Algemas de Seda – Frank Baldwin

10/06/2013

Algemas_Seda

Mimi Lessing está noiva do homem que ama, quando seu colega de trabalho, o irresistível Jake Teller, desperta a sua curiosidade e interesse. Disposto a seduzi-la, Jake a convida a assistir, sem ser vista, aos jogos eróticos dele com suas parceiras, a quem leva ao êxtase sexual por meio da dor. Então, as mulheres com quem Jake dormiu começam a ser assassinadas, e a própria Mimi desaparece. Homens e mulheres não deixarão a leitura deste thriller erótico e absorvente até a última página, para a qual se caminha num clima de sensualidade e suspense eletrizantes.

         

Comprei Algemas de Seda bem próximo do seu lançamento. O livro apareceu como sugestão em uma compra que estava fazendo na Saraiva online e decidi arriscar. Com tantas leituras na fila, acabei pegando ele somente nesse mês para ler e ainda não sei ao certo minhas opiniões.

No inicio eu estava adorando o livro. Sério! Algemas de Seda tem uma narrativa interessante que horas é pelo ponto de vista de Jake, horas pelo ponto de vista de Mimi e alguns momentos por um narrador misterioso. Não pude deixar de ficar encantada.

"Sim, havia algo nos olhos dela. Um olhar que eu aprendi a identificar nas mulheres.
Tentação." (pág. 81)

Outro ponto que me chamou a atenção foi que esse é o primeiro livro erótico que leio escrito por um homem. E embora nas informações da primeira página ele apareça como romance, acredito que ele está mais para suspense ou thriller erótico e para mim estava tudo funcionando muito bem até perto do final.

Jake é um homem interessante. Mimi é uma mulher que está prestes a se casar porém não consegue dizer ao noivo que quer algo diferente do que tem em sua vida sexual. Frank Baldwin não explica muito suas personagens. Conforme as páginas vão passando, vamos conhecendo Jake e Mimi, mas não cheguei a entender o porque de eles serem assim. Ficam algumas perguntas sem respostas, principalmente a motivação de cada um para continuar no caminho que escolhem.

"Não é da guerra que se sente saudade. É do espírito daquela época. Alguns de nós tivemos sorte e sobrevivemos, aprendemos a viver como se não fossemos estar aqui amanhã. Porque muitos não estariam. (...) Encontre alguma coisa que lhe dê essa sensação, Jake. Que incendeie seu sangue." (pág. 172)

Conforme as páginas vão passando, vemos um crescimento no envolvimento entre Jake e Mimi, o que fica ainda mais interessante devido ao fato de os dois não terem nada juntos e mesmo assim terem um relacionamento.

O livro vinha se construindo de maneira interessante, me fazendo ficar mais e mais curiosa durante a leitura. Eu queria saber quem era o tal narrador misterioso e o que o motivava a fazer as coisas descritas. Infelizmente o final acabou me decepcionando.

"- Não se preocupe, Jake - diz com a voz firme. - Vi isso em você na sexta-feira passada, e não tenho medo. Prefiro os demônios aos anjos.
- A qual círculo do inferno você está disposta a descer?
Ela beija meu peito, depois olha de novo dentro dos meus olhos.
- Não sei. Vamos experimentar." (pág. 190)

Assim como não encontrei as motivações de Jake e Mimi, também não encontrei as motivações do ‘narrador misterioso’ e não foi nem um pouco convincente a maneira como ele foi descoberto. Foi rápido demais, um insight do tipo “ah, é ele!”. E depois das coisas aparentemente resolvidas, o livro termina com um quê de continuação – mas pelo que encontrei em minhas pesquisas ele é um livro único.

Entre todos os eróticos que temos hoje no mercado, acho que Algemas de Seda é um livro diferente. Embora tenha um certo mais do mesmo se pensarmos no quesito BDSM, aqui não temos nada de romance, e pode ser ‘estranho’ para alguns leitores já que não existe na narrativa uma palavra de segurança para quem está sendo dominada.

