O Hobbit

23/06/2011

Sinopse
Prelúdio de O Senhor dos Anéis, O Hobbit conquistou sucesso imediato quando foi publicado em 1937. Vendeu milhões de cópias em todo o mundo e estabeleceu-se como um clássico moderno e um dos livros mais influentes de nossa geração. 
A estória narra o longo e perigoso trajeto de um hobbit chamado Bilbo Bolseiro (tio de Frodo, um dos principais protagonista do clássico O Senhor dos Anéis). A viagem é repleta de aventuras das quais ele desgosta até a Montanha Solitária em busca do tesouro roubado pelo dragão Smaug anos atrás. Tudo começa num dia inesperado em que Bilbo recebe a visita de Gandalf com 13 anões, entre eles Thorin Escudo-de-Carvalho - cuja família teve roubado o tesouro. Alguns dos feitos narrados em O Hobbit influirão nos acontecimentos posteriores de O Senhor dos Anéis). 





Minhas Opiniões


Quinta-feira... Não, não estou atrasada e você não mudou de blog. Acreditem ou não eu vou escrever uma resenha. Pois é, quem diria! A novata que escreve a coluna de filmes no blog (uma idéia bastante comum agora, pelo que me parece) aventurando-se no mundo das resenhas. Cá pra nós, não tenho experiência neste assunto, vamos de improviso e que SAEL me ajude! (rsrs). 
Quem gosta de Senhor dos Anéis levanta a mão! \\\o///


Sou apaixonada por artes visuais, cinema, teatro... Leio para os momentos de relax, para manter a criatividade e ajudar no aprendizado da língua portuguesa. A saga do 'Senhor dos Anéis' me fascina e eu sei que não sou a única. 
O livro Hobbit é o prelúdio da história do Senhor dos Anéis, conhecida de todos mais pelos belos filmes do que pelos livros. Confesso que comprei o livro pra dar de presente ao meu marido, mas já tinha a intenção de ler assim que ele terminasse. Viajo muito, estou sempre entre Blumenau e Curitiba e nada melhor que boa música no mp4 e um livro (por que, fazer esse caminho todo fim de semana durante um ano, me fez enjoar da paisagem...). 
Voltando ao livro: me surpreendi! Achei que por conhecer algumas das personagens por causa dos outros livros eu iria me frustrar na escolha daquele que levei como companhia na última viagem, mas me enganei. 
Em O Hobbit, que descreve acontecimentos de 60 anos antes dos eventos que encontramos nos livros do ‘Senhor dos Anéis’, há um convite inesperado que leva o pequeno Bilbo, o bolseiro (quem já viu os filmes sabe quem é) a uma aventura mágica, difícil e de muitas escolhas perigosas. Em seu caminho as "pedras" não somente atrapalham a jornada, mas também comentam a queda, se é que me entendem. Nada parece dar certo para este pequeno hobbit e cada vez parece piorar. Ele encontra neste caminho elfos, trols, orcs, aves falantes, corvos, águias, aranhas, dragões, águas de rios mágicos, homens ursos, breu completo,  incontáveis tarefas, pouca comida e muita dúvida. Ufa! Encontra também "acidentalmente" um anel ao mesmo tempo que conhece quem o perdeu(?): o Smeagol/Gollum! Lê-se por ai notícias de que foi somente durante a criação de ‘O Senhor dos Anéis’ que o escritor relacionou as histórias. Nem Bilbo nem o mago Gandalf (cada história que remete a uma Europa antiga e imaginária tem seu Merlin, não é?) estavam cientes neste momento que o anel mágico encontrado era o anel forjado pelo senhor do escuro, Sauron. Mas já estavam bem cientes de seu poder, o que os auxiliou muito nas dificuldades encontradas pelo caminho para a ‘Montanha Solitária’ com os anões de Thorin. A aventura de Bilbo deixa no ar como possivelmente o anel foi parar na mão de Frodo depois e porque os hobbits do Condado são tão confiáveis a cuidar de algo tão poderoso quanto o ‘Anel do Poder de Sauron’. 
As descrições são minuciosas e muitas vezes poéticas, com brincadeiras de linguagem. E há muitas descrições (acho que isso acontece com toda história que envolve ‘senhores’, rs) envolventes, detalhadas, te fazem viajar pra terras distantes, de seres extraordinários, que povoam nossos sonhos, desde os mais infantis até os mais elaborados da vida adulta. O que posso dizer é que o livro é de linguagem simples, que te prende na narrativa e às vezes te decepciona nos diálogos. Os eventos acontecem em um ritmo razoável que te faz querer saber qual o próximo capitulo logo (quem gosta muito de ler leva facilmente 4h no máximo para terminar!). Pequenas batalhas, internas e externas, grandes desafios, de vida ou de morte, novas amizades e apenas um objetivo. Na verdade eu diria que ele não conseguiu atingir seu objetivo, pois pra mim, é impossível, depois de um ano de viajem, que meu objetivo não tenha mudado pelo menos umas 4 vezes... 

Já é uma literatura muito bem recomendada, não preciso ficar babando nele pra despertar a atenção de vocês. Contei por cima as coisa pois a história principal é de domínio público! Li, gostei, postei, fim. Espero, sinceramente, não fazer resenhas com muita freqüência... fico confusa, travo e não sei o que escrever! #ficadica 
Até mais!



Que tal conferir também...

3 comentários

  1. Não li o livro... Mas quero muitooooooooooooooo ler. Li Senhor dos Anéis e assisti todos os filmes! Sou fã de Gandalf!!!! Tenho muita pena do Gollum! E Bilbo é um aprendiz da vida! Amo as histórias da Terra Média! Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  2. ainda nao li este livro apesar de estar no topo para comprarm quero taaannnnnntooooo!!!!!!
    EU QUERO PARA MIM ♥

    ResponderExcluir
  3. Marcia Nascimento27 de junho de 2011 23:03

    Não li os livros e, sinceramente, não é o tipo de leitura que me agrada, mas assisti todos os filmes da Saga Senhor dos Anéis e, com certeza, vou assistir o filme 'O Hobbit' que já está sendo produzido, pois, como já assisti os outros filmes, fica a curiosidade em conhecer a estória de Bilbo Bolseiro, né?

    @BobbyDupeaGirl

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras