pouco pq não tem como falar deste filme sem querer fazer spoiler e além do mais, me desculpem mas desenho não se explica se assiste!! E outra, na minha opinião não existe nenhum filme de animação ruim! O roteiro é sempre bacana e o variável é a técnica usada na animação! #tenhodito 
Alugue Como Treinar Seu Dragão pra ver naquele domingo a tarde sem graça e chuvoso. Você vai arder de tanto rir! ;)



That's all Folks! 



Que tal conferir também...

5 comentários

  1. Stefan assistiu e amou!!! Ainda não li o livro. Mas assisti o filme e adorei! Meu filho ama Dragões!!! E amou o filme!!! E tb amei! Mas acho que iria gostar mais do livro!

    ResponderExcluir
  2. Preciso assistir esse filme ...preciso ler o livro ... aaaaa mega sena cadê vc na minha conta bancaria?

    ResponderExcluir
  3. Que ideia ótima essa: falar de amor atraves deste filme!!
    Vocês são o máximo meninas... e eu concordo com vcs! É um filme que demonstra amor o tempo todo! Eu vi este filme umas 4 vezes tb... vida de professora é assim... e ele é maravilhoso para conversar com as crianças sobre respeitar as diferenças, sobre queree ser algo que você nçao é... ou mudar-se para agradar!! Por incrível que pareça... as crianças percebem tudo isso no filme e com certeza tem algo a falar nas rodas de conversa dentro de sala de aula!
    Nunca li o livro, mas já li o livro adaptado do filme para meus alunos! Uma delícia!!
    Adorei o post!!
    Bjs, Math Tonionni

    Como o google tá de mau comigo... aposto que meu comentário vai entrar como anonimo!! Afff...

    ResponderExcluir
  4. assiti o filme e adorei, muito fofo.... curti bastante e valeu muito a pena para passar meu tempo.

    ResponderExcluir
  5. Marcia Nascimento27 de junho de 2011 22:51

    Vou assistir, meu filho adoooora dragões!!!

    @BobbyDupeaGirl

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras