Sussurros de uma Garota Apaixonada – Opiniões

28/06/2011

Nova Imagem (8)

Sinopse

"Sussurros de Uma Garota Apaixonada" apresenta Brooke Watson, uma novata na Universidade de Stanford. Brooke não queria saber nada de garotos, apenas queria se concentrar nos estudos e ser uma boa médica no futuro. Danny Garcia entra em sua vida, um garoto arrogante que a maioria das pessoas da Universidade detesta. Ele é morto por um serial-killer do campus e Brooke é a única que consegue vê-lo. Eles se detestam, mas terão que trabalhar juntos para descobrir quem é o misterioso assassino que está matando garotos no campus da Universidade.

 

Minhas Opiniões

Como se escreve uma resenha de um livro que você gostou muito?

Como se escreve uma resenha de um livro que você detestou?

Sempre que vou escrever minhas resenhas eu paro diante de uma dessas duas perguntas, e com esse livro não foi diferente…

Se eu gostei ou não do livro? Vejamos…

A narrativa é confusa. Em alguns momentos é madura, mas nas linhas seguintes parecia que estava lendo meus diários da oitava série e linhas após, voltava a ficar sério.

 

A premissa não é nenhuma novidade. Garota certinha e CDF, sem sal que se apaixona pelo Bad Boy da faculdade. Garoto que faz todas as grosserias com a máscara da desculpa de “não quero me envolver para não sofrer mais perdas” que morre e se apaixona pela menina sem sal pois ela é a única que pode vê-lo.

 

O enredo paralelo (os assassinatos na faculdade) não aparecem muito na história. Ficam apagados e confusos, não dando a chance ao leitor de tentar descobrir quem é o serial killer, uma vez que pouco aparece durante a narrativa. E foi uma grande pena ver que personagens como Lewis e Olivia não tiveram a atenção que deveriam e que faria uma grande diferença em toda a história.

 

Essa é a história do livro.

Com um que de “já vi tudo isso antes” temos Brooke, uma garota que tem uma vida perfeita, uma família perfeita, está iniciando a faculdade de seus sonhos e encontra uma amiga de quarto (a Lucy) perfeita. Seu único problema é os pais que trabalham demais e não dão muita atenção para ela. Mesmo assim, isso não parece tão importante na vida de Brooke já que só é falado uma vez no livro…

De outro lado, temos Danny. Como falar de Danny? Vejamos… Ele não me conquistou como normalmente os Bad Boys fazem comigo. Fico achando que inclusive compara-lo a Heath Ledger em 10 coisas que odeio em você é aumentar demais seu papel… Quer dizer, em alguns momentos ele me lembra o “Patrick Verona” que tem toda aquela pose de mau para não se aproximar de ninguém e para evitar sofrimentos posteriores. Acontece que isso não é explicado no livro (e quando explicam, já é tarde demais pois já temos uma outra ideia, parecendo inclusive que é outro personagem e não o do inicio do livro).

 

O livro tem a narração de Brooke e em dois momentos aparece Danny narrando seus pensamentos. Na primeira vez que entra a narração de Danny achei interessante. Pensei que teríamos mais vezes o seu ponto de vista, porém isso não ocorre e me deixou um sentimento de falta. Eu realmente gostaria de ver mais o seu lado. Até porque ele se mostra muito diferente do que a Brooke acha que ele é. O engraçado é que Brooke se apaixona pelo Danny que conta a história nesses dois momentos e não pelo Danny que aparece enquanto ela narra. Será a Brooke tem uma bola mágica e conhece outro Danny e conta somente uma parte da história? Ficou confuso isso…

 

O desfecho parece surgir do nada, como se tivesse sido obrigatório entrar naquela parte e parecendo que caiu de paraquedas. O modo como o serial killer é descoberto… Ah, por favor!!!! Eu me irritei com isso porque como mencionei, não teve nada direito sobre os assassinatos durante o livro, as coisas foram pouco mencionadas e de repente… do nada surge uma lembrança e momentos depois, um confronto totalmente sem sentido com diálogos que me fizeram ter a sensação de “preciso acabar o livro, já está em 200 páginas”. Me senti como naqueles filmes que tem tempo cronometrado, que enrolam tanto durante todo o tempo e nos 15 minutos finais faltam muitas coisas para resolver e o diretor resolve colocar tudo de qualquer jeito, vindo de onde você menos espera só para que se resolvam.

 

E o final do livro?

Bom, que o casal principal ficaria junto eu imaginava (e esperava, afinal é isso que se espera quando lemos um romance). Mas o modo que foi colocado os fatos, novamente ficou sem sentido. Uma “explicação” para os acontecimentos é dada de maneira simples demais e tudo me pareceu fácil demais. Acho que eu respeitaria muito mais se o livro tivesse realmente terminado 10 páginas antes como parecia que ia terminar. Não seria o final feliz perfeito, mas seria um final mais coerente com o modo que a história vinha caminhando.

 

Mesmo sendo uma história de amor impossível e por ter ouvido muito sobre o livro em sua divulgação, não era um livro que eu esperava muito (se não fosse o Book Tour, provavelmente eu não teria lido ele antes da minha atual pilha de livros). De um modo geral a história não conseguiu me convencer.

Outra coisa que contribuiu para me dispersar muito durante a leitura foi o mesmo título no início de cada capítulo. Nos primeiros eu não notei, mas depois do terceiro ou quarto  comecei a ficar muito cansada em ler sempre o mesmo título.

 

Houve todo um cuidado em deixar o livro lindo. A capa encanta e entre os capítulos tem flores ou borboletas. O tamanho do livro também é menor do que o normal, dando uma certa delicadeza ao mesmo. Parabenizo a Underworld por todo esse “carinho” com o livro. Mas com tantos detalhes, foi uma pena ver que faltou muito mais cuidado com a revisão.

Não é querer pegar no pé, criar polemica ou então dar uma de entendida… Mas cheguei a me perder nas contas dos erros e falta de concordâncias. Casos como “Já entrarem em contato com você?”(p 39), “explicar para ele de como tudo” (p 71) e “quero que te perguntar uma coisa” (p 119), junto com outros detalhes que já mencionei, me fizeram pensar em desistir do livro. E a pergunta que fica na minha cabeça é “será que estou ficando muito chata”???

 

Depois de todos os detalhes que levantei, acho que não preciso responder nenhuma das perguntas que fiz lá em cima, né?licavargas ass444 Só espero que para os próximos leitores do Book Tour, o livro traga mais e faça mais sentido do que fez para mim.

 

 

ficha sussurros de uma garota apaixonada

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

7 comentários

  1. Ah que pena que o livro é assim, porque o titulo é legal e a capa é mesmo muito linda, você olha e fala "ah deve ser bom"
    Acho que se eu tivesse lido o livro também teria percebido algumas dessas coisas, então voc~e não ta ficando chata.
    :*

    ResponderExcluir
  2. Eu nao acho voce chata. acho que voce esta certa, um livro pode ter a capa perfeita, uma sinopse boa, detalhes meigos, mas sem uma historia e narrativa boa ele fica chato.
    obrigada e esperando por mais!
    obrigada com a sinceridade ♥
    adorei a resenha, foi O-TI-MA!

    ResponderExcluir
  3. A sua "chatisse" é que você lê muitos livros... escreve sobre eles. Isso a deixa com um olhar mais apurado ...

    Adorei o jeito que você escreveu ... soube muito bem colocar o seu ponto de vista ... está de PARABENS!

    ResponderExcluir
  4. Resenha magnífica!!! Chata nada... Verdadeira! Adorei!!!! Um olhar crítico, uma opinião realista! Perfeita!

    ResponderExcluir
  5. Tb Adoreiiii S8inceridade acima de tudo!! Descreveu lindamente seu ponto de vista !!
    bjks

    ResponderExcluir
  6. Oi, :)

    Gostei muito da sua sinceridade; muitas pessoas apenas diriam que o livro só não foi um de seus preferidos, mas foi muito interessante você "alertar" sobre vários ponto importantes já que eu estava botando muita fé nessa história. A capa e linda e a sinopse te faz achar que vai ser uma daquelas histórias que vai te prender do inicio ao fim agora não estou tão certa e você soube escrever muito bem sua opinião.

    Parabéns. (:

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir
  7. Eu li um livro da Mandy... até gostei... mas nem percebi a 'baixa qualidade' de escrita... depois eu não li mais nenhum livro dela... e nem da Underworld... mas acho que a sua sinceridade.

    Beijos!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras