Fuga da Biblioteca do Sr. Lemoncello - Chris Grabenstein

21/08/2016

Nesta eletrizante aventura rodeada de livros, Kyle é um dos doze convidados para passar uma noite na biblioteca do famoso e excêntrico Luigi Lemoncello. Quando amanhece, no entanto, todas as portas estão trancadas! Agora Kyle e as outras crianças terão que solucionar cada pista e decifrar as charadas para encontrar a saída! Será que você consegue descobrir como escapar da biblioteca?
Links de Compra: Submarino - Saraiva - Cultura


Sabe aqueles livros que não precisam de muito para você ter vontade de ler? Como grande leitora, falou em biblioteca já basta para chamar meu interesse e foi assim que Fuga da Biblioteca do Sr. Lemoncello entrou na minha lista de desejados. Ao ver a capa, além de achar linda, fiquei ainda mais empolgada ao imaginar o que poderia vir nessa história. Então, embarquei nela sem nem ao menos me preocupar com a sinopse.

"- Ei, Kyle... sabe o que dizem sobre bibliotecas?
- Hmm, na verdade, não.
- Que elas têm algo para cada capítulo da sua vida! (pág. 27)"

O livro tem um começo bem interessante, que me fez ficar empolgada. Kyle está em uma competição de um dos jogos de tabuleiro do sr. Lemoncello com seus irmãos. E isso me lembrou muito os momentos que eu tive na infância com meu irmão e minha prima. Claro que a gente nunca teve jogos de tabuleiros que propunham uma espécie de caça ao tesouro pela região, mas sempre adorei esse estilo de jogo.

Todo mundo meio que sabe da construção/reforma da biblioteca da cidade. A obra finalmente está chegando ao seu final - e todos estão curiosos em saber o que vem por aí já que nenhuma empresa de construção ou outros detalhes ficou trabalhando tempo o suficiente para saber muito do que se trata. É uma grande surpresa o que vem por aí, e a professora de Kyle solicitou uma tarefa extra, onde os alunos teriam que escrever uma redação sobre o que espera da inauguração. Claro que Kyle não a fez, mas ao entrar no ônibus a caminho da escola ele descobre que as doze melhores redações irão participar da noite de abertura - e mais, seu ídolo, o sr. Lemoncello estará presente.

"- O quê? Ah, bom dia, sr. Lemoncello. Não esperava encontrá-lo aqui, dentro da biblioteca. Hoje não é o seu aniversário, senhor?
- Sim, Charles. E não existe outro lugar no qual eu gostaria de estar no meu grande dia do que dentro de uma biblioteca, rodeado de livros. A não ser, é claro, que pudesse estar em uma ponte para Terabítia." (pág. 240)

Kyle decide arriscar a sorte e escreve sua redação no ônibus mesmo. Na verdade, a redação está mais para uma frase do que realmente um texto. Mesmo assim, ele não pode perder a chance de participar. Quem leu até aqui, deve estar pensando que eu já contei demais do enredo. Mas, não se preocupem... Tudo o que falei acontece nas primeiras 30 páginas.

Sim, o ritmo é bem acelerado no início, com muita coisa acontecendo em apenas dois ou três dias. Gostei dessa ação toda no enredo - e talvez isso fez com que eu esperasse por muito mais durante a real parte de ação da história... Com uma pitada de perseverança e um pouquinho de sorte, Kyle acaba conseguindo uma das doze vagas para passar a noite na biblioteca, onde descobre que ficarão trancados até o dia seguinte - participando de uma espécie de jogo de tabuleiro onde os próprios alunos são os peões do jogo. Ser escolhido entre um dos doze alunos foi a parte fácil, mas será que Kyle e seus amigos conseguirão concluir o jogo e achar a saída da biblioteca?

"Uma biblioteca não precisa de janelas, Adrew. Temos livros, que são janelas para mundos que nunca sonhamos serem possíveis." (pág. 59)

E foi exatamente aí em que a leitura me fez perder um pouco do entusiasmo que eu estava. Quer dizer, eu esperava algo mais espetacular, afinal, tanto segredo, tantas regras e tanta empolgação deveria me levar a acreditar que o livro era incrível. Não foi exatamente assim, mas não posso dizer que foi uma leitura ruim. Foi aquela leitura gostosa de se fazer, que a gente chega ao fim achando que foi um bom livro - mesmo podendo ter sido um livro memorável.

Um dos grandes pontos positivos para quem curte ler, são as várias referências que temos ao longo da história, sejam de autores ou de títulos literários. Em um determinado momento eu estava achando tudo com um que de A Fantástica Fábrica de Chocolate e não demorou muito para ela ser citada na história. Quem é apaixonado pela história do Willy Wonka vai encontrar muitas semelhanças de um certo modo - e com certeza irá curtir muito a aventura de Kyle.

"- O sr. Lemoncello é bastante parecido com o Willy Wonka - comentou Kyle.- Você quer dizer tão louco quanto? - perguntou Akimi.- Prefiro o termo 'excêntrico'." (pág. 173)

Fuga da Biblioteca do sr. Lemoncello tem muitos momentos incríveis, com uma narração leve e gostosa de acompanhar. É um livro de ação no melhor estilo dos jogos de tabuleiro onde as pistas estão no caminho e você fica tentando adivinhar os maiores detalhes junto com os personagens. A Bertrand acertou na capa - que além de linda e super colorida combina muito com a história - e também acertou a mão na diagramação.

Acredito que é a dica perfeita para quem curte histórias no estilo Uma noite no Museu ou A Fantástica Fábrica de Chocolate (como já citei acima). E mais, para os que pensam que apenas uma noite de jogos em uma biblioteca é pouco, o autor também escreveu um segundo livro - onde o sr. Lemoncello junto com Kyle e seus amigos estão de volta para uma espécie de jogos olímpicos. Eu já estou esperando que a Bertrand lance Mr. Lemoncello's Library Olympics logo por aqui :)

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

15 comentários

  1. Olá!
    Estou muito curiosa com esse livro! O enredo que o autor criou, com todos esses enigmas, parece ser bem emocionante. Mas entendo essa sua decepção com o final, mas acredito que por ser um livro mais voltado para o público juvenil o autor não quis dificultar muito. Mal posso esperar para ler.
    Beijos.
    https://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  2. Realmente, essa capa é maravilhosa, bem colorida e fofa também. E quando estava lendo a resenha, realmente me lembrei de A fantástica fábrica de chocolate, parece um livro bem leve e que deixa um suspense no ar para saber o que vai acontecer nas próximas páginas. E esse segundo livro sobre olimpíadas, e o espírito que estamos vivendo atualmente, me deixou mais curioso ainda. Enfim, ficou anotado na minha listinha.
    O Pequeno Leitor

    ResponderExcluir
  3. Olá Lica,
    Essa capa chama muito minha atenção e tenho vontade de ler o livro há bastante tempo, mas não sabia sobre o que se tratava. Gostei de saber das referências que o livro possui e que ele é indicado para quem curte A Fantástica Fábrica de Chocolate que é uma história incrível, diga-se de passagem.
    O livro ser acelerado no começo é um ponto positivo que me agradou bastante.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  4. Gostei da capa também não conhecia o livro mais o tema é bem legal eu gosto de livros que começam já com ação pois quando o começo é mais parado eu tenho dificuldade em engrenar na leitura.
    Adorei a dica
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  5. Oiee ^^
    Eu já tinha visto a capa desse livro antes, mas não tinha lido a sinopse dele. Parece ser um livro bacana, mas eu confesso que esperava mais...kkkk' imaginei que seria mais eletrizante, mais TUM, sabe? É uma pena que ele tenha te desanimado em algumas cenas, mas faz parte, né?
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi linda, tudo bem?
    A capa desse livro está realmente linda, eu amei a escolha de cores!
    A premissa me interessou bastante pois curto histórias assim leves, divertidas, mas que tem também uma pitada de mistério no ar.
    Fiquei curiosa e tenho interesse de realizar essa leitura.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Lica! Tudo bem?
    Que delicia de lindo seu blog! Amei! Sua resenha ficou fantástica, adorei a diagramação da sua resenha, toda colorida! Linda mesmo!
    Quanto ao livro, já conhecia e até já li uma resenha dele, então posso te dizer que ele está na minha lista de leitura, só não sei quando realizarei a leitura!
    Bj

    ResponderExcluir
  8. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro de forma alguma, mas ate estou curioso!! :) Ainda bemq eu gostaste tanto da leitura! :)

    Bem, dos livros que citaste para comparar, eu confesso que nunca li por isso não posso dizer mas também não me parece mal! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Lica.
    Menina, não conhecia esse livro mas já sei que esse livro é tudo que preciso na vida! Hahahahah
    Eu adoro jogos, gincanas, caça tesouro e essas coisas e isso tudo acontecendo dentro de uma biblioteca cheia de referências, é perfeito!! Quando li a sinopse já senti parecido com a Fantástica Fábrica, você confirmando me agradou ainda mais.
    Sério, mesmo você falando que o livro poderia ter sido ainda melhor, eu to muito animada pra lê-lo! E obrigada por me apresentar a esse livro.
    Beijo

    ResponderExcluir
  10. Oi!

    Eu já li algumas resenhas sobre esse livro e to bem curiosa para conferir, pois eu adoro essas coisas de pistas e esse tipo de ação que faz o leitor pensar. Adorei a sua resenha, muito coesa e sincera. parabéns!


    beijos!

    ResponderExcluir
  11. Gente, me arrependi de não ter solicitado esse livro! Amei sua resenha e saber mais sobre a história. Eu adoro uma noite no museu, então saber que é recomendado por isso, já quero ler! Espero não sentir essa desempolgação que nem você.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  12. Oi, esse é um livro que me deixa extremamente na dúvida entre a vontade de ler e o achar que não irei gostar tanto. Gosto da temática, mas não gosto tanto da rapidez em uma parte e nas outras não... Gosto do fato das crianças terem que desvendar mistérios e ao mesmo tempo penso até que ponto isso poderá me surpreender sendo diferente de outras histórias... Então ainda não consegui chegar a uma conclusão e sua resenha me fez tender a ler, mas vamos ver!
    Beijos
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  13. Gostei bastante do desenvolvimento e não achei que vc revelou demais, e pelo jeito o ritmo parece ser rápido e isso torna muito mais fluido.

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Eu estou com vontade de ler esse livro desde que vi a primeira resenha. Ficar preso em uma biblioteca por uma noite, quem nunca quis? Eu acho que irei gostar bastante da leitura, pois parece ser um juvenil bem gostoso de se ler e com uma pitada de suspense.

    ResponderExcluir
  15. Geente, que lindo, melhor lugar pra ficar preso. Realmente gostei da temática e com certeza leria. Sinceramente, entrou pros meus desejados. Abraço!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras