Mortal Engines – Minhas Opiniões

14/06/2011

Sinopse

Generic ImageA história de Mortal Engines se passa em mundo pós-apocalíptico, onde cidades inteiras foram transformadas em veículos - as cidades tração, que exploram os recursos naturais e consomem umas as outras. Emergindo de seu esconderijo nas colonas, a grande cidade tracionada está caçando uma cidadezinha aterrorizada através das terras devastadas.
Em Mortal Engines, Londres é a principal Cidade tração e em breve irá se alimentar. Durante o ataque, Tom Natsworthy é atirado para fora da cidade em velocidade, juntamente com uma assassina com cicatrizes no rosto. Eles devem correr para salvar suas vidas através dos destroços, e encarar uma nova arma terrível que ameaça o futuro do mundo.

 

Minhas Opiniões

Quando fiquei sabendo do lançamento desse livro, fiquei super empolgada. Não tinha lido nada e nenhuma opinião além da sinopse e fiquei super intrigada em como seria esta história. Foi só um tempo depois que conheci o site da série, onde tem mais detalhes sobre as Crônicas das Cidades Famintas que é composta de quatro volumes e que vale muito a pena visitar.

Com uma história futurista (ou melhor, “retrofuturista” como está descrito no site), logo nos primeiros parágrafos percebemos que esta não é uma história comum com personagens comuns. Em Mortal Engines, Londres é personagem dessa história, e não como cenário. Sim, Londres nesse livro tem vida e se movimenta!

Estamos em um futuro pós apocalíptico onde as cidades são tracionadas. Elas andam e até comem outras cidades menores. E quando eu digo comem, eu digo literalmente. Nesse mundo temos Tom, um empregado de terceira classe, que se encontra com Hester na hora errada e no momento errado, fazendo com que todas as suas crenças sejam questionadas e de repente ele se vê em meio a uma aventura que nem em seus sonhos Tom imaginou ser possível.

Acredito que pelo fator “futurista” eu não me vi presa a história. Quer dizer, foi difícil me envolver com esse mundo pós apocalipse onde as cidades se movimentam e tem uma vida própria. Porém gostei da narrativa e do modo que Reeve conta os acontecimento e principalmente de como as outras personagens (as pessoas) foram criadas. O pano de fundo da história e seus cenários podem ter me deixado perdida em alguns momentos, mas os detalhes e nuances de personagens como Tom e Hester foram o que me prenderam e fizeram continuar a leitura.

Valentine e Katherine começam fracos e sem mostrar muito ao que vieram mas aos poucos vão crescendo (e aparecendo) na história. O mesmo acontece com Hester, mostrando-se a princípio como uma assassina fria mas que a cada página percebemos um novo angulo de sua personalidade e seus motivos me fizeram pensar que ela é apenas fruto das tragédias que lhe aconteceram.

Quanto a Tom? Bem… Sabe aquele menino que ninguém dá nada porque é apenas mais um em um milhão? Assim é ele. Por querer agradar seu ídolo, acaba ficando no meio de um caminho que não deveria e é jogado para fora da cidade. É na busca de voltar a Londres que ele descobre que acreditava em fatos que não eram verdade, que nem sempre as pessoas são aquilo que mostram ser e acaba mudando conforme vai entendendo isso.

Se você gosta de histórias futuristas, de uma visão diferente do que conhecemos e está aberto a imaginar nosso mundo de outra forma, este livro é para você.

Mas não se deixe levar somente pelo lado retrofuturista para decidir se vai ler ou não o livro. Faça como eu e dê uma chance… Acredito que Mortal Engines pode te surpreender!!!

licavargas ass444

 

 

ficha mortal engines

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

5 comentários

  1. Hummm Londres ... já ganhou um ponto ...
    Retrofuturista ... outro ponto ... agora só falta "abrir meu coração(e meu bolso para comprar)" e começar a leitura hauhauhauaua

    ResponderExcluir
  2. EU QUERO!!!!
    ja li muitos livros pós-apocalípticos, e adoro este tema, louca para ter este na minha estante por que ele parece ser diferente (cidades comem umas as outras) quero ler e ve se me empolgo com a leitura!!!!

    ResponderExcluir
  3. Achei diferente.. Mas não faz meu tipo de leitura e de gosto...

    ResponderExcluir
  4. Hum, não gostei, não! =/ Dificilmente, darei uma chance rsrs

    @BobbyDupeaGirl

    ResponderExcluir
  5. Estou muito ausente dos comentarios… e reclamando que ninguem comenta nos meus blogs…
    Gostei muito da sua resenha… mas acho que nao vou ler… futurístico… histórico… mas pra mim tem que ter romance… e parece que em Mortal Engines não tem…
    Adoro vcs!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras