Colin Fischer – Ashley Edward Miller & Zack Stentz

28/04/2014

Colin-FischerO ano letivo de Colin Fischer acabou de começar. Ele tem cartões de memorização com expressões faciais legendadas, um desconcertante conhecimento sobre genética e cinema clássico e um caderno surrado e cheio de orelhas, que usa para registrar suas experiências com a MUITO INTERESSANTE população local. Quando um revólver dispara na cantina, interrompendo a festinha de aniversário de uma das garotas, Colin é o único que pode investigar o caso. Está em suas mãos provar que não foi Wayne Connelly, justamente aquele que mais o atormenta, que trouxe a arma para a escola. Afinal de contas, a arma estava suja de glacê, e Wayne não estava com os dedos sujos de glacê…

Eu não tinha lido nada sobre Colin Fischer quando decidi colocá-lo em minha lista de leituras. Achei a capa fofa e as vezes isso basta. Antes de ler a sinopse, li os comentários na contra-capa e sabia que assim que ele chegasse aqui em casa ele furaria a fila. Dito e feito. E não me arrependo.

Colin Fischer é um fofo. Mas digo isso com plena certeza de que ele é um fofo por que está nas páginas, por que acabamos conhecendo Colin por alguns breves momentos e imagino que no dia a dia não deve ser fácil lidar com uma pessoa com a Síndrome de Asperger. Mesmo assim, ele é um fofo!

image

Mas os outros personagens também são fofos e conquistam... Os pais de Colin e a forma como eles tentam lidar com Asperger e seu irmão totalmente normal, Melissa e o quase envolvimento com Colin, o professor de educação física que aparentemente não está nem ai para a síndrome de Colin e o coloca em situações limites (mas importantes para o menino), a diretora que entende o caso e nem por isso não toma as atitudes necessárias com o garoto... Enfim, há muitos personagens bons em Colin Fischer.

A forma como os acontecimentos vão sendo narrados é bem envolvente. Colin é muito lógico e quando percebe que algo está errado ele precisa resolver o problema. A questão nem é ‘salvar’ Wayne e sim encontrar a verdade que é muito mais importante. A relação que acaba se criando entre os dois chega a ser irônica, afinal Colin era alvo de Wayne desde a pré-escola.

“A vida real não funciona como um romance de mistério. Mas deveria.” (pág. 152)

Ao mesmo tempo que é incrível a capacidade de Colin em saber sobre muitas coisas de muitos assuntos, isso resultou em uma das poucas coisas que me incomodou no livro. As excessivas notas de rodapés. Algumas foram desnecessárias e longas demais para mim, fazendo com que o ritmo da leitura diminuísse um pouco – mas não chegou ao ponto de apagar o brilho da história.

Colin-Fischer capitulo

É tão engraçado como algumas coisas acontecem... Sempre falo do quanto é difícil um livro único em meio a tantas séries e trilogias, mas ao terminar o livro fiquei com uma super vontade de quero mais... Saber o que virá depois de tanto que aconteceu com Colin, de saber mais de Wayne, de Melissa... Adorei o livro e realmente gostaria de uma continuação.Lica

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

4 comentários

  1. A capa é linda e a história parece ser leve e divertida, e algumas parte cansativas, mas não me interessou o livro. Já ouvi outras resenhas e ainda não me interessou lê-lo.

    ResponderExcluir
  2. Eu não me interessei pelo livro quando vi o lançamento, também não gostei da capa. E ainda não tinha lido nada sobre ele. Que bom saber que você gostou da história. Eu não sabia que falava sobre a Síndrome de Asperger. Livros que falam de histórias assim sempre emocionam.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu não gostei muito da capa, mas fiquei curiosa para saber o que ele fará para provar sua inocência. Tantos mistérios, bem intrigante
    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso Top Comentarista

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o livro e também não conhecia a Síndrome de Asperger. Adorei a resenha, e apesar do livro não ser algo que leio normalmente, sua resenha me fez querer lê-lo e embarcar no mundo do Colin!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras