Em Busca de um Final Feliz - Katherine Boo

25/06/2013

Olá galera.

Minhas opiniões de hoje são sobre um livro deliciosamente triste e cativante.

 
Sinopse: (Nego a colocar uma sinopse que não sintetiza nada da história...)


Quando peguei ele na mão não imaginei que ficaria tão emocionada com o livro. Talvez pela capa que ao primeiro contato causa repulsa, já que somos programados a não desejar o que seja feio ou sujo, ou ainda pelo livro no Brasil ter ganho uma não sinopse. Não sei ao certo, mas peguei o livro com certo preconceito. Mudei de opinião...

Você alguma vez já conseguiu falar de algo completamente sujo, feio, fedorento, triste e pobre com gracejos e poesia? Você já conseguiu olhar com amor e carinho pra um problema real e transformar ele em algo rico, lindo, coerente sem ser piegas ou pedante? A Boo já!

Ela traz nuances maravilhosas sobre os dois mundo que existem em Mumbai. O lado rico em plena expansão e o lado que vive dos restos. Muito do que ela descreve conseguímos encontrar no nosso pais também. Principalmente no que se refere a trabalho informal, sonhos e fantasias com uma salvação milagrosa que mudará o destino de muitos... coisas que nos parecem comum a qualquer parte do mundo onde exista pobreza.

Eu adoro ficção, mas este livro conseguiu me conquistar. Simples, bonito, cativante, leva você a refletir alguns pontos de sua vida. Até mesmo o simples fato de o que você faz com o seu lixo, por exemplo. Não é a toa que ela vem sendo premiada pela sua obra. 

Uma dica que eu gostaria de deixar pra vocês, quando forem ler este livro, deixem o prefácio pra ler depois. Faça como eu, deixe pro final. Você vai ler sem ser induzido a pensar no que já pensaram e a enxergar outras coisas que ainda não foram vistas no livro... acredite, vale a pena deixar pra mais tarde.

Aventure-se com o jovem Abdul e sua vida 'maravilhosa', cheia de detalhes e encantos, mostrando que a beleza está nos olhos de quem vê neste documentário muito bem redigido!

Até a próxima!



Que tal conferir também...

13 comentários

  1. Ai está um livro que nunca entraria em minha lista de desejados. Assim como você já fui logo julgando pela capa e nem quis saber muito.
    Depois da sua resenha, estou vendo o livro com outros olhos e pensando seriamente em dar uma chance ao livro.

    ResponderExcluir
  2. Acho muito legal quando a gente se surpreende e o livro faz a gente mudar de opinião, não é?
    Dica anotada!

    ResponderExcluir
  3. Eu nunca tinha lido nenhuma resenha desse livro. E a primeira que eu vi foi essa. Realmente é muito difícil falar de algo sujo e podre. Uma vez eu vi um comentário não sei aonde. Que esse livro é parecido com o livro "A Procura da Felicidade" é isso mesmo?! Gostei da sua resenha, mas não sei se leria este livro. Ele te fez chorar?? rsrs...Nossa quantas perguntas né?! rsrs...
    BJokass

    ResponderExcluir
  4. Kelly, é parecido em termos com a procura da Felicidade. O ponto em comum é a busca por novas possibilidades quando nos encontramos desacreditados, só que este é mais intenso!
    Sobre chorar, chorei por dentro; como isso é possível? Sabe aquela dorzinha que vc sente no peito quando esta emocionada? Isso eu senti, mas não saiu lagrimas não. Talvez eu não tenha me entregado a emoção, sei lá.
    Agradeço pelas perguntas, é sempre muito bom saber que cativamos alguém as duvidas, são elas que nos levam a ler coisas novas... Bjs

    ResponderExcluir
  5. Também não senti a mínima vontade de ler esse livro, acho que é como você disse, não somos programados para admirar o feio, repulsivo, e é ai que muitas vezes damos com os burros n'água, quando uma coisa que na verdade nunca pensei que me atrairia se mostra uma coisa bela, poética e tão minimamente pura.

    ResponderExcluir
  6. Estava querendo ler, é um livro bem interessante com uma história bem boa. Pelo que vi gostei dele. E é uma forma bem legal de ver uma realidade não tão legal =/

    ResponderExcluir
  7. Oi Gisele, adorei a resenha, eu não tive problemas com a capa, não sei bem se por achar que condiz com a trama, mas gostei dela.
    Sobre a história, é realmente uma situação encontrada em lugares diversos no mundo. =(
    Imagino que pelos olhos do Abdul poderemos ver beleza onde normalmente enxergamos coisas ruins.
    Um livro tocante ao que parece... tenho vontade de ler.

    ResponderExcluir
  8. Confesso que me incomodei com a capa. Sei que essa é a realidade de muitas pessoas, infelizmente, mas ver isso estampado, já é demais pra mim. Por isso, mesmo sabendo que a narrativa é muito bem conduzida, não tenho interesse em lê-lo.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  9. Eu acho que nunca leria se não fosse pela sua resenha esse livro. Deve ser algo com a capa e com a sinopse.
    Mas bom saber que fora isso as coisas são boas!

    ResponderExcluir
  10. Bem acho que se eu ler esse livro vou ficar parando a cada 10 min pra ficar refletindo sobre o que eu li, isso sempre acontece. Acho que nao é preciso disser que eu quero muito esse livro, gosto de historias que nos tirem um pouco da realidade em que vivemos e nos mostra outro mundo.

    ResponderExcluir
  11. :) Agora sim eu me inteirei mais sobre o livro. Pode deixar que quando eu for ler, deixarei o prefácio para depois ^^

    Beijos,
    Jhey
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  12. Na época do lançamento dessa trama, vi o book trailer e pensei que seria um ótimo documentário.

    ResponderExcluir
  13. Quando foi lançado não gostei da sinopse e instantaneamente não me interessei. Após ler sua resenha vou dar uma chance ao livro e começar a ler com 'outros olhos'. Seguirei a dica do prefácio.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, dê sua opinião, participe e volte sempre =^.^=

*** Comentários serão respondidos por aqui mesmo, através de comentário.

Acompanhe por E-mail

Facebook

Editoras Parceiras