"-Ok - diz mais uma vez.
Fecho meus punhos e os descanso por um momento sobre os joelhos, porque percebo que ela não está falando consigo mesma, mas comigo, seu que ela compreende, pela primeira vez, a promessa contida naquelas faixas brancas implacáveis. É a promessa da libertação. Uma libertação doce, longa e intensa como nunca imaginou, e sabe que lutar somente vai retardá-la, somente vai atiçar o fogo que acendi dentro dela. E por isso sussurra "ok" mais uma vez, respira fundo e expira lentamente." (pág. 205)

Não foi um livro perfeito, principalmente por causa dos detalhes que comentei sobre o final. Mesmo assim, gostei de ter lido e não me arrependo de ter comprado. Algemas de Seda me deixou curiosa e querendo ler os demais títulos da Coleção Muito Prazer da Geração Editorial.Lica

Romântica incurável com um toque de Drama Queen. Sonhadora, teimosa e viciada em livros, afinal, se você não pode cair no mundo, viva através dos personagens! Criadora do blog Amores e Livros, ainda acredita que um dia será paga para ler! Facebook / Twitter / Instagram

Que tal conferir também...

14 comentários

  1. As resenhas que li, são sempre assim!
    Mas, ainda assim , vou tentar ler o livro!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  2. Ai que decepcionante. Eu tava achando o máximo pq nem tinha caído a ficha quanto ao livro ser escrito por um homem. XD
    Mas esse diferencial, não teve tanto efeito assim, né?
    E o narrador misterioso não foi uma grata surpresa?
    Boa sorte com a próxima leitura.

    ResponderExcluir
  3. Nossaaaaaa!!! Nunca li um livro erótico escrito por um homem. Será que o ponto de vista deles é diferente?! Nossa fiquei bastante curiosa e realmente não sabia que esse livro era erótico e ainda mais escrito por um homem, nunca observei este detalhe. Mais um livro para a minha lista.
    Bjokass

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho esse livro, e pra ser sincera acho que foi minha maior decepção, não sei se por ter feito dele algo que não era, ter criado expectativas altas, em seu lançamento a editora prometeu muito pra algo que não tinha nada a ver. A leitura no início também tava indo pra mim, mas eu vi a história ir se desenrolando, as páginas passando, e nada de nada acontecendo, tudo ia deixando a desejar. Não sei se é porque o livro não tem nada de romance, e eu sou uma romântica incorrigível, mas por ser lançado como um livro erótico eu achava que ia ser mesmo um livro "erótico", mas nada acontece. Eu nem sei descrever os personagens, até tentei aqui, mas algo fica faltando, acho que é pelo fato do autor não descrevê-los muito. Algo que eu achei interessante é o suspense na história, acho que só continuei mesmo por isso, por curiosidade, mas até que não aguentei mais e abandonei o livro, faltando alguns capítulos, a leitura vai ficando cada vez mais maçante, as cenas cada vez mais repetitivas, lentas, ai, não é pra mim, vou ver se continuo ele essa semana, porque faz meses e meses que abandonei ele, vai ver agora eu dou uma chance, mas já sem expectativas alguma por final :(

    ResponderExcluir
  6. Quando comecei a ler sua resenha, pensei que você ia dizer no final não leiam! Que bom que se não foi perfeito, também não foi terrível.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Eu adorei esse livro. Putz, bom demais! Só que o final é tenso, o que acontece com os dois? Fiquei querendo continuação....é meio estranho, fica aquele clima de inacabado...

    ResponderExcluir
  8. Mais uma trama erótica que aborda BDSM. Já perdeu alguns pontos comigo. Uma coisa que poderia ajudar seriam as personagens, mas pelo que entendi, elas não foram muito bem exploradas. Ficaram praticamente beirando a superficialidade. Enfim, não achei interessante, e só leria se esse livro aparecesse na minha mão por um passe de mágica.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  9. Até o momento não tinha observado que o livro foi escrito por um homem. Estou cansada desses livros sobre BDSM...talvez eu leia em um futuro distante. bjs

    ResponderExcluir
  10. Fiquei curiosa com o fato de ter sido escrito por um homem e por ser um livro erótico e os protagonistas não terem nada juntos. Só por isso acho que darei uma chance ao livro mesmo estando um pouco cansada dessa onda de BDSM.

    ResponderExcluir
  11. O gênero erótico realmente não desperta o meu interesse para leitura. Essa é uma leitura que passo adiante. ;)

    ResponderExcluir
  12. Curiosa para ver como é a escrita de um homem nesse estilo de livro. Não é meu gênero favorito, mas gostei de ver que não é um romance, fiquei interessada!

    ResponderExcluir
  13. Bem o livro ja é diferente pelo fato de ser erotico, e mais diferente ainda que é narrado do ponto de vista masculino, bem achei muito diferente fiquem curiosa.

    ResponderExcluir
  14. Bem, não curto leitura BDSM.
    Pelo visto os livros nesse estilo estão bem repetitivos...

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras