O Dom [Bruxas e Bruxos II] - James Patterson

10/04/2014

Olá galera da resistência.

Como prometi, se ainda ficasse livre para ler o segundo livro e contar para vocês sobre a N.O. (Nova Ordem) eu escreveria, aqui estou.


Sinopse: "Os irmãos Allgood nunca desistem de lutar contra os poderes autoritários e desumanos d’O Único Que É O Único, mas, agora, eles estão sem Margô — a jovem e atrevida revolucionária; sem Célia — o grande amor de Whit; e sem seus pais — que provavelmente estão mortos...
Então, em uma tentativa de esquecer suas tristes lembranças e, ao mesmo tempo, continuar seu trabalho revolucionário, os irmãos vão parar em um concerto de rock organizado pela Resistência onde os caminhos de Wisty e de um jovem roqueiro vão se cruzar. Afinal, Wisty poderá encontrar algo que lhe ofereça alguma alegria em meio a tanta aflição, quem sabe o seu verdadeiro amor...
Mas, quando se trata destes irmãos, nada costuma ser muito simples e tudo pode sofrer uma reviravolta grave, do tipo que pode comprometer suas vidas.
Enquanto passam por perdas e ganhos, O Único Que É O Único continua fazendo uso de todos os seus poderes, inclusive do poder do gelo e da neve, para conquistar o dom de Wisty... Ou para, finalmente, matá-la."

Não posso demorar muito escrevendo, há tropas por todos os lados e já não sei mais em quem confiar. Vou tentar escrever o que eu puder antes da energia ser cortada novamente em nossa casa. Medidas cautelares da N.O.

O que eu posso dizer a vocês é que a quantidade de capítulos não diminuiu, continuam sendo muitos, incansáveis e inconvenientes. Posso garantir que deve ser algo calculado pela N.O. para que pessoas de espírito livre e opinião própria não leiam até o fim e não saibam a verdade sobre a luta de nossos amigos da resistência. Fica ainda mais evidente o controle que a ditadura tem sobre a sociedade, sobre todos os livros perdidos, toda arte desaparecida e toda música banida. Tudo está tomado! Este livro pode ser parte de um plano superior de manipulação. Não sei...

Neste livro, a sequência de acontecimentos amadureceram as personagens principais muito rápido, fazendo com que pensássemos que não eram mais aqueles que conhecemos, fazendo com que amigos traíssem a causa e mais mentiras fossem contadas aos escravizados. Pobres almas...

A rotina dos protagonistas fica mais 'pesada', tornando a leitura interessante e mais articulada. Como se trata de uma guerra, de um ditador, de ações de guerrilha, a pressão para contar este livro deve ter se tornado mais difícil, fazendo com que o autor tivesse a ajuda de outro colaborador nessa empreitada. Fico me perguntando se ele não seria um agente da N.O. disfarçado, trazendo para o livro coisas que talvez não sejam verdade ou controlando as ações do escritor...

Assim sendo, devo tomar todo o cuidado para não expor minha identidade, senão posso não estar viva para contar o que encontrar no terceiro livro, onde provavelmente a caçada ficará mais intensa e a fuga mais difícil.

Espero estar entre amigos quando escrevo, pois só assim restará pessoas para lutar com todo este sistema que o Único que é o Único criou para si, somando forças com todos que se deixam levar. Será que mais segredos serão revelados? Não tenho ideia, o que eu sei é que já deram o toque de recolher e em breve todos ficarão sem energia e sem água, a mercê dessa tirania e perdendo o poder da comunicação e a liberdade!

Espero que tenhamos uma próxima conversa...

Que tal conferir também...

6 comentários

  1. gent não consegui nem terminar de ler esse livro, achei péssimo!

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  2. Apesar de ter gostado e muito da sua resenha, este livro entre os três lidos até agora foi o pior para mim.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  3. Essa série não é uma que eu leria, apesar da sua resenha ter deixado o livro interessante, acho que é gostar ou não vai de cada leitor.

    ResponderExcluir
  4. Ainda não li o primeiro, pelo que vejo muita gente não gostou dessa série, mas acho que valeria a pena ler.

    ResponderExcluir
  5. Fiquei morrendo de tensão lendo sua resenha. Você entrou na história como se fosse um deles e me deixou encantada com a forma que descreveu.
    Ansiando pela continuação da N.O.
    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso Top Comentarista

    ResponderExcluir
  6. Oi Gisele. Achei divertido o jeito que você escreveu a resenha. Deu pra perceber bem o clima que domina o livro.
    Beijos

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras