De repente, o amor – Susan Fox

22/02/2014

de repente o amor

Aos trinta e um anos, a sorte de Kat Fallon com os homens já se mostrou longe de ser algo positivo. Mas quando ela convida seu melhor amigo e vizinho Nav Bharani para ser seu par no casamento de sua irmã mais nova em Vancouver, ela não imagina que está para embarcar na maior surpresa de sua vida...
Nav é apaixonado por Kat desde que ela se tornou sua vizinha, e quando ela diz para ele que adora viagens de trem, principalmente pela possibilidade de "conhecer" estranhos, Nav bola um plano para ganhar o coração de Kat. Em cada parada do trem durante a viagem ele aparecerá disfarçado como "um desconhecido sexy". Kat cai nesta brincadeira sensual, mas o que começa como uma simples diversão transforma-se em algo mais denso e Kat se vê em dúvida se permanece em suas fantasias sexuais de solteira ou investe no seu par perfeito. Sexy, divertido, intrigante...

Quando lançou De repente, o amor eu confesso que tive uma certa preocupação... Na verdade eu não fui muito com a cara do título se é que dá para entender. Hoje, depois de ter finalizado a leitura, penso que não teria como ser outro.

Essa coisa de envolvimento entre amigos sempre me pega de jeito. É meio que cutucar uma de minhas feridas já que passei por isso e não tive o final que gostaria, porém adorei o modo como tudo acontece na história. Melhor ainda foi ir conhecendo os dois lados da história já que a narração é intercalada entre Kat e Nav.

Apaixonado por sua vizinha e amiga, Nav vê Kat passando por vários relacionamentos ruins. Ele quer ser o próximo e último, mas como romper a barreira do “somos grandes amigos”? Sua sorte parece mudar quando Kat o convida a ser seu par no casamento de sua irmã mais nova, mas como fazer com que ela enxergue a verdade? Decidido a arriscar tudo, ele cria uma brincadeira durante a viagem de trem até a casa dos pais de Kat.

“Ele era perfeito. Apoiando a maior parte do peso nos joelhos e antebraços, ele não era pesado. Só firme, gostoso e sexy. Com um leve aroma de sândalo e muito cheiro de sexo. Se alguém engarrafasse essa fragrância, haveria uma quantidade muito maior de homens se dando bem.” (pág. 128)

Nav... Como não ama-lo??? Ele é lindo, companheiro e perfeito. Fotógrafo e muito sexy. Ainda mais sexy é a sua confiança. Ele sabe o que quer, não desiste fácil e isso o deixa ainda mais perfeito. Isso sem falar que ele é indiano e tem um sotaque perfeito para se apaixonar (eu já falei que tenho uma quedinha por sotaques né?) e como bom indiano é ‘treinado nas artes do amor’ aka Kama Sutra.

“ – Por que você se compara com os outros? Você é você. Linda, talentosa, interessante, generosa, divertida de se ter ao lado. Você é ímpar, especial e valorosa. Principalmente quando para de se esconder atrás da insegurança e deixa seu verdadeiro eu se mostrar.” (pág. 274)

E como se não bastasse o que eu disse acima, tem como não se apaixonar quando um cara diz coisas como essa? E olha que essa é apenas uma das citações dele que eu tenho marcada, meu livro ficou cheio de marcações de frases românticas, inspiradoras e fofas :)

Susan Fox nos presenteia com um livro lindo e sexy na medida certa. Nav me encantou... Kat me irritou um pouco – mas só um pouquinho porque eu adorei ela... E a viagem de trem deu o toque de diversão que o livro precisava. Estou mais que curiosa para ler o destino das outras irmãs Fallon e você também deveria ;)Lica

                

                        

PS: Eu escrevi a resenha logo após terminar a leitura de De Repente, o amor e foi somente após De Repente, é ele que eu descobri a sequencia exata da série de Susan Fox. No caso, este é o segundo livro da série – onde cada livro conta a história de uma das quatro irmãs Fallon.

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

3 comentários

  1. Não gostei muito deste livro. A Kat é muito fútil e cheia de bobeira. Com um gato como vizinho e fica perdendo tempo com homens sem conteúdo. E o coitado fazendo tudo por ela. Chato isso. Odiei a Kat. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Olá! Este livro já está na minha estante, aguardando para ser lido e gostei muito de ler sua resenha antes de lê-lo. Acho o enredo bem interessante e, depois de ler sua opinião, fiquei mais curiosa ainda para acompanhar o desenrolar deste romance, sem contar que também adoro romance entre amigos! :)
    beijos!

    ResponderExcluir
  3. Estou muito ansiosa pra ler essa série, já li várias resenhas sobre os livros e fiquei muito curiosa, afinal gosto desse estilo literário mesmo com a diversidade que tem deles hoje em dia, mas me parece que a Susan tem um quê a mais na sua escrita e em seus personagens que encanta seus leitores porque até agora não vi resenhas negativas.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras