Você se lembra de mim? - Megan Maxwell

11/08/2016

Alana é uma mulher independente que não acredita no amor e tem na profissão sua única razão de viver. Jornalista freelancer, é enviada a Nova York para escrever uma reportagem sobre a metrópole, onde conhece o atraente Joel Parker. Quando ela descobre que aquele homem bonito e sedutor que tem lhe feito companhia nos últimos dias é um militar, como seu pai uma lembrança que ainda a assombra , a jornalista desaparece sem deixar vestígios. Apesar de resoluta em sua vontade de se afastar do capitão da Marinha americana para não repetir a história de sofrimento de sua mãe, ela não conseguirá aplacar o desejo de seu coração por Parker. Quem vencerá essa disputa entre razão e emoção? O passado de sua mãe irá assombrá-la ainda mais ou irá ajudá-la a esclarecer muitas questões mal resolvidas?

*****

Oi gente, como vão vocês? Ai, ai... o que fazer quando você acaba de ler um livro lindo, maravilhoso e fica com aquela ressaca? É assim que me senti ao acabar de ler mais esse maravilhoso livro da Megan, que não, não tem nada a ver com tudo que eu já tinha lido dela até hoje. 

Bom, primeiro deixa eu dizer que esse romance é baseado na história da própria Megan e sua mãe, logo, eu amei de paixão ler um romance inspirado em algo palpável, vocês sabem que eu adoro. Devo alertá-los também que o livro se divide em duas partes: a história de Carmen (que se passe durante a Guerra do Vietnã e a história de Alana, nos tempos atuais)..... 

Megan é mestra, não perde sua alma latina em todos os seus livros, e sim, conta a história de duas irmãs, Loli e Carmen, que saem da Espanha para a a Alemanha em busca de melhores condições de vida, l[á nos anos 60.... como foi difícil essa transição, por causa da língua, das saudades, dos costumes, e de tudo mais, né gente! (Ai meu paizinho, como não vou dar spoilers????)

Bom, voltando, eis que Carmen vê-se apaixonada por Thedy, um soldado americano, e acontece tudo que não podia acontecer: ela engravida, ele vai lutar com vietcongues no Vietnã e eles nunca mais se encontram... gente... dá pra imaginar, uma imigrante, grávida, sozinha, com uma filha linda nos braços, em um país estranheiro sem saber nunca mais notícias do pai de sua filha?


Eis que damos um pulo de mais de 35 anos no tempo e conhecemos Alana, uma jovem jornalista, super decidida, que foi casada mas está superando uma separação super na boa. Na esperança de que ela conheça mais de sua própria história, sua mãe Carmen, deixa a ela seus diários, que falam dos tempos da imigração, da guerra e do romance com seu pai.... mas quem disse que ela dá bola...... 

E Megan é tão linda e fofa, que faz a história se amarrar tão lindamente que faz nossa linda Alana ( gente, passei a amar esse nome) se apaixonar por Parker, um soldado americano que está em combate no Iraque, e será que a história irá se repetir? Deixo a vocês descobrirem....

Recomendo a todos esse livro fantástico, com um toque de simbolismo e modernidade, uma pegada sensual (somente nos dias atuais) nostalgia e todos os elementos que um bom romance deve ter..... No fim do livro, você ainda contará com fotografias reais de Megan e sua mãe.... uma fofura só.... Não deixem de ler, assim como eu, vocês irão se apaixonar. 

Até a próxima!

Sou a Fabi.... blogueira, escritora e eterna sonhadora!

Que tal conferir também...

14 comentários

  1. Olá,boa noite!
    Estou louca para ler esse livro, principalmente agora que eu descobri que é baseado na vida da Megan. Amei a resenha ❤
    Convido você para conhecer meu blog,bjs!


    Refúgio da Ju

    ResponderExcluir
  2. Muito interessante! E que livro bacana! Um romance dramático? Até me lembrou o livro do Marc Levy, Os filhos da liberdade, onde ele conta a história do Pai dele na guerra. E quando tem fotos e anexos no final, sempre fica mais legal! Parabéns pela resenha Fa, você escreve com o coração! : )
    RicBrandes : )

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Ooi! Adoro passar de vez em quando no blog de vocês pra ler as resenhas, adoro a maneira como vcs escrevem! Não costumo comentar porque sou péssima com as palavras. Mas esse livro Me chamou muito atenção! As fotos do final então! Sempre tive uma "queda" por histórias de soldados hahaha e do jeito que você falou desse livro me deu muita vontade de ler!! E realmente como foi comentado no comentário anterior, você escreve com o coração! Adorei a resenha! Exclui o anterior porque tinha redundância e fui arrumar hahah
    Bjss Rafa

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho um pé atrás com Megan por conta da serie peça-me o que quiser (acho que é esse o nome) tenho medo de jogar dinheiro fora de novo kkkkk. Mas tenho visto muitas resenhas positivas deste quem sabe n me rendo.
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  6. Oie

    A princípio o livro não tinha chamado minha atenção, mas depois de saber que é baseado na história da autora e sua mãe fiquei super curiosa, gosto quando é assim.
    Só a capa que não curti muito.
    Adorei a resenha!

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oiii, tudo bem?
    Gente que resenha é essa? Ficou incrível, porém o livro em si não despertou nenhum pouco meu interesse, não chamou a minha atenção.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Eu sempre gostei da Megan e já tinha visto esse livro.
    Achei a sinopse interessante e tudo mais, mas agora, depois de saber que te deixou com ressaca... Preciso correr e ler ele logo então, porque amo livros que deixam a gente assim, ressacada!!

    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  9. Caramba, que resenha bacana! Adorei saber que há fotos reais da autora e a mãe.
    Então, faz tempo que quero ler esse livro é está na lista!
    Obrigada pela dica.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Olá,

    Gosto muito dos livros da autora, mas ainda não pude ler este que sendo baseado em uma história real me deixou super curiosa. Vou anotar a dica.

    Abraços
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  11. Ual, jurava que a capa desse livro me passava qualquer coisa menos isso.
    Adoro histórias não-ficção ou que são baseadas em histórias reais, parece que passa mais sentimento e sentimento é sempre bom.
    parece ser um romance maravilhoso, fofo e cheio de emoção, tanto da Alana quanto da mãe dela, com certeza quero ler mas acho que deveria ter uma capa diferente e mais a ver com a história

    ResponderExcluir
  12. Fiquei muito intrigada com os motivos de Alana para não querer envolver-se com um militar, como seu pai. Já havia lido algumas resenhas sobre o livro e, a cada uma que leio, penso sobre isso. Creio que o trauma da moça deve ser muito grande mesmo. Parece ser uma boa leitura.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  13. Oi,
    Não sabia que o livro foi baseado na história da autora e da sua mãe, deve ser muito bom ler algo real.
    Deve ser uma leitura emocionante e apaixonante.
    Vou colocar na minha lista de leituras.
    Parabéns pela resenha
    beijos

    ResponderExcluir
  14. Gosto muito de livros que trabalham esse temática, amor nos tempos de guerra, reecontros, conhecer um ao outro novamente. Li algumas resenhas dessa obra, mas ainda não tive a oportunidade de lê-la. Espero conseguir em breve.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras