A garota que perseguiu a lua – Sarah Addison Allen

18/06/2013

A-Garota-Que-Perseguiu-a-Lua

Você está oficialmente convidado para conhecer Mullaby, uma cidadezinha muito simpática, mas muito cuidado, pois nela nada é o que parece. Depois da morte da mãe, Emily é mandada à cidade para morar com o avô que até então não conhecia, e começa a se envolver com (muitos) mistérios de Mullaby. Para isso, ela conta com a ajuda de Julia, uma confeiteira que estudou com a sua mãe e que carrega um grande segredo. Existem mesmo papeis de parede que mudam de com? De onde vem as famosas luzes de Mullaby? Poderia um dos bolos de Julia trazer de volta um amor perdido? Entre histórias de amor, de perdão, acontecimentos inexplicáveis e doces deliciosos, descubra os segredos de Mullaby.

Cativantemente lindo. Ao terminar a leitura fiquei com aquela sensação de que o livro deveria ter mais páginas porque uma história linda assim não deveria acabar tão rápido. Fiquei sem palavras… E ainda me sinto sem palavras para escrever uma resenha.

“Não espere que o mundo mude, Emily”, sua mãe costumava dizer algumas vezes com uma voz frustrada. “Mude-o, você mesma!” (pág. 28)

A garota que perseguiu a lua se passa em Mullaby, uma cidadezinha cheia de mistérios. Temos um avô ‘gigante’ que passa muito tempo verificando a secadora de roupas, homens de uma família com um probleminha em sair a noite (mas nada de lobisomens ou vampiros, ok?), doces que podem deixam rastros maiores que seus cheiros e um papel de parede pra lá de interessante.

“- Estou sempre com saudade de casa – ela disse sem olhar para ele. – Só não sei onde é minha casa. Há uma promessa de felicidade por aí. Eu sei disso. Até sinto às vezes. Mas é como perseguir a lua: bem na hora em que você acha que a tem, ela some no horizonte.” (pág. 175)

É em meio a tudo isso que Sara Addison Allen constrói o livro e vai, a cada página ganhando o leitor. Impossível não se encantar com as belas imagens criadas por suas palavras. Impossível não ficar cativado e querer conhecer de perto os habitantes e a cidade de Mullaby.

Minha personagem preferida foi sem dúvida Julia. Ela é completa com sua mecha rosa e todas as suas dúvidas e sua busca pelo lar. Fiquei querendo uma história toda só dela e saber muito mais do seu futuro.

“E pensar que, depois de todo esse tempo, depois de toda sua busca e espera, depois de toda a tristeza e o tempo que ela passara longe, ela voltara para descobrir que sua felicidade estava bem ali, onde ela deixara.” (pág. 209)

Por falar em futuro, esse é o único ponto fraco para mim no livro. Allen conta o momento presente intercalando lembranças e acontecimentos do passado. Quando cheguei ao final, fiquei esperando o que viria depois. Por um momento achei que tinha algo errado com a minha edição, que não poderia terminar assim. Mas espere… Não estou dizendo que o final tem problemas, longe disso. Acredito que essa sensação veio mais da questão de não querer que a história terminasse, como comentei acima.

“Ele deu uma curta risada por estar se antecipando tanto. Podia ser alto o suficiente para enxergar o amanhã, mas ele não olhava nessa direção há muito tempo. Esquecera-se o quanto era radiante. Tão radiante que ele mal podia suportar.” (pág. 226)

Docemente mágico. Temos um livro com a mistura perfeita de questões sérias e magia, de realidade e de sonho. Perfeito para animar seu astral e te deixar com um sorriso bobo no rosto ao final da leitura.Lica

 

 

PS: A capa é linda e a Planeta fez um ótimo trabalho de diagramação. No início de capa capítulo as linhas são curvas (espia só), dando um toque lindo ao livro.

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

15 comentários

  1. Olá,tudo bem?
    Eu adorei a resenha me fez ter mais vontade de terminar o livro.
    Bjs!
    http://pocketlibro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie!
    Estou louca para ler este livro, ele parece ser ótimo!
    Essa capa é muito linda, né?

    Beijos*
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Aiii que liiindo o início de capítulo, as borboletas, as linhas curvas, que amooor!!!
    Já tô de olho neste livro tem tempos, ainda não consegui, mas pretendo.
    Amo livros que mesclam realidade e magia de maneira encantadora.
    E entendo bem você sobre o final acabar sendo insuficiente por estar tão envolvida, aconteceu comigo recentemente. =(
    Lindos os quotes, em especial o que fala da lua, mas também gostei do que fala sobre encontrar a felicidade onde já estivera, lembrei um pouco de "O alquimista".

    ResponderExcluir
  4. Eu quero muito ler esse e O Pessegueiro. Td pq li Encantos do Jardim e amei.

    ResponderExcluir
  5. Ai que lindo!!! Nossa fiquei encantada com a sua resenha, eu aumentou muito a minha curiosidade de ler este livro, sem contar que eu achei a capa perfeita. Com as borboletas lindas na capa que vc tanto ama.
    Bjokass

    ResponderExcluir
  6. Estou pra ler o meu e fico aqui adiando. A história dele tem um jeito de ser boa, eu gostei. Se vai agradar ou não agora é só lendo pra saber, mas acho bem bom.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Lica!
    Entendo bem o que você quis dizer sobre o final... Ficou, pra mim, incompleto. Talvez porque eu não gosto quando fica no ar, sabe? Não gosto de imaginar o que acontece depois, prefiro quando o autor deixa tudo bem claro. rs

    Sobre o livro em geral, eu gostei muito! Mas sempre que leio algum livro dessa autora, fico sentindo falta de um aprofundamento maior, sabe? Pra mim fica tudo meio na superfície. Agora há algo que não posso negar: a narrativa dela é muito envolvente e realmente encantadora! Ela escreve livros que você vai lembrar de vez em quando e ter vontade de ler novamente.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Que livro mágico, pela capa eu não diria isso, mas me surpreendi com a resenha, um livro cheio de mistérios, é ótimo ler um livro que você se envolve e não quer que acabe, quer sempre que tenha umas páginas à mais.

    ResponderExcluir
  9. Capa linda e pela resenha a história não decepciona. Gostei da dica e vou anotar aqui!

    ResponderExcluir
  10. Se a sua resenha já me deixou encantada, fico pensando como será com a leitura do livro. E a capa é muito perfeita!

    ResponderExcluir
  11. Pela sua resenha, esse livro é bem suave e tocante. Traz uma leveza que nem todos os livros do gênero possui. Mesmo não sendo do meu gênero preferido, eu leria.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  12. Ai que resenha linda. Fiquei apaixonada pelas suas palavras e querendo muito ler o livro. E os quotes, perfeitos!

    ResponderExcluir
  13. Ok, fiquei muito curiosa a respeito do livro apos terminar de ler a resenha, o livro em parece ser muito bom, vou coloca-lo na minha lista sem duvida nenhuma.

    ResponderExcluir
  14. Ficar com um sorriso bobo no rosto é tudo que preciso! Já li várias resenhas positivas para esse livro e estou bem curiosa para ler. A capa e a diagramação ficaram lindas. bjs

    ResponderExcluir
  15. A escrita da Sarah é super elogiada e essa obra recebeu muitos elogios.
    Realmente a diagramação ficou linda, :)

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras